Nato foi alvo de Hacker Russos. E devido a bug no windows!

Procurar-se manter segredos militares usando-se um dos sistemas operativos que mais falhas de segurança tem parece algo irrealista. Mas aconteceu!

hack

Se há algo pelo qual o Windows nunca foi conhecido foi pela sua segurança. É o sistema operativo com mais falhas, mais vírus, mais “exploits”, etc. E tudo consequência de uma realidade: É o sistema operativo mais popular, e isso paga-se!

Ora por incrível que possa parecer a NATO usa o Windows! E como tal, hackers Russos exploraram uma falha do OS e durante muito tempo, com sucesso, espiaram a NATO e computadores governamentais ligados à agência. A mesma bug foi usada ainda para aceder a computadores da Ucránia e Polónia.

A NATO refere que não sabe que dados eram procurados pelos Hackers, ou o que eles conseguiram obter, mas tudo aponta que se tratava de dados sobre a crise Ucraniana.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

A Microsoft já reagiu. E certamente terá resolvido o problema e tranquilizado toda a gente quando respondeu ao problema dizendo que mantivessem a calma pois um patch está quase pronto para eliminar o problema!

Bem, o problema irá desaparecer com o patch! Falta saber é quantos mais buracos de segurança poderão ser usados, e quantos patchs a Microsoft disponibilizará DEPOIS de eles serem explorados.

A operação foi denominada Sandstorm devido a uma referência do filme “Dune” encontrada no código usado pelos Hackers e que para além da Nato também atingiu empresas de energia, telecomunicações e defesa associadas à organização, bem como delegados da conferência GlobSec que também tiveram os seus computadores hackados.

Publicidade

Posts Relacionados