Novo Need for Speed requer ligação permanente à internet

Há jogos que prometem e que colocamos logo na nossa lista de compras obrigatórias mal vemos os trailers. Mas depois vimos a saber pormenores… e eles saltam fora! Need for Speed é um deles pois a exigência de estar sempre online é para mim inaceitável.

need-for-speed

A Ghost games veio explicar as razões pelas qual o seu novo Need for speed requer uma conexão à Internet para funcionar.

Marcus Nilson, produtor executivo do jogo, veio referir que o jogo aposta num foco online que lhe permite uma série de novas características. Entre elas uma evolução do Autolog.

Ao longo dos anos temo-nos focado muito no Autolog, e pensamos que é um elemento muito poderoso. Desta vez vamos dar-lhe mais do que uma voz humana. Vai tratar das partidas dos teus amigos como se fizessem parte da experiência narrativa.

Nilson fala ainda do sistema de fotografias online:

Este vai permitir tirar fotografias de muitos momentos diferentes para partilharem na rede de Need For Speed, onde as pessoas poderão dar ‘um gosto’. Esses gostos serão convertidos em dinheiro no jogo. Portanto os jogadores irão progredir no jogo ao partilharem as suas fotos.

Curiosamente, e após as explicações de Marcus, não ficamos convencidos. Podemos achar que tudo o que refere é muito interessante como extras, mas nunca como exigência. E se a nossa progressão fica dependente de as pessoas gostarem das nossas fotos e não dos nossos resultados nas corridas, algo está mal!

Sinceramente, e enquanto não vier a saber mais sobre este jogo, clarificando se a exigência é obrigatória ou apenas opcional (NFS: Most Wanted e NFS: Rivals contavam com modo online opcional), com muita pena, NFS sai da minha lista de aquisições até ao final do ano.

Pura e simplesmente não gosto de pagar por jogos que terei forçosamente de deitar fora quando os servidores forem desligados. Especialmente se não achar que esse tipo de situações se torna indispensável e extremamente relevante para o jogo. O que no presente caso não me parece acontecer, pelo que vejo neste tipo de situação apenas uma forma de DRM que não aceito e não pretendo que se torne comum.

E tu? O que pensas? A exigência do online afecta-te?

Publicidade

Posts Relacionados