NBA 2K14 fechou os servidores, mostrando mais uma vez que a nuvem tem graves desvantagens.

Lançado com as novas consolas em Novembro de 2013, o jogo fechou os servidores 2 anos depois! É um destino fadado para tudo que passe pelo online!

O jogo NBA 2K14, um jogo de 70 euros, fechou os seus servidores no dia 31 de Dezembro de 2015. Resumidamente, o jogo teve um suporte de 2 anos, um tempo que se considera como bastante reduzido!

Esta situação vem mais uma vez levantar questões e dúvidas sobre o futuro dos videojogos e a tentativa desenfreada dos produtores de implementarem a nuvem como algo essencial e incorporado nos jogos.

Manter servidores tem custos! E são elevados! Eis alguns dos parâmetros a ter em conta.

  • Para começar temos o investimento nas máquinas em si! A configuração das máquinas e o seu número depende de uma série de váriaveis como o número de jogadores suportado e o processamento a efectuar. Mas isso em si não é suficiente. Há que se ter igualmente armazenamento separado para se efectuarem logs de erros e de atividade, e mesmo backups no caso de dados serem guardados na rede.
  • Há igualmente todo um investimento em questões de segurança. Os servidores necessitam de ser seguros e estáveis, e há que evitar que os hackers os visem como alvo, mantendo a integridade dos dados e o seu bom funcionamento.
  • Temos igualmente o custo do alojamento. Alojar não é só ter máquinas, é colocar as mesmas numa infra-estrutura capaz com larguras de banda eficazes, e com um serviço que acompanhe as necessidades dos servidores, bem como prestar um serviço aos clientes. E isso inclui:
    • Suporte 24 horas aos servidores com suporte de rede e manutenção de servidores
    • Autonomia energética para problemas locais.
    • Capacidade de resolução de problemas relacionados com exploits
    • Capacidade de se lidar com actualizações
    • Capacidade 24h para interagir para aplicação de patches de emergência
    • Apoio ao cliente e suporte em fórum ou live chat.
    • Moderação de foruns.

Todas estas situações acarretam custos. E esses custos necessitam de receita para serem cobertos. É impossível pensar-se que uma empresa consegue manter o apoio a um serviço que já não possui clientes, e no caso do NBA 2K14 o jogo já não vende, especialmente dado tratar-se de um franchising anual.



Mas a realidade é que mesmo que não o fosse, a quebra nas receitas criadas pelo jogo tornam insuportável o seu suporte. E essa é uma realidade que acontece, mais cedo ou mais tarde com todos os jogos!

No caso do NBA 2K14, este é um jogo com uma componente offline igualmente importante, daí que o jogo não sofra totalmente com isso, apesar da perda de muito componente online, incluindo algum pago à parte! Não deixa por isso, e especialmente pela pouca duração de vida, de ser um bom exemplo para os perigos que o futuro nos reserva com jogos dependentes da nuvem, e daí a referência ao caso!

 



Posts Relacionados