Já há quem queira saber porque necessita de pagar pelo Kinect se ele não é obrigatório

Até à bem pouco tempo o Kinect era anunciado como parte integrante da experiência Xbox One. Mas com o anuncio de que o Kinect afinal é opcional já há quem questione porque motivo é ainda necessário pagar por ele.

xboxone-kinectic

A Microsoft anunciou recentemente que afinal o seu Kinect não será obrigatório, podendo ser desactivado ou mesmo desligado da consola.

Este anuncio deixou no ar uma pergunta: “Se o Kinect não é obrigatório porque motivo ele tem de ser adquirido junto com a consola”?

Efectivamente a questão é pertinente. O Kinect era vendido como obrigatório e parte integrante da nova Xbox, sendo que suporte ao mesmo seria uma realidade em todos os jogos. Mas com este anuncio de que o mesmo não é obrigatório muitos fabricantes deverão optar por não o suportar o Kinect caso não vejam efectivamente vantagens para tal, e mesmo no caso de suporte as funções do mesmo serão sempre opcionais e nunca parte nuclear da maior parte dos jogos.



Assim, não tendo sido anunciada qualquer versão da Xbox sem o Kinect e a preço mais acessível, e sendo o mesmo um periférico de uso opcional, muitas pessoas pouco amantes da ideia de “agitar os braços no ar” e que mesmo assim se mostram interessadas na consola, questionam porque motivo necessitam de pagar pelo mesmo.

E a pergunta é lógica, pelo que a Microsoft deverá mexer-se rápidamente e exclarecer os seus potênciais clientes.

Fonte: gamerhorizon



Posts Relacionados