Microsoft paga a pessoas para mostrar interesse no Kinect

É verdade, aconteceu! Apesar do sucesso de vendas do Kinect, com 1 milhão de unidades já vendidas em apenas alguns dias, a verdade é que o produto não se prevê que venda num dos maiores mercados de videojogos do mundo, o Japão. O motivo para tal é que a Xbox nunca se conseguiu implementar por lá, com um volume de vendas que é cerca de 100 vezes menor do que nos outros mercados (América e o conjunto Europa/Asia/Austrália)

Dessa forma, e pretendendo usar o Kinect como plataforma de promoção para a sua consola, a Microsoft teve de recorrer a artifícios pouco correctos que pudessem demonstrar um eventual interesse acima do normal nesse mercado.

Ora no dia do lançamento do Kinect a fila de “interessados” tinha o aspecto de cima. Sem dúvida uma boa promoção para um produto num país onde a consola vende muito mal.



E o lançamento correu muito bem, como se pode constatar nas restantes imagens tiradas pelos media:

O único problema de tudo isto é que houve quem reconhecesse algumas das caras que por ali paravam. É o exemplo deste senhor de cima que se mostrou dos mais entusiasmados com o produto dizendo à boca cheia “o produto é tão bom que as pessoas não se importam de passar aqui a noite”. (Ndr: E atenção que apesar da noticia concordamos com a qualidade do produto)

Mas estranhando reconhecer a pessoa houve quem investigasse o sucedido e encontrou este senhor na internet:

Ele dá pelo nickname de “Big Wave.” e na  sua página auto identifica-se como “Butch,” classificando a sua ocupação como um “sakura”, ou seja um “rent-a-crowd”, alguém que é pago para aparecer em eventos e fazer multidão.

E se duvidam do sucedido, eis algumas fotos tiradas noutras lojas, algumas até de maior dimensão, mas para as quais os media não foram convidados.

Marketing para um produto bom como este, sim, mas enganar… Meus amigos… isso não!



Posts Relacionados