Note 7 foi o smartphone do ano

A distinção há que ser feita entre o melhor telefone do ano, e o telefone do ano. E se o Note 7 não consegue ser o melhor telefone do ano, certamente foi o telefone do ano!

Não haja dúvidas que se houve um telefone que marcou o ano de 2016 foi o Note 7.

Não só o telefone era excelente a nível técnico, como foi considerado por muitos como o melhor smartphone alguma vez lançado. E isso seriam situações que poderiam, caso o seu percurso fosse normal e idêntico aos dos outros smartphones, dar-te o título de melhor smartphone do ano!

Mas infelizmente tudo o resto que rodeou o telefone retiram-lhe qualquer possibilidade de receber esse título, mas certamente não lhe retiram outro, o do smartphone do ano.

Tudo o que rodeou o Note 7 foi marcante. A qualidade do smartphone, a boa aceitação junto do público e o seu sucesso de vendas nos locais onde chegou a ser vendido.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Mas depois tambem o resto. A forma como se tornou mediático com as explosões que teve nas suas baterias, as histórias contadas em torno dessas situações, a despesa da Samsung com a recolha dos smartphones para troca de uma bateria que afinal nem era a causa das explosões, a necessidade de uma segunda recolha, e posteriormente o cancelamento total do smartphone.

Todas estas situações levaram o smartphone a um mediatismo como mais nenhum atingiu. Ao ponto de o smartphone ser proibido em aviões por poder por em causa a segurança dos mesmos.

Foi talvez o melhor smartphone de sempre, mas foi-o apenas por breves semanas, tornando-se depois num smartphone que a Samsung deseja que as pessoas esqueçam. No entanto ainda à dias um voo da Virgin Airlines foi atrasado e isto porque um espertinho resolveu manter um hotspot no seu smartphone chamado Samsung Galaxy Note 7, o que quer dizer que ainda vai demorar até que a memória deste telefone desapareça de vez.

Foi, por esse motivo, o smartphone do ano. E isso cremos que poucos discordarão!

Publicidade

Posts Relacionados