Microsoft continua com as tácticas de “quero, posso e mando”

As tácticas iniciadas com o Windows 10 não param… e passam agora para o Office 365

Certamente muitos se devem lembrar do que aconteceu com a transição do windows 7 para o Windows 10, onde a Microsoft forçou as actualizações mesmo a quem não as queria, causando sérios problemas a empresas e mesmo particulares, especialmente com hardware que pura e simplesmente deixou de funcionar por incompatibilidade de drivers, e com software que também apresentava problemas, sendo que algum até era removido na atualização. Devem lembrar-se inclusive de tácticas como a troca do significado do botão de fecho da janela, que se deveria equivaler a um “cancelar”, tomando-o como um “aceitar”.

Nessa altura escrevemos muito sobre esse assunto, uma vez que a decisão do upgrade estava viciada, e o utilizador não tinha verdadeiro controlo sobre ela. A Microsoft forçava-a e quando questionava, enganava o utilizador para forçar o upgrade.

Ora bem, ao que parece estas tácticas não acabaram… e agora vão passar para o Office 365!

Aqui a situação é um pouco diferente, uma vez que não se trata de nenhum upgrade. O que se vai passar é que com a nova versão do Office 365 Pro Plus, a Microsoft vai passar a instalar uma extensão no Chrome.



Mas o que tem o Office a ver com o Chrome? Na realidade nada… o Office é uma coisa, o Chrome é outra! Mas a Microsoft está a perder a guerra dos motores de pesquisa com a Google, e o seu Bing está a perder cada vez mais utilizadores. Daí que a Microsoft resolveu recorrer a este subterfúgio para obrigar as pessoas a usar o Bing. A extensão que instala no Chrome não faz mais do que mudar o motor de pesquisa por defeito para o Bing, em vez do Google.

A instalação da extensão não é opcional, e só não ocorre se o utilizador já tiver o Bing definido como motor de pesquisa. A coisa é dada como sendo de grande interesse para os utilizadores do Office, uma vez que o Microsoft search é considerado parte do Office.

Tudo isto foi anunciado oficialmente pela Microsoft, neste link.

Ora não só isto é uma posição abusiva, como quem já usou o Bing poderá facilmente confirmar, remover o Google para se usar o Bing é literalmente “andar de cavalo para burro” no que toca à qualidade das pesquisas.

Curiosamente, a Microsoft em vez de colocar uma opção para não se instalar a extensão, fornece informação sobre como remover a extensão do Chrome. Algo que terá de ser feito manualmente em cada um dos computadores, e algo que terá enormes implicações no seio de grandes empresas.



newest oldest
Notify of
Marcos Silva
Visitante
Marcos Silva

não vejo problema.
a google tem essas mesmas politicas com o lixo do android
obrigando as fabricantes a instalar tudo dela

Brunoab
Visitante
Brunoab

Para começar, o android é de GRAÇA para o fabricante se ele seguir as diretrizes do Google.

segundo que nunca vi o android ser atualizado e apagar loja da samsung e deixar somente o playstore ou algo desse tipo.

Até pouco tempo atras a MS choramingava cheia de vitimismo que o google não lançava app deles no Windows Phone q é uma escolha do Google.

Mas não tem problema hackear o softwares dos outros para enfiar o teu serviço porco e inútil que o melhor que já fez foi copiar a busca do google.

MS devia se enxergar, uma empresa que nasceu vendendo o que não tinha, pura picaretagem, depois viveu de monopolizar SO e Office agora querendo inovar?

a Cultura da MS é ser isso ai, inovação ZERO e ficar a espera de alguém criar algo novo pra eles despejarem um caminhão de dinheiro, do office e windows, e tentar falir a concorrência para monopolizar o mercado.

Fizeram isso com toda a concorrência do Office, despejando grana do windows para fazer dummping vendendo office mais barato até falir a concorrência.

Fizeram isso com a Netscape.

Depois disso só seguiram com esse mesmo modelo em todas as frentes… Pena que Google, Apple e Sony não são empresas que vivem de um produto somente para serem fácilmente falidas com Dummping.

Alias, a MS jogou a Nintendo para fora do mercado de consoles high end fazendo dummping no xbox original e falindo o Game Cube.

bruno
Visitante
bruno

Que história é essa da Nintendo e Xbox?

Livio
Visitante
Livio

Lembro que no 1° Xbox a MS chegou a cogitar em distribuir gratuitamente o console. Creio que foi no vídeo da história do Xbox no canal do TecMundo, mas tb vi em formato de texto em um outro sítio.

Brunoab
Visitante
Brunoab

me ocorreu agora.

o xbox original foi vendido com um caminhão de prejuízo e a MS nunca lucrou com ele.

para mim isso é a definição de dummping, a Nintendo não tinha office e windows para sustentar ela e subsidiar o console.

marckos
Visitante
marckos

Uma dúvida: O PS3 era caso de Dumping? Foi vendido durante anos com enorme prejuízo,abaixo do preço de custo, com intuito de popularizar o Cell e dominar o mercado de mídia física com o Blu-ray…

bruno
Visitante
bruno

Seria, não fosse o caso de ter falhado no essencial… Não derrotou a 360 no preço.

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

PS3 a 600 USD e o X360 a 300/400… Belo dumping 😅

bruno
Visitante
bruno

Bruno ab…

Que a Microsoft tem capacidade para entrar em praticas muito mais agressivas que as concorrentes, isso tem. Tem arcaboico financeiro para isso. Eu enquanto consumidor assusta-me a forma como tencionam constantemente trazer e impor praticas no mercado que sao perigosas e um verdadeiro lixo. No topo mais recente esta o gamepass, antes de isso a live (e o online) pago, com mtx, dlcs s tudo que nos chegou por arrasto. Ha quem aqui nao concorde e quem venha defender estas coisas como a melhor coisa do mundo – eu olho para as consequencias e os beneficios e o que vejo e que muitas coisas ficaram e tendem a ficar piores com as praticas Microsoft que se inseriram no mercado – muitos vicios do PC, muita monetizacao.

Por isso, tenho resistido a comprar as consolas deles. Nao ha mal nenhum no hardware, nao ha mal nenhum nos jogos que entregam (na minha opiniao ha mal no que nao entregam) mas, acima de tudo, ha mal na maneira como querem explorar o mercado e como concorrem.

Contudo, a empresa muitas vezes acompanha o resto e muitas vezes vai com o mercado aproveitando a onda. A google e o android, e antes disso a Apple, popularizaram as MTX e o so online, nao foi a Xbox.

Eu nao sei que fonte usaste para falar isso da Xbox vs Nintendo, mas a grande responsavel por tirar a Nintendo a sua posicao foi so uma e essa foi a Sony. A PS1 lixou Sega e Nintendo, e a PS2 lixou Gamecube e Xbox. A PS2 foi a rainha da sua geracao, a Sony dominou o mercado nessa altura e sobre assumir perdas, olha para a PS3. A Sony nao estava a dar a consola gratis, mas estava a assumir perdas que representavam quase uma consola Xbox por PS3 vendida.

A Xbox original vendeu uns miseros 24 milhoes de unidades contra 150 milhoes da PS2- nao teve forca ou impacto suficiente para representar uma ameaca nem a Sony nem a Nintendo.

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

Então Bruno, na verdade o primeiro X-box vendeu mais que o Gamecube, até hoje não entendo como o Gamecube vendeu tão pouco, era um excelente console com excelentes exclusivos, inclusive com dois da saga Resident Evil

bruno
Visitante
bruno

Teve esses, mas perdeu muitos outros. Tomb Raider, GTA, Final Fantasy, Dragon Quest….

Soma a isso o leitor DVD e retrocompatibilidade e aí está a razão.

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

Cara, sua raiva da Microsoft tá te deixando cego, vc realmente lê o que escreve??

daniel
Visitante
daniel

Ele não é sonysta, ele é hater, não tendo outra explicação.
E outra, empresa nenhuma é boazinha, ainda mais em situação de monopólio/oligopólio,e em qualquer ramo, os contras predominam sobre os prós perante os consumidores.

Fernando Molina
Visitante
Fernando Molina

Pode até ser, mas dizer que a Microsoft jogou a Nintendo pra fora do mercado de consoles high end beira o absurdo, é desinformação isso

Carlos Zidane
Visitante
Carlos Zidane

Estava vendo essa conversa de vocês e eu também não sou muito fã da Microsoft por certos detalhes, como esse dela tentar impor as coisas pelo dinheiro e… Bom acho eles incompetentes no ramo consoles (software), mas gosto muito de certas coisas deles, como o Windows, que aprendi dar valor após tentar usar várias distros Linux, o One Drive é o serviço de Cloud pessoal que mais gosto e acho mais confiável, o Azure é fantástico enfim todo o ecossistema deles, e só não tenho Surface por questão financeira.

O que me dá real aversão a eles, nem são os outros aspectos, mas um só, que é esses tais jogos como serviços, que me soa a um tremendo cavalo de Tróia por falta de exemplo melhor.

Se a MS estivesse no MEU domínio, eu faria de tudo pra acabar com o Playstation e comprar os estúdios da Sony após o crash, e os colocaria no Xbox, e teria uma super central de grandes jogos single player e os shooter clonados um do outro que eles (americanos) tanto gostam.

Nesse cenário, eu teria varios projetos e superaria os do Playstation em poder de processamento e venderia o console a preço quase irresponsável e no limiar do criminoso.
Porém não confio que a MS vá querer dominar pra depois colocar bom conteúdo, mas sim pra logicamente pra fazer rios de dinheiro com o novo gambling que são os jogos.

Imagino se tornando um inferno de pagamentos e conteúdos de quinta.

Eu, como gamer, como ser humano, jamais deixaria isso acontecer, pois quero tanto que os outros gamers tenham qualidade de vida tanto quanto eu, e estarnos num ambiente ótimo pra todos.
Após o domínio do mainstream, eu equilibraria gradualmente as coisas de forma sustentável e justa.
E falo isso sem estar lá pra ver o que é possível e o que não é, então perdoem qualquer deslize.

Mas lá são lobos e não homens, não podemos esquecer isso.
Por essa razão, como estando do lado fraco dessa história, apoio mais a Sony, sem dúvida, pois ela tem entregue mais do que acredito ser SUSTENTÁVEL e de qualidade pra todos os públicos.

Espero ter sido claro e que ninguém se sinta prejudicado rs.

bruno
Visitante
bruno

Só digo isto: a Sony dominou o mercado na era PS2, e tivemos uma das gerações com melhor conteúdo de sempre. A Sony estava a perder dinheiro a torto e a direito com a PS3 mas entregou conteúdo de excelência. Em todas as gerações, a PS começa sempre lento mas depois entrega.

A única geração Xbox que fez o mesmo foi a original.

A 360 a meio da vida cortou o suporte para o kinect e a ONE foi a palhaçada que foi sob a direção de Phil Spencer.

E por isto, a PS5 será a minha próxima consola.

Aliás, fica o rumor haverá um novo Ratchet e Clanck e será lançado com a PS5, pela Insomniac.