Interior da Playstation 4 mostra que a Sony teve cuidados extremos com a concepção e refrigeração.

Não estando em causa a qualidade e/ou funcionalidade do produto, a realidade é que o interior das duas consolas de próxima geração mostra que ambas tiveram cuidados diferentes na sua concepção.

Uma caixa mais simples nunca foi sinal de má refrigeração. Mas ver uma caixa devidamente pensada para os fluxos de ar é certamente indicação que ali houve mais cuidado com a refrigeração dos componentes.

comparacao

Apesar de não estar em causa a funcionalidade de ambas as caixas, até porque pelo que sabemos nenhuma das consolas sofre de problemas de aquecimento, é notório que a caixa da Xbox One foi montada ao estilo PC de secretária, com componentes empilhados e uma caixa com aberturas generosas, ao contrário do que aconteceu com a PS4 onde esta foi montada com todo um sistema de fluxo de ar pensado para o seu interior e as únicas aberturas existentes dignas desse nome são na parte traseira.

Diga-se no entanto que tal vem exactamente na linha do que acontecia com as consolas anteriores, como o demonstram as imagens que se segue da Xbox 360 e da Playstation 3.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

comparacao2

A realidade é que o sistema de refrigeração da Sony se mostra bastante superior e é fácil de perceber os motivos. A consola é bem mais pequena, e ainda por cima a fonte de alimentação está incluída na caixa.

Curiosamente, mesmo a nível da ventilação escolhida houve diferenças, mas que na prática se revelam de efectividade semelhante. A Xbox One optou por uma ventoinha maior com apenas 5 pás. Já na PS4, devido às menores dimensões da ventoinha, a mesma usa 22 pás. Ambas as soluções (maiores dimensões e mais pás) são eficazes no aumento do fluxo de ar.

fan

A questão é que os dois sistemas de arrefecimento são por natureza diferentes uma vez que a PS4 possui a fonte de alimentação embutida, pelo que o sistema mais simplificado da Xbox One nunca poderia existir na PS4 (até pela ausência de aberturas superiores na caixa).

Assim o que foi pensado foi um sistema de movimentação de ar interno devidamente estudado.

A eficiência dos dois sistemas acaba por ser clara. Nenhuma das consolas tem problemas de aquecimento conhecidos.

O da Xbox One por usar a forma de refrigeração mais simples, eficiente e directa conhecida… o ar quente sobe, e tira-se por cima.

O da PS4 porque criou um sistema de ventilação extremamente interessante na PS4. A ventoinha recebe o ar fresco por baixo e atira-o para o interior da zona de circulação.

ventoinha

 

Como se pode ver, o sentido de rotação atira o ar contra a parede criando um turbilhão de maior pressão junto da mesma. As pás são montadas ao contrário das da Xbox pois em vez de expelirem ar, elas estão lá para o captar e fazer circular.

Publicidade

Posts Relacionados