Nova PS4 modelo CUH-1200 tem várias diferenças.

ps4

A nova revisão da Playstation 4 traz diferenças no consumo energético, aquecimento, e mesmo internas.

ps4

A nova revisão da PS4 denominada de CUH-1200 possui várias mudanças no hardware interno.

A Sony anunciou poupanças energéticas de 8% face ao design original, um valor que sabemos ser conservador, pois na realidade os valores medidos na prática são superiores. Há igualmente uma alteração no número de módulos de memória da consola que ao contar com módulos de 1 GB requer menos, e consequentemente, aquece menos.

Eis o circuito original da PS4 na frente e verso. Nela vemos 16 módulos de memória de 512 MB cada (8 de cada lado), sendo que estes circundam o APU (Assinalados dentro dos quadrados laranja)

 

ps4memory1 ps4memory2

A imagem que se segue é da nova revisão CUH-1200, e como podemos ver os chips da frente da board foram removidos, ficando apenas os 8 traseiros, agora cada um com 1 GB de capacidade.

ps4memory3 ps4memory4


O fabricante dos novos chips é a Samsung (Referência: K4G80325FB-HC03). A consequência desta redução é um menor consumo de energia, menor aquecimento, e menor ruido pele menor necessidade de refrigeração (menos 6 dBs).

A board é ainda cerca de 6 cm mais curta.

Mas as alterações não se ficam por aqui. Tal to o APU como o processador secundário da consola possuíam a seguinte designação na consola de lançamento, a CUH-1000:

APU: CXD90026G
Processador secundário: CXD90025G

Na pequena revisão anterior que a Sony fez e onde quase nada foi alterado, mas se conseguiu já alguma redução no consumo energético a CUH-1100, eles eram eram referidos como:

APU: CXD90026AG (Pequena revisão A)
Processador secundário: CXD90025G (o mesmo)

Mas agora com a CUH-1200, temos alterações mais significativas:

APU: CXD90037G (revisão de relevo 37)
Processador secundário: CXD90036G (revisão de relevo 36)

A consequência de todas estas alterações revelam-se acima de tudo no consumo. E apesar de a Sony anunciar 8% de poupança energética, os valores medidos são bastante superiores, chegando aos 18%. Eis um gráfico:

PS4_power

Há ainda algumas diferenças internas na consola, nomeadamente na parte onde o disco é inserido, como mostra a imagem de baixo. De notar que as duas peças estão invertidas uma face à outra, pelo que a parte superior da da esquerda (nova revisão) corresponde à inferior da da direita (original)

 

Outras diferenças incluem uma nova fonte de alimentação, onde a antiga denominada de ADP-200ER foi trocada por outra com a designação de ADP-240CR e que é 80g mais leve, o transmissor HDMI é agora o MN864729 da Panasonic, e a drive de Blu-Ray que é completamente nova.

A placa filha de controlo do Blu-Ray está agora ausente e o controlador LSI R9J04G011FP1 e a driver do motor presente no chip BD7764MUV, anteriormente ambos nessa placa filha, estão agora na placa mãe.

A caixa deixou de ser em alumínio passando a ser em aço, mas as ventoinhas de refrigeração mantem-se as mesmas apesar de alguns retoques no sistema de refrigeração.

Sem se saber se a situação foi compensada em algum outro chip, a realidade é que nem tudo são acréscimos e na nova board há chips que estão ausentes, nomeadamente:
– O chip de USB 3.0 da Fujitsu USB 3.0 que fazia a ligação com o interface SATA
– O LSI Ethernet da Marvell
– O LSI do controlador HUB USB 3.0 da Genesys Logic

Estas alterações sugerem duas posibilidades:

– A inserção dos mesmos no interior do processador auxiliar, ou a conversão USB 3.0-SATA usada no HDD poder ter sido eliminada, passando a ser usado uma porta SATA nativa. Falta no entanto confirmação oficial sobre o sucedido.

Publicidade

Posts Relacionados