No final de 2013 havia 900 mil Xbox One nas prateleiras das lojas.

No seu relatório financeiro a Microsoft revela que no final de 2013 haviam 900 mil consolas Xbox One por vender.

Xbox_One_por_vender

A 6 de Janeiro de 2014 a Microsoft pela boca do seu executivo Yusuf Mehdi referia o seguinte:

Mais de 3 Milhões de consolas Xbox One foram vendidas aos consumidores em 13 paises antes do final de 2013.

Certamente um bom número de vendas, e um valor extremamente surpreendente face às vendas das consolas de anterior geração. 3 milhões de consolas em pouco mais de um mês e meio é certamente motivo para surpresa.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Poucos dias depois a Sony apresentava os seus números: Até final de 2013 a Sony vendeu aos consumidores 4.2 milhões de consolas, tendo esgotado os seus stocks em todo o mundo.

Ora desde o lançamento das consolas que havia relatos diversos de várias pessoas que em foruns davam a conhecer que a PS4 estava esgotada em tudo o que era sítio, mas que as Xbox One nunca haviam esgotado, havendo bastantes consolas nas prateleiras de grandes cadeias de venda a retalho. Verdade? Mentira? Desinformação?

O certo é que esta informação era considerada por muitos como falsa.

Mas eis que a Microsoft revela o seu relatório financeiro e este parece confirmar que efectivamente as suas consolas ficaram nas prateleiras. É que o seu relatório refere que até final de 2013 a Microsoft colocou 3,9 milhões de consolas nos retalhistas, indicando assim que 900 mil consolas ficaram por vender.

Parece assim que efectivamente os relatos tinham razão de ser. Mas sendo 900 mil unidades por vender um número algo chocante eis que o representante  David Dennis da Microsoft fez um comunicado explicando o sucedido.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Vendemos praticamente todas as unidades que podíamos no período de férias e despachamos todas as unidades que pudemos. No entanto alguns desses despachos só chegaram às cadeias no período final do quarto (quarto fiscal do ano) e não houve tempo para as vender aos consumidor final.

Essas unidades estão agora a ser vendidas aos clientes.

Basicamente o que a Microsoft refere é que as consolas não foram contabilizadas como vendidas porque apenas chegaram aos retalhistas nos últimos dias do ano, e não por falta de procura.

NO entanto, a 11 de Janeiro, de acordo com o VGChartz, o número de Xbox One vendidas era de 3,2 milhões. O número de PS4 vendidas era de 4,6 milhões.

Ora a acreditarmos neste número vemos que nesse período a Sony repôs stocks e vendeu mais 400 mil consolas, mas a Microsoft ainda tinha 700 mil consolas das despachadas em 2013 por vender.

vendas_consolas_11_janeiro2014

Nota PCManias: Apesar de esta situação poder ser uma realidade que, à semelhança de outros websites, não podemos deixar de noticiar, há que relembrar que XBox One e PS4 não estão a ser vendidas em igualdade de situações. Com excepção do mercado Asiático a Sony já lançou a sua consola em 48 territórios, ao passo que a Xbox One está à venda em apenas 13.

Isso implica que o número de consolas enviadas para cada país não é exactamente igual, sendo que assim as probabilidades de existir um excesso de oferta face à procura acabam por ser, de forma natural, superiores no caso da Microsoft.

Desta forma a notícia deverá ser encarada exactamente como mera informação, não sendo assim coerente que se tirem muitas conclusões face aos resultados.

Publicidade

Posts Relacionados