Microsoft pede à HTC que coloque o Windows Phone nos seus telefones Android

Se o Windows Phone não arranca pelos meios normais, a Microsoft tenta agora que pegue da forma que puder. E para isso a Microsoft está disposta a dar as licenças sem custos à HTC para que esta coloque o Windows Phone como segundo sistema operativo nos seus telefones Android.

A Microsoft quer à viva força entrar no mercado dos smartphones, e isto apesar de o mercado não se ter mostrado muito interessado. Mas se os métodos tradicionais não funcionam, a Microsoft tenta agora maneiras de inserir o seu OS de qualquer forma.

Assim, logo após os relatórios da HTC terem apresentado perdas a Microsoft resolveu avançar. E ao que tudo aponta a Microsoft está disposta a sacrifícios prevendo-se que a empresa não só liberte a HTC de lhes pagar 5€ por cada Android vendido (devido a um acordo de licenciamento de patentes entre as empresas), mas também libertando-a dos custos entre 10 a 30 dólares do licenciamento do Windows Phone, desde que a HTC coloque o Windows Phone como segundo sistema operativo nos seus smartphones.

Com o HTC One a ser considerado um dos telefones melhor construídos do mercado, a Microsoft parece querer ver o seu OS neste smartphone e quem sabe até ter uma versão do mesmo com o windows como exclusivo.



Se o acordo parece bom para ambos os lados (HTC e Microsoft), quem eventualmente poderá ficar descontente são os directores da Nokia. A venda ainda não foi para a frente e a Microsoft está a aliar-se já a empresas suas concorrentes. Isto pode ter impacto nas acções da Nokia que podem entretanto e antes da venda descer. E se é uma realidade que o valor de venda já foi acordado e assim sendo nenhum accionista perderá realmente nada, tal situação pode soar como uma pressão para que a venda seja efectivamente aprovada

Fonte: Diversas, incluindo Bloomberg



Posts Relacionados