Lenovo compra a Motorola Mobility à Google

Afinal a Google não vai tirar partido da aquisição da Motorola uma vez que a vendeu à Lenovo.

motorola-logo-bigPassaram-se menos de três anos desde que a Google adquiriu a Motorola por 12,5 mil milhões de dólares. E naturalmente, na altura a ideia era que a Google planeasse, tal como a Apple, começar a fabricar os seus próprios telemóveis, mas na realidade o interesse da Google era apenas no portfolio de patentes da empresa de forma a garantir a legalidade dos telefones que manda fabricar.

E assim sendo, sem qualquer interesse na Motorola, a divisão de produtos móveis foi vendida à Lenovo.

O restante da Motorola, a sua divisão de set-top boxes, a Motorola Home, tinha já sido vendida por 2,5 mil milhões, e agora com a venda da Motorola Mobility à Lenovo a Google arrecadou mais 2,91 mil milhões.

Desta forma, e com os devidos descontos, as patentes adquiridas ficaram à Google por 7,09 mil milhões, um valor que será ainda minimizado, ee quem sabe até superado, uma vez que o acordo com a Lenovo passa pelo licenciamento de todas essas patentes mediante o pagamento das respectivas Royalties por cada aparelho vendido.



A ideia da Lenovo com esta compra é facilitar a entrada no mercado de smartphones na América do Norte, algo que até agora só acontecia no mercado de computadores com a aquisição pela empresa da lendária marca IBM PC.

 



Posts Relacionados