Melhores resultados com o DirectX 12 com placas mistas surge da combinação AMD+Nvidia, com a AMD como placa principal!

directx-12

Ora aqui temos um dado curioso para todos os que gostam de ter mais do que uma placa gráfica no seu PC. Com o DirectX 12 acabam-se as restrições de compatibilidade, e o que vemos é que a combinação das marcas é o que oferece melhores resultados. Desde que a Placa da AMD seja a principal!

MixedGPU2_575px

Ashes of Singularity é o primeiro jogo DirectX 12 lançado para o mercado, e dado possuir um Benchmark interno os valores começam agora a aparecer.

Ora uma das novidades do DirectX 12 é a possibilidade de colocar várias placas gráficas, independentemente do modelo ou marca, a funcionar em conjunto, motivo pelo qual se juntou uma placa Nvidia com uma AMD para ver os resultados, comparando-os com as antigas combinações Sli e Crossfire!

Para este primeiro teste foram usadas duas Radeon R9 Fury X e idealmente teriam sido usadas duas Geforce 980 Ti. Infelizmente as mesmas não estavam disponíveis pelo que usamos desde já a potencialidade do DirectX 12 de combinar placas diferentes para juntar a 980 Ti a uma Titan X, um resultado que deverá ser um pouco superior à combinação de duas 980 Ti.

As 4 barras que veremos são, de cima para baixo, a média geral de fps, e a média com 3 níveis de sobrecarga, respectivamente, baixa, média e alta.

 Mesma_Placa_DX12

Mas agora vamos combinar as placas juntando a R9 Fury X (placa principal) com a 980 Ti como segunda gráfica e igualmente a 980 Ti (placa principal) com a R9 Fury X como segunda gráfica.

Placas_Diferentes_DX12

 Os ganhos são mais significativos face ao resultado entre as duas Nvidia do que entre duas AMD, mas de qualquer maneira existem sempre. E curiosamente, apesar da diferença ser reduzida, o ganho é maior com a AMD como placa principal!

Para se tentar perceber melhor as possíveis diferenças subiu-se a resolução para 4K.

Mesma_Placa_DX12-2

E vamos agora comparar com as placas combinadas:

Placas_Diferentes_DX12-2

Basicamente as conclusões mantêm-se! OS ganhos são maiores com placas diferentes e mais ainda confirma-se a vantagem existente com a placa AMD como principal, chegando a passar os 10% de diferença para a alternativa!

Esta situação é mais notória quando abandonamos os topos de gama e passamos para placas mais comuns como a Geforce 680 e a Radeon 7970. Vejamos:

Placas_antigas_DX12

Como podemos ver aqui, este caso é bem mais claro, com a colocação da 680 como placa principal a limitar tremendamente as performances do conjunto, ao ponto de este ser menos performante do que as placas em separado. Já o caso contrário sofre um aumento enorme de performance.

Esta situação acaba por ser a ideal para o mercado. Desta forma nenhuma marca acaba prejudicada, e parece que as combinações de placas de ambas as marcas irão passar a ser a algo comum. Mas aguardemos por mais testes!

Fonte: Anandtech

Publicidade

Posts Relacionados