Inteligência artificial dos GPUs pode ser usada para melhorar texturas de jogos antigos em tempo real.

Usando tecnologia neural Networks, o GPU é capaz de perceber definição não existente nas texturas, aumentando a resolução das mesmas, e fornecendo uma qualidade acima do original.

O uso de Neural Networks será certamente algo que será futuramente muito usado para melhorar a definição de fotografias, permitindo-se assim obter detalhe previamente não percebido. A prova-lo está o seu uso em videojogos mais antigos e que permite aumentar a qualidade das texturas para algo superior ao original. Tudo isto  sem a criação de novas texturas, mas apenas análise e processamento das existentes.

Eis alguns resultados do que pode ser obtido quando do uso da resolução standard, ou aumentada por interpolação e de Enhanced Super-Resolution Generative Adversarial Networks (ESRGAN) em alguns jogos antigos e com texturas de baixa resolução (algumas imagens são mais perceptíveis se abertas num novo separador e usando a resolução total do ecrã):



Esta tecnologia tem resultados variáveis, conforme a qualidade dada ao processamento. Na última imagem vemos imenso ruído acrescentado pelo tratamento, mas que pode ser removido com mais processamento dedicado.

Eis um exemplo:

Resolução original

ESRGAN

E dedicando mais processamento:

Esta tecnologia é o futuro, e com chips dedicados, a necessidade de elevadas performances nos GPUs para cálculos de resoluções mais elevadas decai.

A tecnologia torna-se extremamente interessante se associada à tecnologia Trueform da AMD, que permite que a geometria possa igualmente ser melhorada. E desta forma, jogos antigos tornam-se, subitamente, em jogos novos e mais modernos.

Nesta fase não é claro se isto pode ser aplicado em tempo real, mas o certo é que, neste campo, o futuro promete.



newest oldest
Notify of
Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Bacana demais isso aí.

Edson Romagna
Visitante
Edson Romagna

Sensacional!