Nova Xbox chama-se Xbox One e eis o que sabemos sobre ela

Terminada a apresentação da Xbox One, eis o que se pode adiantar desde já!

XONE

A nova Xbox já tem nome. E a nosso ver um nome nada feliz. Xbox One, e que pode causar confusão com a consola Xbox original.

O nome decorre da semelhança com o comando de voz que pode activar a consola (“Xbox ON”), sendo passível de controlo por voz com comandos do género “Watch TV” ou “Watch movie”. Podem também questionar “What’s on Channel X?” E a consola fornecerá um guia de TV. Estas situações não se sabe se serão convertidas para Português, assim como não se sabe o suporte que será dado pelos canais de cabo nacionais à consola. E numa altura onde a MEO BOX e a IRIS são decisivas na captação de clientes, uma consola genérica que poderá bater as duas poderá ser um problema.

Ao contrário do que aconteceu com a PS4, durante a apresentação a consola foi visualizada e vários jogos foram apresentados. No entanto muitos deles basicamente apenas mostraram alguns meros segundos de jogo.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Sabe-se agora que situações como o sempre online não são verdade. Ou seja a consola pode funcionar sem internet, excepto nas situações onde a internet é precisa (alguém diria? 🙂 )

A nível de hardware é muito cedo para compararmos a consola com a PS4, até porque os detalhes são muito escasso, mas o hardware anunciado não surpreendeu, batendo certo com o que se esperava: 8 GB de RAM, processador com 8 núcleos AMD e disco de 500. Não foram dados detalhes sobre as especificações da placa gráfica sabendo-se apenas que é uma ATI alterada com suporte Direct X 11.1 e que acede a uma memória ESRAM de alta velocidade de 32 MB (algo que já contávamos existir e que já tínhamos feito referência em artigos anteriores).

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Relativamente à RAM confirma-se o uso de 8 GB DDR 3. Ou seja a consola da Microsoft não usa memórias com a mesma velocidade das da Sony, e daí a necessidade da ESRAM anteriormente referida para compensar.

O Kinect 2, necessário para esta consola é bastante melhorado face à anterior geração. Captura a 720p e possui um sensor de infravermelhos com uma resolução total de 250 000 pixels. O Blu-Ray irá igualmente estrear-se nas consolas da Microsoft.

Sabe-se ainda que a consola possuirá HDMI 1.4 de entrada e saída, de forma a poder colocar a sua imagem sobre a da TV. Terá ainda uma porta Ethernet Gigabit, portas USB 3.0, três sinais 802.11n para comunicação com os comandos e outros aparelhos sem perturbar a ligação à internet.

Relativamente à apresentação, sinceramente espera-se mais. A Microsoft apresentou muito conteúdo, mas muito dele, talvez mesmo a maior parte daquele que se pode efectivamente visualizar alguma coisa concreta e em quantidade, não será exclusivo da consola.

O certo é que a nova Xbox está aí, e estamos ansiosos para saber os pormenores que não foram revelados para a comparar ao certo com a PS4. Mas infelizmente, ao vermos uma apresentação que não explorou essas situações, tudo aponta para que o hardware seja efectivamente o esperado, e como tal inferior ao da Sony. É que caso tal não fosse assim, a Microsoft teria usado a apresentação para se afirmar.

Seja como for é prematuro falar-se! Aguardemos por dados mais concretos.

Publicidade

Posts Relacionados