Microsoft e o Cross Play – Olha para o que eu digo mas não olhes para o que eu faço.

Mais uma vez a Microsoft não se parece decidir sobre o que quer. No que toca ao cross Play, afirma querer, acusa os outros de não quererem, e até os tenta publicamente deixar mal! Mas depois solicita aos programadores que eliminem o Cross Play entre a Xbox e o PC.

As polémicas politicas da Microsoft continuam a a ser tema de discussão com situações a virem ao conhecimento público e cuja análise, como já nos habituamos, foge à simples compreensão do comum dos mortais!

Recentemente, e após anos e anos onde a Microsoft nem sequer queria ouvir falar de Cross Play, e onde nem o mais básico desta tecnologia era implementado entre consolas da marca, levando mesmo a que vários jogos, como foi o caso de Final Fantasy XIV, não aparecessem na Xbox, a Microsoft aparece com uma proposta aos seus competidores: Vamos unir-nos e criar uma comunidade online única!

Naturalmente, como já escrevemos aqui, a situação tinha água no bico. A Microsoft não estava interessada no Cross Play. A Microsoft queria era, perante o lançamento de uma nova consola, extremamente condicionada na maior parte dos mercados dominados pela Sony, remover o factor marca da consola na componente online, levando assim a que as pessoas pudessem comprar a sua consola sem se preocuparem se os seus amigos com quem iriam jogar online estavam com consolas da mesma marca ou não.

Seria o melhor dos dois mundos. Teria a consola mais potente e eliminaria a componente marca no online, uma situação que, dado o domínio do mercado da Sony, obtido num mercado para o qual partiu em pé de igualdade com a Microsoft, e que obteve não só graças ao mérito próprio, mas igualmente pelo demérito de muitas políticas Microsoft, e onde agora esse factor se mostra para eles uma mais valia nas vendas, se revela completamente inaceitável.



Aliás, tal nem sequer pode ser criticado pois essa política perante a realidade do que é o mercado e da concorrência entre empresas, é normal, e esse foi exactamente o factor (as boas vendas) que levou a Microsoft a negar anteriormente o Cross Play nas suas consolas. Tal aconteceu por exemplo em jogos como Final Fantasy XIV (ver link de cima), pois na altura a sua consola, a Xbox 360, vendia muito bem, e a empresa esperava bater essas vendas com a Xbox One (aliás esperava vender mil milhões de consolas). Algo que como sabemos não veio a acontecer!

Fosse como fosse, o colocar a Sony nesta posição era uma situação que só trazia ganhos à Microsoft e zero prejuízo à Microsoft. Sabendo que a Sony ficava entre a espada e a parede, e que nunca poderia vir a público revelar que os seus motivos eram financeiros (como são os de todas as empresas), por tal poder ser usado como arma de arremesso nas guerras de consolas, a Microsoft trilhou a Sony que, sem saber o que dizer, arranjou uma das desculpas mais esfarrapadas dos últimos tempos, a protecção dos jovens jogadores (uma situação relacionada com casos de assédios sexuais a crianças nos servidores de Minecraft).

Não se iludam aqui. Trocassem-se as posições e a Sony faria exactamente o mesmo!

Mas o que está aqui agora em causa nem é isso. É a aquilo que neste momento, perante certas realidades que se tentam esconder, não consigo deixar de comparar com o velho provérbio “olha para o que eu digo, mas não olhes para o que eu faço”. Ela vem da parte da Microsoft, e ainda mais quando a conclusão acaba por derivar de afirmações de uma pessoa que sempre respeitei tremendamente: Phil Spencer.

É que recentemente houve um jogo, Fornite, que experimentou sem autorização, mas com sucesso, o Cross Play entre a Xbox e a PS4. A situação foi desligada mal foi detectada até porque a Sony não autoriza, sendo alegado um erro de configuração! Mas a notícia que pretendemos trazer aqui nem é essa!

É que perante essa confirmação do Cross Play funcional, Phil Spencer veio a público no seu Twitter! E o que diz?

Phil Spencer afirma que gostava de ver a Sony manter isso activo. Uma clara provocação à política da Sony!

Ora isto não parece ter mal nenhum… Afinal a Microsoft estaria apenas a carregar numa tecla já conhecida, e a aproveitar para deixar a Sony mal vista. São afinal empresas e concorrem entre si!

Seria uma mera manobra empresarial relativamente normal… não fosse o facto, após alguma pesquisa, revelar-se ser uma manobra que não dignifica nada a imagem da Microsoft.

E porque?

Porque Fortnite tinha plenamente testado e usado, Cross Play entre a Xbox e o PC! E a palavra chave aqui é tinha pois essa é uma funcionalidade que neste momento não existe!

Actualmente, visitando o site da EA que contêm a lista de alterações de Fortnite localizado neste link encontramos a seguinte referência explicativa sobre esse assunto na parte da Xbox:

Removed ability for PC friends to join players on Xbox One

Pois é… o PC deixou de se poder unir à Xbox One (e consequentemente, o contrário também acontece)…

Ora para se ativar o Cross Play neste jogo é necessários que os amigos se juntem em listas. E depois delas criadas, iniciando o jogo, desde que os sistemas sejam suportados no Cross Play, o jogo inicia com todos eles. Removendo a possibilidade de os amigos PC e Xbox se juntarem, remove-se a possibilidade do Cross Play entre estes dois sistemas.



Mas porque? Então o Cross Play não é apregoado pela Microsoft? Ao ponto de Phil Spencer mandar estas estocadas à Sony?

Mas calma… Afinal que culpa tem a Microsoft no meio disso tudo? Isto pode ter sido uma decisão da EPIC. Algo que foge até ao controlo da Microsoft uma vez que a Epic é uma empresa independente.

Para tirarmos isso a limpo fomos ver versões mais antigas desta página. E curiosamente encontramos uma cópia do dia 6 de Agosto em que este texto tem uma ligeira diferença.

Podem ver essa versão da página seguindo este link. (Nota: Caso a página não apareça ficando só no topo a barra do Wayback Machine visivel, refresquem a página parando a carga mal o texto da página apareça usando o botão X que aparecerá na zona onde actualmente possuem o botão de refrescamento de página.)

Ora no dia 6 a página dizia o seguinte:

Per policy discussion with Microsoft, removed ability for PC friends to join players on Xbox One

Basicamente a tradução é: Por discussões de políticas com a Microsoft, removemos a possibilidade dos amigos de PC se juntarem aos jogadores Xbox One.

Não há aqui que enganar. As políticas da Microsoft estão, como habitualmente, cheia de ondas, e continuam pouco claras! E perante isto o que se pensar desta frase cheia de moralismo de Phil Spencer?

Aliás há outras questões! Mas porque raio uma empresa que apregoa agora o Cross Play e até tenta passar uma imagem má dos outros que não o aceitam (e como já vimos tem todas as razões para não o fazer), pede para se remover a possibilidade de tal acontecer entre a Xbox e o PC, especialmente quando a característica estava a funcionar?

Procurando por explicações sobre o sucedido nos fóruns da EPIC, o encontrado foi do mais caricato possível. A situação é abordada neste thread onde temos algumas explicações adiantadas por utilizadores dos fóruns. Estas explicações não são no entanto oficiais, pelo que terão de ser tomada com algum cepticismo, mas elas são as seguintes:

It is a known issue, Microsoft is against crossplay on any games they are not involved. They say it is because they can’t guarantee online safety in cross play.

Traduzindo: Trata-se de algo conhecido, a Microsoft é contra o Crossplay em jogos nos quais não estão envolvidos. Dizem que é porque não podem garantir a segurança online desses Cross Play.

Outro utilizador refere:

They had it in there without microsoft’s permission, microsoft is against cross play unless it is a microsoft exclusive Xbox/PC game. So they had to patch it out. Crossplay still works with PS4/PC. It is even in the patch notes that they took it out at because of Microsoft.



Traduzindo: Eles colocaram-no lá sem permissão da Microsoft, a Microsoft é contra o Cross Play a não ser que seja um jogo da Microsoft exclusivo Xbox/PC. Pelo que tivera de o tirar. O Cross play ainda funciona com a PS4/PC. Está nas notas dos patches que foi removido devido à Microsoft.

Explicando só aqui um ponto sobre o Exclusivo Microsoft Xbox/PC, o que o utilizador quer dizer é que o jogo não suporta Cross Play se a versão PC for do Steam. Ou seja, tem de ser tudo controlado a 100% pela Microsoft.

E outro ainda refere:

But microsoft allow crossplay, xbox is basicly windows10 with different gui, but you cannot just make a crossplay game without ms knowing. imo You have to pay them…

Traduzindo: Mas a Microsoft permite Cross Play, a Xbox é basicamente windows 10 com um interface diferente, mas não podes fazer um jogo crossplay sem a Microsoft saber. tens de lhes pagar…

E finalmente:

There’s a brief explanation in the Patch notes. In a nutshell. PC-PS4 has crossplay. XB1, crossplay was removed at the request of Microsoft. Nothing to do with Epic. They didn’t go any further than that answer.

Traduzindo: Há uma breve explicação nas notas dos patches. Resumindo. PC-PS4 tem crossplay. XB1 o Crossplay foi removido a pedido da Microsoft. Nada a ver com a Epic. Não adiantaram muito mais com essa resposta.

A ser verdade o que é referido, e repita-se que isto é dito por utilizadores e não pela Microsoft, não podendo por isso ser tomado como fatual, isto é totalmente ridículo. Como é possível que uma empresa promova o Cross Play querendo que os outros adiram, mas ela própria só quer aderir se controlar o jogo ou se lhe pagarem?

No entanto, apesar de tal não poder ser tomado como uma verdade, dado que oficialmente sabemos que a remoção se deveu a uma política da Microsoft, e o conhecido a nível dessas políticas era a adesão ao Cross Play, as explicações não são tão desenquadradas de lógica como isso. E certamente explicariam o motivo pelo qual o texto teve necessidade de ter sido alterado para esconder o real motivo da remoção. Mas mais do que isso, tornam ainda mais caricatas as afirmações de Phil Spencer.

Mas na prática os motivos são irrelevantes. O que interessa é que Phil Spencer antes de atirar farpas aos outros para aderir, deveria era falar daquilo que gere, e estar a explicar porque motivo a sua empresa, que tanto promove o Cross Play, pediu para remover a opção de Cross Play entre a Xbox e o PC! Se calhar até tem bons motivos, mas assim, com as coisas pouco claras e até escondidas e alteradas para ninguém ver claramente o que se passou, falando dos outros, mas escondendo a parte que lhes diz respeito, a velha frase do “olha para o que eu digo, mas não olhes para o que eu faço”, parece assentar como uma luva. Até porque essa frase pode ser substituida por uma única palavra: hipocrisia!



Posts Relacionados

Readers Comments (36)

  1. Mais uma hipocrisia… Antes quando a diferença era os 1080p vs 900p, ninguém via nada, “jogamos jogos,não resolução”. Agora a diferença é de 1440p vs 1260p “monstro, True 4k, competimos com o PC” Lol

    http://www.eurogamer.pt/articles/2017-09-19-raiders-of-the-broken-planet-a-1440p-na-xbox-one-x

    • Isso é piada né, só pode. Pega um único jogo que tem a mesma diferença de 180 pixels de alguns jogos do Xbox One para o PS4 que os sonystas comemoravam como se fosse um abismo e agora por que é desfavorável ao PS a diferença diminuiu.
      E os outros 99% dos jogos onde a diferença será realmente monstruosa entre o Xbox One X sobre o PS4 Pro, aí você não fala né. Lembrando que a disparidade não está só na quantidade de pixel, vai muito além disso.
      Como disse um desenvolvedor: “A diferença será a mesma entre o dia e a noite.”
      Aceita que dói menos!

      • Estás a brincar certamente. A diferença entre os 900p e os 1080p não é de 180 pixels… É de 633 mil e 600 pixels!

        Mas o que está em causa nem é o número de pixels, é a densidade deles no ecrã!É se a densidade de pixels no ecrã é suficiente para o olho humano não ser capaz de perceber a pixelação a uma distância padrão.

        E 900p apesar de ser alta definição, para imagens digitais é baixo… Por isso é que o padrão acima dos 720p foi os 1080p! Números que não surgiram por acaso, mas foram alvo de estudos!

      • “aceita que dói menos”

        Halo Wars ll, vc não leu errado aquele que parece joguinho de celular, além de bugs tem quedas de fps até 20fps lutando para manter os 30fps…

        #Monstro
        #True4k

        “No jogo, algumas fontes de luz (especificamente alguns focos de veículos e meio ambiente) estão faltando no Xbox One X, que estão presentes nos outros sistemas.”

        “Nesse sentido, o jogo está utilizando exatamente a mesma configuração encontrada na base do Xbox One, e enquanto os mergulhos de desempenho são difíceis de encontrar nos primeiros níveis, examinamos, um evento explosivo particularmente acontecido viu o quadro- Diminua o mergulho abaixo do seu alvo.”

          • Deve ser… ???.
            Agora até finais de Novembro chupa no dedo ???
            Experimenta escrever “PS4 found in trash” ou “Xbox found in trash” no Google. Vais ficar surpreendido. Até macs funcionais há.
            Há pessoas que são ignorantes. Algumas dessas consolas tinham as contas bloqueadas e as pessoas julgavam que o problema era na consola e deitaram fora.

        • Como diziam os sonystas quando um jogo saía com problemas: “Falta de optimização da desenvolvedora.”
          Ou você acha que o Pro ou qualquer outro console consegue rivalizar com o X em termos de poder.

          • Igor, dá tristeza ver alguém com esse seu comportamento. A comunidade gamer está um lixo por conta de bobagens como as que você fica destilando aqui. O nível do pessoal aqui é adulto, por favor não vem poluir com esses comentários estúpidos e vazios não. Vai procurar sua turma.
            Temos outros fãs do Xbox aqui, mas eles tem argumentação adulta, aprende com eles ou vai pras páginas fanboy do Xbox, onde eles até gostam de gente pentelha se estapeando. Aqui a gente quer ver alguma discussão que preste. Ou no mínimo tenha educação.

          • Carlos zidane

            Muito educado você!
            ???

        • Eita @By Mission,essa discussão não leva a absolutamente nada.
          #True 4K e etc.
          Assim como eu você já deve ter percebido que a X foi construída para levar os jogos da One a resolução 4K,independente de frames pois mesmo tendo poder para mais há que haver compatibilidade com a arquitetura base,somente ficando acima a resolução.
          Não estou entendendo a discussão pois já li comentários aqui que no GW4 na X vai ser a 60fps campanha e no multi 30 frames e gente aqui enaltecendo em piadas o hardware sem perceber que isso foi feito para a jogabilidade dos 2 sistemas coexistir.Assim como acontece com a Pro sempre pensando na base.Bom jogos a todos.

          • Eita.. O mano solta um “aceita que dói menos” e vc chama a mim?
            Por favor já a tempos é o que ele sempre vem com essa treta e a mim que chamam a atenção… Não lembras quando saiu um comparativo de Tomb Raider lá estava, mas eu que estou errado.
            O próprio digital foundry já admitiu que fizeram camada mas lá está eu que estou errado Lol

          • UPDATE 30/8/17 10:10am: “We’ve updated one of the comparison images below with fresh PS4 Pro and PC shots that replicate an additional texture layer found in Square-Enix’s Xbox One X press shot, representing an injured Lara. We couldn’t replicate this look within the cutscene, but thankfully Digital Foundry readers came forward to help get better matching shots. The key takeaway remains the same though – Xbox One X is clearly running with higher quality art than PS4 Pro, but there are some curious differences with the maxed-out PC version”

      • “aceita que dói menos”

        Basicamente, temos um aumento de 4x na resolução sobre a Xbox One, a base é de 2560×1440. A reconstrução ajudar a criar a ilusão que corre numa resolução superior, mas ao contrário da checkerboard ou renderização por grelha, não tem a claridade e nitidez de uma imagem 4K.

        Mas a preocupação ficou para a performance. A Microsoft pretende oferecer um aumento de 4 a 5x na resolução, com o mesmo nível de performance. Quantum Break corre a 30fps mas com v-sync adaptável, introduzindo tearing se não conseguir cumprir com o orçamento. Os fotogramas são perdidos mas não é algo comum – o que não era o caso na versão Xbox One X que vimos, onde o combate era mais inconsistente do que na Xbox One normal, algo que confirmamos ao voltar a jogar o jogo na
        Xbox One original.

        Ou seja além de ser em 1440p QB ainda tem quedas de fps..

        #feelthepower
        #monstro
        #True4k

        • Primeiro que o jogo ainda nem lançado foi, testaram uma beta, segundo quantos jogos em 4k o Pro tem mesmo?
          Nem os jogos da própria sony rodam em 4k, imagina os outros. 99% checkerboard.
          Se você acha o X ruim, então pra você o Pro é um lixo.

          http://www.eurogamer.pt/articles/digitalfoundry-2017-rise-of-the-tomb-raider-brilha-em-hdr

          Chora mais!!!

          • Igor… sem querer discordar de ti, pois o que dizes é verdade, o link que mandas é completamente infeliz.
            O HDR é uma caracteristica suportada inclusive pela PS4 Base, e que tem um custo de performance bastante reduzido. O facto de ele só ser suportado pela X só se deve a um factor: O facto de este jogo ter patrocínio Microsoft.

          • Igor mas o Pro desde o anúncio sempre foi falado em checkerboard,já o X o que ouvíamos era Feel True Power, True 4K, 4K estampado no chip, dirigentes vomitando mentiras sobre isso, e na realidade é que o console não aguenta 4k na maioria dos jogos.

          • O X ainda nem foi lançado e já tem mais de 130 jogos melhorados.
            Com quantos jogos melhorados o Pro foi lançado mesmo!?
            E para terminar, a Microsoft sempre disse que seriam os desenvolvedores a decidirem a melhor forma de usar o poder do console, ela não iria impor nada.

          • Contam-se pelos dedos. Mas a Pro foi dada a conhecer ao público 3 meses antes do lançamento. A X foi dada a conhecer ano e meio antes do lançamento.
            Peço por isso que quando tentares dizer estas coisas, as coloques sobre contexto. Porque a informação fica deturpada.
            De resto a Microsoft impõem algo sim. Os jogos são da One e desenvolvidos para a One. A X pode melhorar, mas o sentido inverso de cortar para a One não pode acontecer.
            Seja como for disso podemos estar descansados. Com 60 milhões de PS4 ninguem fará a coisa em sentido contrário. Só se for em exclusivos Xbox.

          • Para sermos correctos a X foi apresentada oficialmente à mais tempo que a Pro. Em Junho de 2016. A Pro foi conhecida oficialmente em Setembro de 2016.

        • E o que você me diz disso.

          http://www.eurogamer.pt/articles/2017-06-04-revelada-a-resolucao-de-crash-bandicoot-n-sane-trilogy-na-ps4-pro

          Nem Crash Bandicoot remaster roda em 4k, e pior, a 30 fps.

          E você ainda tem coragem de falar de Quantum Break. Sério!?

          Que piada!

        • @By Mission não chamei sua atenção não amigo.
          Apenas me referi para você não perder tempo com discussões que não vão te levar a lugar algum senão insultos e etc.Blz,somente isso amigo abraço.
          E Igor sem palavras para você amigo,com esse tipo de conversa você não chega a lugar algum.Tenha calma e coverse sem insultos,sendo assim você só tem a ganhar.

  2. Mas isso aconteceu com outros jogos tambem??

    • O que está em causa não são outros jogos. O que está em causa é o sucedido aqui. A Microsoft faz um comentário específico para este jogo a tentar passar a imagem que os outros não permitem o Cross Play, quando no mesmo jogo eles o cancelaram entre a sua consola e o PC!
      Fosse noutro jogo, ou não fosse o caso de a Microsoft ter impedido o cross play entre a sua consola e o PC neste mesmo jogo, não haveria notícia. A Microsoft quer o Cross Play e a Sony não o suporta com a Xbox! Isso sabemos desde sempre e nada se alterou.
      Agora vir tentar apregoar virtudes para um lado e desmerecer o outro num jogo onde se cancelou o suporte à sua própria consola, é deveras ridículo e um total “olha para o que digo, não olhes para o que faço” (sinceramente não gosto muito de usar a palavra que traduz esta atitude pelo que vou escrever antes assim)! E isso é o teor da notícia!

      De resto tanto Sony como Microsoft suportam e continua a suportar Cross Play. Do lado da Sony esta apenas não o faz com a Xbox One por ser a consola directamente concorrente e entender que não tem de lhes dar essa abébia!
      Mas existem outros factores para a Sony negar o Cross Play e tal tem a ver com os acordos de marketing e exclusividade que a Sony faz mais do que a Microsoft. Por exemplo, seria muito mau que quem comprou uma PS4 para usar uma arma ou um mapa de um jogo que é exclusiva da consola e obtida graças a esses acordos, mas não os pudesse usar porque no mesmo jogo estão jogadores de outra consola.
      isto seria tirar valor a ofertas que indirectamente custam muito dinheiro.

      • Deve ter ocorrido algum problema em particular com esse jogo e não sabemos se Phil Spencer é o responsavel não tem nada oficial ali. Nao to dizendo que o artigo esta errado mas passa a imagem de que a microsoft sempre faz isso quando la existem outros jogos no mercado com cross play entre xbox/pc e nao ocorreu esse problema.

        • Estranho Lucas se para PS4 e PC funciona pq há algum problema entre One e PC visto que costumam falar que o One é um Windows 10 modificado?

          O cross-play só funciona direito com sistemas operacionais (SO)diferentes e não funciona entre hardwares de mesmo SO? Estranho.

        • E no artigo não diz que o Phil é o responsável pelo o não cross e sim fala da atitude hipócrita em querer ter cross com a concorrente, mas nas escondidas não promove o mesmo com o PC.

  3. Quando Xbox One foi lançado, teve muitos artigos desnecessário falando sobre gráficos, muitos sites muitos mesmo, passavam dias após dias mostrando diferenças entre PS4 e Xbox One, onde realmente existia uma diferença, mas para 80% do público casual e eu estou incluso era mesma coisa.
    Porém os artigos diários falando de gráficos e mais gráficos e da diferença entre 40% 50% do PS4 era uma coisa surreal, sendo que 80% não notava essa diferença, porque são pessoas que não são ligadas a tecnologia, outros não jogavam em um televisor no minimo 42 polegadas, entre outros fatores.
    Infelizmente esses artigos poluíram tanto a cabeça das pessoas que tinha videos no youtube de Homens feitos jogando PS4 em televisor de tubo mostrando a superioridade.
    No meu ponto de vista a midia tem uma parcela de culpa hoje em dia no quesito gráficos porque nos dois primeiros anos, mas se falavam em graficos do que em exclusivos, ou vão me dizer que vocês não se lembram?
    E quem fazia isso a mídia, não estou generalizando…
    E muito menos dizendo que os artigos eram mentirosos, pelo contrario eram verdadeiros, mas esse tipo de coisa são para pessoas hardcore em tecnologia, que tem bons televisores, e consegue de fato distinguir a diferença, 80% das pessoas como eu disse nõ consegue ver essa diferença eu sou uma delas, já vi na Fnac um PS4, Xbox One ligado em um tv lançamento, eu não consegui ver a diferença, porque meus olhos não estão preparados, meu entendimento sobre pixel não é bom, então por isso acho muito desnecessário o que uma parcela da mídia fez, na época cheguei ver artigos do tipo porque comprar um Xbox se tem concorrente 50% superior …
    Xbox X e PS4 pro é a mesma coisa, primeiramente eu não pretendo comprar um Xbox X, voltando é a mesma coisa, os dois ligados juntos 80% das pessoas não vai ver diferença alguma, mas o que eu vejo agora, são aqueles 20% que realmente entendem e conseguem ver a diferença dizer que é a mesma coisa, que não existe diferença, é um contradição gigantesca esses que entendem dizer que é a mesma coisa.
    Então esse meu ponto de vista a midia tem uma parcela de “culpa” de todo mundo ficar falando somente de gráficos.
    Apesar que hoje em dia a moda falar em jogos exclusivos…

    Por último e mudando o tema a comunidade realmente está muito tóxica, em todos os sentidos em xingamento vou deixar um video que quem puder assistir vai entender melhor.
    Mas falta de educação também é gigante, ontem no Destiny 2 fomos fazer uma Raid no Destiny 2, tinha duas moças no grupo, os caras começaram arrotar, falar pornografia, não respeita em hipótese nenhuma as pessoas, fora que essas duas moças e mais um rapaz nunca tinha feito Raid, no lugar de ensinar um deles começou falar, precisa atirar fdp, é isso que dá mulher jogar video game, sinceramente, não entendo como um homem é capaz de fazer isso, mesmo que não fosse mulher,´porque fazer isso, destiny é cooperativo, não é individual, nem todo mundo tem mesmo nível de habilidade.
    Segue o vídeo do qual mencionei.
    https://www.youtube.com/watch?v=YJHOrLxMlSk
    500 mil pessoas banidas não pode ser normal..

    • Cada qual fala por si, pelo que só posso responder pelo que se passou aqui.
      Na altura do lançamento das consolas houve uma grande quantidade de desinformação relativamente às reais performances das mesmas.
      A Microsoft pintava uma falsa ideia de performance com a Cloud, e com o facto de terem criado o DirectX, alegando que nunca deixariam a concorrência obter a diferença que o hardware indicava.
      Do outro lado um tal de MisterXmedia dava conhecimento quase diária de tecnologia super secreta colocada na consola.
      Mas nós não só tinhamos consciencia que a diferença era de cerca de 40% a favor da PS4, como que a eSRAM ia colocar sérios problemas iniciais de performance até a consola conseguir ser plenamente usada.
      Perante tudo isto, e argumentações de fanboys com frases da Microsoft e deste senhor, tornava-se dificil contrariar a coisa, pelo que mostrar a realidade do que saia era a melhor forma de calar estes argumentos. E nem imaginas como eles eram muitos, e a maior parte dos comentários eram mesmo insultuosos alegando-se que não percebia nada do que estava a dizer, que era um fanboy, e pago pela Sony.
      A situação era quase incontrolável, e a necessidade da repetição e insistência no assunto era quase uma questão de honra. Estava em causa a credibilidade de afirmações das quais tinhamos certezas absolutas e que só a ignorancia impedia de serem vistas.
      Não posso falar pelos outros, mas não vejo motivos para que as coisas fossem diferentes em outros locais.
      Já agora, a questão não passava apenas pela superioridade da PS4, mas pelo facto de ser 100 euros mais barata. Como website que se preza na prestação de informação de qualidade ao leitor, insistir na situação tornava-se ponto de honra.

      • Oi Mário, Eu não conhecia esse MisterXmedia, fui procurar no google e vi que ele é um defensor do Xbox.
        Não me referi ao PC Manias porque quando Xbox foi lançado, ainda não conhecia o Web site.

        Mas em meu ponto de vista o que eu disse aconteceu sim realmente acredito plenamente em tudo o que escrevi, mas não sou o dono da verdade.

        E esse MisterXmedia, sozinho ele não iria conseguir colocar muito e muitos sites fazendo artigos por 2 anos fazendo comparações de gráfico, até porque o que ele parece ser é igual Xbox Mil grau, onde não vale a pena refutar os argumentos fanboy deles.

        Se for refutar toda pessoa que dá informação incorreta fica em um ciclo sem fim você concorda?

        Uma laranja podre não pode estragar o pomar inteiro.

        • Não tens noção Gustavo… Em 2013 esse MisterXmedia passava-se por alguém com conhecimentos internos na Microsoft e que estaria a revelar segredos desconhecidos da Xbox.
          Nessa altura esse senhor tinha relevo quase diário em todos os website e Xbox pois ele inventava supostas revelações de tecnologia presente na consola que só seria revelada com o passar dos anos e à medida das necessidades da consola.
          É difícil descrever o que se passou em 2013, mas como os restantes leitores poderão comprovar, o que digo é verdade.
          A PCManias fez vários artigos técnicos que comprovavam que o revelado era falso, explicando os motivos. Esses artigos tiveram eco no website do MisterXmedia que chegou a vir comentar aqui a tentar convencer-me com esquemáticas que tal era verdade.
          Mas como ele não lidava com um ignorante, revelei esses comentário, o esquema apresentado, e comparando-o com a motherboard da Xbox provei-o como falso.
          Ele nunca mais cá apareceu.

        • Pode acreditar, muita gente confiou no misterXmedia mesmo quando a MS dizia que não existia molho secreto.

          Mas esse camarada teve um pouco de sorte, pois quando uma de suas alegações estava perdendo peso a própria MS soltava algo que acabava reforçando as falácias do misterXmedia, pois ele começou com a estória do molho secreto e quando isso começou a perder credibilidade a MS veio com aquela de Cloud Power e do DX12, então ele aproveitou o timming e conseguiu atrelar tudo isso ao molho secreto, que felizmente não durou muito tempo.

          • Olha que durou Livio… quase um ano.
            Foi o a cloud que ele atrelou ao que argumentava, foi o DX 12 e foi o segundo controlador de comandos do GPU que ele atrelou ao segundo GPU.
            Pegou ainda na capacidade de leitura e escrita simultânea da esram para as suas legações da mega largura de banda.
            Enfim… ele ia sendo negado mas conseguia atrelar o que ia saindo. E apesar de serem coisas diferentes as pessoas iam comendo.
            A coisa durou quase um ano… mas mesmo depois dele se calar, muitos fanboys recusavam-se a aceitar a realidade. E a internet estava tão cheia de contra informação vinda desse senhor que se confundia com a realidade.
            Foi uma situação inédita, e já lido com isto desde 2000.

Os comentarios estao fechados.