Naughty Dog Refere que Demo de Uncharted 4 da E3 era demasiado ambiciosa. Mas mesmo assim, o que tivemos?

A Naughty Dog fez uma apresentação em que revela que qualidade usada na Demo de Uncharted 4 mostrada da E3 não era possível de ser usada em tempo real no motor de jogo. Mas mesmo assim, qual a qualidade do que foi apresentado face ao produto inicial?

A Naughty Dog fez à pouco mais de um mês uma apresentação sobre as tecnologias usadas em Uncharted 4, e nela revela que a qualidade apresentada na demo que mostrou na E3 era totalmente impossível de ser feita no em tempo real no seu motor de jogo. Nela a empresa utilizou a qualidade máxima possível em todos os efeitos, algo que teve de sacrificar quando passou para o jogo.

Eis os slides da Naughty Dog em que releva essa situação:

Basicamente a demo usava o motor do jogo, efeitos possíveis de serem calculados pelo motor do jogo, calculados pela PS4 e mostrado em tempo real, mas não por uma PS4, e sim por um conjunto delas (uma render farm) (e algo que a Naughty Dog nunca confessou antes ter usado – Mas aprende-se e dá-se o benefício da dúvida… Mas para a próxima a confiança nas suas palavras já não será a mesma).

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Convêm dizer que, perante esta revelação, e independentemente do que se possa dizer em defesa da Naughty Dog, as afirmações que acompanharam a demo não foram exactamente claras nesse sentido, e levaram ao engano.

No entanto, apesar de a situação de cima não ser discutível, será que o apresentado decepcionou. Será que ficou assim tão diferente do prometido com a Demo?

Eis alguns pormenores de qualidade apresentados em Uncharted 4, e que mostram como este jogo, mesmo não possuindo a qualidade do apresentado no Trailer, se revela um dos jogos, se não mesmo o jogo, mais impressionante de sempre.

Começemos por umas imagens que mostram o resultado obtido a 60 fps pela render farm de consolas PS4 à esquerda, e o resultado final calculado em tempo real no motor de jogo a 30 fps por uma única PS4 à direita! Note-se que a cena não é idêntica, com ângulos, luz e condições de tempo igualmente diferentes!

E novamente a mesma situação, mas desta vez com o resultado de uma  PS4 à esquerda e o da render farm à direita.

Outras cenas obtidas em cutscenes na versão final de Uncharted 4 que mostram a qualidade da luz e dos modelos:

Publicidade
Aproveite o código de descontos PCManias
Casetips

Retomando o nosso artigo

Note-se a percepção da humidade da pele (sub surface scatering), os pelos e cabelos individuais, a forma como a luz passa na bordas dos cabelos e mesmo pelas orelhas de Drake e a qualidade dos tecidos!

Eis outras imagens que mostram o Subsurface Scatering e a qualidade e pormenor dos efeitos de luz:

Subsurface Scatering

Efeitos de luz

O facto de os tecidos e a pele serem influenciadas pelo terreno (lamas)

A qualidade dos reflexos nos olhos:

A qualidade e detalhe dos pêlos e barbas:

A qualidade e pormenor dos tecidos e outros elementos, em tempo real, todos com propriedades físicas:

E já que falamos em física… A forma realista como as personagens se comportam perante situações que envolvem física.

Terminamos com os três modelos de Drake usados no jogo. Um quando a personagem era mais nova, o atual em que decorre a história, e o final, com que a personagem, já mais velha, termina a história.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (19)

  1. Até a ND mentiu? Não sei mais o que esperar de honestidade desta indústria.

    • Pá… Não vejo muito por onde escapar a essa realidade.
      A Naughty Dog referiu que a demo da E3 estava a correr numa PS4, mas quando referem que usaram a PS4 como uma render farm, eu não vejo outra explicação senão uma mentira.
      Pessoalmente não conheço outro tipo de render farm que não seja o colocar mais do que uma máquina a processar em conjunto em rede.
      E até poderia tentar pensar que eles se limitaram a dividir o processamento em partes e a usar a PS4 de uma forma que nos jogos não pode ser usada, mas isso não estou a ver como. O resultado da E3 tinha muito mais qualidade e o dobro dos FPS.
      Eu sempre acreditei que isso se devia à ausência de fisica ou cálculo de propriedades de materiais, com angulos de câmara selecionados e tudo ajustado e adaptado para performance, tratando a demo como uma mera animação super optimizada. Basicamente quase como um filme, mas em 3D!
      Mas esta da render farm foi uma surpresa e um dado novo. Uma render farm implica várias máquinas, e se não haviam várias máquinas, então implica um tipo de processamento que não usava o motor de jogo. Até podia usar o seu processamento, mas não da forma que o jogo permite.
      Daí que sim… Perante os dados todos o que se pode dizer é que Naughty Dog ali não foi correcta, e mentiu!
      E agora podemos dizer isso, porque agora sim, há dados para se concluir isso!

      • Erraram feio, mas pelo menos assumiram o que fizeram. Não apaga o erro que cometeram, mas não continuaram com as mentiras, e isto por si só já serve de consolo. Bom domingo a todos!

  2. A ND gosta de colocar os detalhes. Ontem vi uma imagem 4K da Ellie(a imagem é 4K não o monitor ao qual estava visualizando) em TLoU Part 2, apliquei o zoom em seus olhos e possuem os reflexos do ambiente fora a textura da pele que parecia real.

    Agora depois desse artigo fica a dúvida, o trailer do TLoU de ontem rodava em uma Pro ou em vários PS4?

    • Supostamente em uma. O motor é o de Uncharted, mas a equipa diz que vai usar muita tecnologia nova e que foi bastante melhorado.

      • Na eurogamer tem um link com imagens a 4k, não digo que é verdade ou mentira, no vídeo quando Ellie afina o violão vi uma leve queda, bom posso estar enganado.

        http://www.eurogamer.pt/articles/2016-12-04-the-last-of-us-parte-2-imagens-a-4k

        • Pra mim, esse tipo de vídeo quando apresentado em um período tão distante do lançamento do jogo, é só um conceito do que esperar.
          Eu gostei da qualidade dos detalhes, os acordes que a Ellie toca no violão, são exatamente os acordes reais e a posição dos dedos está rigorosamente correta.

          • Hoje vi umas screen shots em 4k e há veias nos olhos de Ellie, para mim não passa de uma CG…

          • Depende do que viste. Tal como em Uncharted foram mostrados modelos das personagens com qualidade acima do possível meter-se no motor de jogo.
            Seja como for, veias são apenas uma textura.

          • By-mission foi essa foto que vi, tb na eurogamer, são muitos detalhes nas fotos.

          • É melhor pensar assim, pois aí caso seja CGI mesmo, você não vai estranhar os gráficos in-game. Se tiver qualidade superior ao Uncharted 4, mesmo que pouco, está mais do que bom.
            Agora que as pessoas já estão vacinadas contra trailers mostrando gráficos que destoam muito do padrão de jogos da atualidade, fica mais fácil.
            Outro trailer que está sendo divulgado que foi renderizado em tempo real e eu acho que é outra enganação é o novo jogo do Kojima.
            Acho que agora todo jogo da Sony vão falar que o trailer é em tempo real no PS4 Pro rodando em 4K. Certas manias não mudam.

  3. Sempre me perguntei em que máquina estava rodando aquela demo da E3,pois os gráficos estavam em qualidade muito alta, e ainda em 60fps. Finalmente tivemos uma resposta…Mas mesmo com alguns problemas, Uncharted 4 ainda é um dos gráficos mais impressionantes dessa geração… Uma pena que tanto a Sony como a Microsoft não entregaram consoles mais fortes para as devs trabalharem no início da gen…

  4. Parece que as desenvolvedoras estavam realmente esperando consoles bem mais fortes

  5. Sério?? Nossa que surpresa…

    Desculpem o sarcasmo.

    Que bom que eles confessaram, por que eu tenho certeza que se não tivessem feito, algumas pessoas passariam o resto da vida acreditando que um PS4 igual o que elas possuem casa rodou aquela demo em tempo real em 1080p 60fps.
    Aliás, essas pessoas também devem estar achando que foi um PS4 Pro que rodou a demo de ontem em tempo real em 4K nativos…

  6. Sim, eu sei.
    A questão é que uma cutscene é uma cutscene e não podemos facilmente julgar. Nas cutscenes aplicam-se por vezes técnicas que depois não podem ser usadas no motor de jogo.
    Vê The Last of us na PS3. A qualidade dos modelos era em tudo semelhante ao que tens na PS4. E era uma PS3 a correr em tempo real.
    A questão é que as coisas estavam aldrabadas. Muito do que ali estava não era em tempo real, mas sim pré calculado.
    A demo da E3 do Uncharted tambem fez isso. Em pesquisas sobre o assunto descobri que os efeitos de TLou tambem foram pré calculados numa render farm de consolas PS3, usando o motor do jogo. E Uncharted na demo da E3 fez o mesmo.
    A diferença é que Tlou ficou com os efeitos pré rendidos no jogo final, mas em Uncharted 4 a equipa optou por não o fazer, calculando tudo em tempo real.
    A qualidade desceu… mas mesmo assim é impressionante.
    A questão é que isso só demonstra que a demo da E3 corria efectivamente numa PS4. A questão é que era o que se chama in-engine ou seja com o motor do jogo, mas não calculado em tempo real.
    Era real time, no sentido que não era um filme, mas não real time no sentido de que tudo era feito em real time.
    Basicamente tão real time como qualquer jogo que use luzes pré calculadas ou outros efeitos do género.

  7. Égua, vendo aqui a diferença nem é isso tudo, realmente a NaughtyDog entregou algo muito próximo mesmo, mas de certo ela mentiu.

  8. Eu sempre disse que era impossível o video da E3 ser no motor de jogo em tempo real…nem sequer é a primeira vez que a ND omite a informação para criar hype…só cai quem quer, no Uncharted 2 na E3 da altura também utilizou 4xPS3 para correr com a qualidade mostrada na altura na E3…é normal e sempre foi feito…só acredita quem quer…eu não…nem no Uncharted nem no watch dogs nem no etc e tal…tudo farinha do mesmo saco

    • A questão é… sabias o que podia ser feito com boa programação nestas consolas?
      Na altura da apresentação o que tinhamos eram jogos que usavam motores de jogo que suportavam a anterior geração, com APIs de alto nível e sem uso do GPGPU.
      A situação evoluiu muito. Quem diria que a consola que colocou Forza 5 com público de papelão faria um dia um Gears of War 4 daqueles. Daí que com a PS4 foi a mesma coisa! Já tinhamos visto grandes coisas com ela em Second Son, e na Xbox One com Ryse: Son of Rome, e esses eram jogos de primeira geração e que não vinham da Naughty Dog reconhecida por fazer milagres com o hardware.
      Sinceramente, não me considero crente. Mas acreditei no que vi! Porque não acreditar é que me parece que poderia ser algo anormal. Porque entre ser enganado mas dar o benefício da dúvida é sempre preferível a olhar logo para as pessoas como burlonas! Eu não faço isso, e nunca fiz isso! Até prova em contrário as pessoas merecem-me respeito, e não ao contrário.
      Neste caso, e após tanta polémica, a Naughty Dog perdeu o meu respeito nessas situações. E como podes ver no artigo de Tlou 2, já tive mais cuidados com o que refiro, colocando em causa se o que vemos ali será o que teremos no produto final.
      Para além do mais, a Naughty Dog não ficou muito longe do prometido. E mais do que isso, criou um o jogo até hoje, tecnicamente, não tem igual!

Os comentarios estao fechados.