Iphone deve deixar de ter modelo de 16 GB

Apple_Logo

A Apple pode abandonar o modelo de 16 GB no seu novo iPhone

Um dos modelos mais populares do iPhone pode estar prestes a desaparecer, o modelo de 16 GB.

A informação é avançada pelo The Wall Street Journal que refere que com o novo modelo do smartphone da Apple a capacidade mínima de armazenamento passará a ser 32GB.

Curiosamente não é que 16 GB não seja espaço mais do que suficiente para um bom uso de um smartphone. O grande problema é que a Apple não só ocupa muito desse espaço com aplicações que são fornecidas de origem, como requer cerca de 6 GB livres para atualizações de software. E este segundo ponto é o mais criticável.

Basicamente podemos dizer que a Apple vendeu como modelos de 16 GB smartphones que traziam pouco mais de 8 GB acessíveis de forma livre. Esta é uma situação que não se revela igualmente preocupante no Android devido à facilidade de aumento da capacidade de armazenamento por cartão MicroSD, e ao baixo custo e facilidade de instalação destes cartões.

Para além do mais, numa altura em que tiramos cada vez mais fotos e vídeos, em que as apps ocupam mais espaço e em que consumimos mais conteúdos multimédia do que nunca, o facto de o armazenamento não ser expansível é algo controverso. Cada utilizador dá um uso diferente ao seu telefone, e para determinados tipos de uso como fotos com elevada resolução e videos a 4K, no fundo todo e qualquer tamanho de espaço num smartphone se revela limitado. É uma questão de tempo e de uso!

Nesse sentido o suporte MicroSD presente nos Android tem sido uma elevada mais valia face ao que a Apple oferece. Aliás fabricantes como a Samsung resolveram seguir a política da Apple e retiraram o mesmo nas gerações anteriores dos seus telefones topo de gama (S6 e Note 5), de forma a verem como o mercado aceitava a situação. O resultado foi um repor dos mesmos para as novas versões por perceberem o erro, e algo que foi universalmente bem acolhido pelos clientes.

 

Publicidade

Posts Relacionados