Microsoft oficialmente comunica que não vai dar mais a conhecer as consolas Xbox One que despachou

As menores vendas das consolas Xbox One face à PS4 levaram a Microsoft a deixar de comunicar oficialmente os números de vendas da consola. E essa situação foi agora oficializada como passando a definitiva!

Tornou-se aparente desde o início da geração que a Microsoft estava a perder constantemente terreno para a consola concorrente. A liderança da Playstation começou logo no primeiro mês e ao longo dos restantes 23 meses de vida aumentou de forma constante e progressiva.

Naturalmente que relatórios constantes que confirmam a realidade das consolas só é bom para quem vai à frente, motivo pelo qual a Microsoft deixou de relatar os números de venda, começando inicialmente por os disfarçar substituindo-os pelos números de despachos de consolas para as lojas, e no final acabando inclusive com esses números. E se isso já acontece à algum tempo a situação é agora oficial.

A partir de agora a Microsoft não fornecerá como métrica principal o número de consolas vendidas ou despachadas. Em vez disso passará a referir-se aos utilizadores ativos no Xbox Live.

Curiosamente os resultados do último relatório revelado à alguns dias mostram que os lucros com as vendas do hardware caíram face ao ano passado, mas no entanto o uso do Xbox Live aumentou 28%, aumentando o número de utilizadores ativos no Live para 39 milhões. Desses não se refere no entanto quantos são membros Gold (pagantes) e quantos são dos restantes produtos Windows 8, 8.1 ou 10.

Isso quer dizer que para valores de vendas temos agora que nos limitar ao VGChartz, e apesar de este website ter por vezes estimativas que são depois corrigidas quando chegam dados mais concretos dos vendedores, e como tal não estar sempre totalmente fiável, ele passará a ser a única referência no comparativo das vendas de consolas.

Publicidade

Posts Relacionados