Novidades sobre o Mantle: API não será exclusivo da AMD, e irá ter desenvolvimento em colaboração com a PS4.

Apesar de a AMD ter dado a entender que o Mantle seria um exclusivo da sua arquitectura GNC, a DICE fez recentemente uma apresentação sobre o API e revelou que tal não será verdade. Mas mais ainda, a PS4 e o Mantle trabalharão de forma muito próxima e em colaboração.

mantleps4

A DICE fez uma apresentação sobre o Mantle… E o que disse surpreendeu muitos.

– O esforço para trazer acesso e programação semelhante ao das consolas para o PC começou à 5 anos. E várias empresas foram abordadas, incluindo a Nvidia e a Intel.

– A AMD foi a única empresa que mostrou interesse.



– Houve reuniões anuais, grandes discussões. O Mantle começou a ser programado à um ano e meio.

– O projecto foi inicialmente tratado como TopSecret, tal como o Eyefinity (a tecnologia multi monitores da AMD).

– O Mantle NÃO é um API estilo consola para os chips GNC da AMD. Permite acesso refinado ao GPU. Casos muito específicos podem ser obtidos com extensões. É possível que outros fabricantes suportar o Mantle.

– A compatibilidade DirectX 11 não garante imediata compatibilidade com o Mantle.  A arquitectura do GPU necessita de cumprir com determinados requisitos. O Kepler da Nvidia deve ser capaz de os cumprir.

– A DICE quer ver o Mantle em tudo quanto é sítio (smartphones, tablets, Linux e Mac OS).

– É ainda muito cedo para saber se o Mantle será muito mais rápido que o Direct3D.

– Passar jogos de consola para PC usando o Direct3D pode ainda ser mais rápido. O Mantle poderá demorar mais tempo mas permitirá mais performance, nível de detalhe e robustez.

– A DICE reconhece que o API da PS4 é igualmente excelente, com altas performances e programabilidade.

– A DICE vai colaborar com a Sony de forma a partilhar conceitos, métodos, experiências e estratégias de optimização que serão aplicadas ao Mantle e à Playstation 4.

 



Posts Relacionados