Microsoft fez a sua apresentação na E3

Certamente teremos muito o que dialogar sobre assuntos da E3. Mas para já um breve resumo e comentário à apresentação da Microsoft na E3.

 

JOGOS!

Se há palavra que possa definir a apresentação da Microsoft na E3 é a palavra jogos. Finalmente percebemos que a Microsoft entrou nos trilhos e está a oferecer aos seus clientes aquilo pelo qual eles compram a sua consola, os jogos.

A apresentação foi composta única e exclusivamente por jogos! Aliás mesmo o paleio foi reduzido ao mínimo essencial de forma a não cortar naquilo que interessava, os jogos.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Apesar que há muito que poderia falar, o destaque terá de ir para os exclusivos. Forza Horizon 2 impressionou, mostrando possuir detalhe capaz de rivalizar com Driveclub, e mostrando claramente o que se pode ganhar em grafismo com uma redução do número de fotogramas de 60 para 30.

Fhorizon1 Fhorizon2

Depois tivemos direito a mais umas imagens de Sunset Overdrive, com um trailer inicial muito bem criado e mostra de gameplay bastante variado. Este parece certamente ser um jogo bastante divertido e com bastante humor, e que será um sucesso na consola.

sunset1 sunset2

Vimos ainda imagens do novo DLC para o exclusivo Xbox One Dead Rising, e que dá pelo nome de Ultra Dead Rising Arcade Remix. Esta é um novo modo de jogo que coloca em jogo as personagens mais carismáticas da Capcom num ambiente gráfico Cell Shading.

UDR1 UDR2

Um outro exclusivo foi Fable Legends. mais um jogo da Lionhead e exclusivo Xbox, e com um grafismo bastante atractivo apesar de cartonesco.

fablel1 fablel2

Project Spark fez igualmente a sua aparição. Apesar de não termos visto muito daquilo que será a capacidade de interagir com os mundos, podemos ver que o jogo permite a criação de jogos dentro do jogo, e de todos os tipos e feitios. Será basicamente uma ferramenta de criação de jogos com partilha online.

Pspark1 Pspark2

A apresentação de Halo 5: Guardians foi para mim a maior decepção. Nada se viu com excepção de um trailer que nem sequer sabemos se é CG ou em tempo real. Dadas as cutscenes CG que Halo 4 introduziu, o que foi visto podia perfeitamente ser tirado da Xbox 360. mas provavelmente seria expectável que assim fosse, com mais atenção dada à Halo: Master Chief Colection que vai incluir todos os jogos da saga para a Xbox One, uma vez que o jogo possui ainda pouco tempo de produção.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Foi ainda apresentada a série TV Halo: Nightfall que se encontra em produção.

halov1 halov2  halov4halov3

Uma das novidades não esperadas foi a apresentação de Phantom Dust. Não deu muito bem para perceber do que trata o jogo, parecendo um jogo de combate ao estilo Mortal Kombat ou Street Fighter , e o que foi visto foi apenas cinemáticas. Seja como for, é um jogo exclusivo, mas do qual não sei bem o que esperar. (Na realidade este é um remake do jogo Phantom Dust da Xbox original e é um jogo pseudo baseado em cartas com acção/estratégia)

phantomdust1 phantomdust2

Talvez a apresentação que me deixou mais água na boca foi outro exclusivo surpresa: Scalebound.

Um jogo onde uma personagem num mundo habitado por dragões luta com uma espada e ouve música em headphones. Um ambiente algo futuristico certamente passado numa galáxia distante, mas o certo é que cenários à parte, o jogo parecia impressionante. No entanto há que ressalvar que mais uma vez apenas vimos cinemáticas.

Não sabemos se este terá sido o grande IP que a Microsoft garantiu exclusividade, mas de tudo o que foi visto, caso haja fundamento nesse rumor, este terá sido certamente o jogo em causa.

scalebound1 scalebound2

A nível de exclusivos a apresentação terminou com Crackdown. Cell Shading um jogo aparentemente cooperativo, mas do qual, mais uma vez, só vimos cinemáticas.

crackd1 crackd2

No resumo final gostamos da apresentação da Microsoft, tendo apenas ficado decepcionados pela grande quantidade de jogos apresentados onde de jogo efectivo se viu… Zero.

Já o dissemos uma vez, as cinemáticas são bonitas, mas não são o jogo, e há que ver o jogo a correr para avaliar.

Em falta (pelo menos não vimos), esteve Quantum Break, Dark Dreams Don’t DieGears of War 4 que eram apontados como presentes por alguns rumores. Isto quer dizer que com a apresentação de Halo 5 e da maior parte dos jogos tão simplificada a um vídeo CG, acabou por faltar a cereja no topo do bolo a esta apresentação, da qual, muito sinceramente até gostei.

Publicidade

Posts Relacionados