Malware que encripta ficheiros terá rendido 30 milhões em resgates em apenas 100 dias.

Um malware que bloqueia acesso aos ficheiros do computador a não ser que seja efectuado um pagamento. É algo cada vez mais corrente, e um crime que parece compensar!

De acordo com a Dell Secureworks, o crime compensa! Segundo os seus números o malware Cryptolocker que bloqueia acesso aos ficheiros do computador a não não ser seja realizado um pagamento terá afectado mais de 22 mil computadores em 100 dias. Assim, e baseando-se numa estimativa de que 0,4% dos utilizadores infectados tinham urgência no acesso aos seus ficheiros e sabendo que o pagamento poderia ser realizado em Bitcoin (uma forma de pagamento segura), a Dell Secureworks estima que estes hackers terão amealhado algo como 30 milhões em apenas 100 dias.

Segundo a Dell o Malware estava distribuido mundialmente da seguinte forma em finais de outubro:

cryptolocker-map

Ao que parece o nosso público alvo ainda está a salvo deste tipo de malware, mas certamente não demorará muito para que ele se alastre, particularmente agora que se sabe que as possibilidades de se enriquecer com ele são muitas, e os detidos pela criação do mesmo são, para já, zero.

Publicidade

Posts Relacionados