Nvidia acusada de publicidade enganosa e pode ter de retirar as suas placas GTX 970 do mercado.

R9-4GB

A Nvidia está capaz de tudo para vender… mas isso vai ter custos pesados para a empresa que é agora acusada pelos compradores das suas placas de mentir!

As coisas não andam a correr bem para os lados da Nvidia. A empresa foi recentemente envolvida numa controvérsia relativa à memória da sua GTX 970 cuja utilização revela um valor inferior à capacidade anunciada e que a pode obrigar a retirar a placa do mercado.

Mas pelo que se vê agora a empresa não tem apenas essa polémica entre mãos. Na realidade todas as especificações da sua placa não são aquilo que a Nvidia deu a conhecer junto da imprensa. E algumas grandes cadeias estão a colocar entraves è venda livre destas placas devido a tal.

Vamos começar por explicar a questão da memória:

A 970 é vendida como possuindo 4 GB de memória. Mas quando analisada a ocupação da memória da placa esta raramente passa os 3,5 GB de RAM.

Tal situação foi comparada com outras placas com 4 GB e que nas mesmas situações usam sem problemas a memória adicional, e isso levou à revolta dos compradores da placa que se sentem enganados.

A Nvidia veio entretanto revelar que na realidade a memória está lá, mas que está reservada só sendo libertada em caso de extrema necessidade. Mas o facto é que sem ela as performances ressentem-se, e com ela ressentem-se ainda mais, o que não agrada aos utilizadores que não a podem usar livremente.

Mas infelizmente há muito mais nesta placa que não corresponde ao que foi anunciado publicamente. Eis o que a Nvidia deu a entender e aquilo que efectivamente é:

ROPS

Indicado inicialmente – 64
Real – 56

L2 cache

Indicado inicialmente – 2 MB
Real – 1,75 MB

Largura de banda

Indicado inicialmente – 224 GB/s para 4 GB VRam
Real – 196 GB/s para 7 chips de memória de 512 MB que perfazem um total de 3,5 GB. Os restantes 512 MB estão lá em um oitavo chip, mas com uma largura de banda para este de apenas 28 GB/s. (196+28=224)

Eis a tabela com as especificações originais fornecidas pela Nvidia, e uma terceira coluna com os valores originais devidamente corrigidos:

NVIDIA GPU Specification Comparison
GTX 980 GTX 970 (Original) GTX 970 (Corrigida)
CUDA Cores 2048 1664 1664
Texture Units 128 104 104
ROPs 64 64 56
Core Clock 1126MHz 1050MHz 1050MHz
Boost Clock 1216MHz 1178MHz 1178MHz
Memory Clock 7GHz GDDR5 7GHz GDDR5 7GHz GDDR5
Memory Bus Width 256-bit 256-bit 256-bit
VRAM 4GB 4GB 4GB (3,5GB+512MB)
L2 Cache 2MB 2MB 1.75MB
FP64 1/32 FP32 1/32 FP32 1/32 FP32
TDP 165W 145W 145W
GPU GM204 GM204 GM204
Transistor Count 5.2B 5.2B 5.2B
Manufacturing Process TSMC 28nm TSMC 28nm TSMC 28nm
Launch Date 09/18/14 09/18/14 09/18/14
Launch Price $549 $329 $329

Entretanto um utilizador do Guru3D afirmou que em contactos com a maior cadeia Canadiana de revenda, a NCIX estes o alertaram para os dados de cima, por considerarem que a falta de clareza da Nvidia se trata de publicidade enganosa e ilegal.


A NVIDIA já reagiu oficialmente no Reddit dizendo:

Publicamos status. Não explicamos devidamente a arquitectura da memória. Fizemos mal. Nunca tencionamos enganar ninguém mas as nossas intenções goraram-se quando obtiveram informação em que achavam que podiam confiar e tomar as vossas decisões baseadas nas mesmas.

Fizemos asneira.

Mas com isto, vocês sentem-se diferentes. Sentem-se enganados e talvez pensem que não tem opções. Mas tem!

Se já não querem a placa, sabendo o que sabem, peçam o dinheiro de volta ou troquem-na. Devem tomar a decisão que vos dá a melhor experiência possível e se precisarem de ajuda com isso, avisem.

A Nvidia oferece-se para corrigir a situação devolvendo o dinheiro. Mas apenas depois de a mesma ter sido exposta e detectada pois se tal não acontecesse a empresa pura e simplesmente nunca iria revelar estas diferenças. Aliás a admissão do erro não foi a primeira reacção da Nvidia: Essa passou por alegar que a imprensa é que tinha percebido mal a arquitectura das placas, passando assim a responsabilidade para terceiros.

Agora, como seria de esperar, com a situação divulgada, faz controlo de danos. Algo que a AMD aproveita para as suas publicidades. Afinal na AMD 4 GB ainda são 4 GB.

Mas o mais engraçado é que o que a Nvidia tão gentilmente se propõem fazer, o devolver do dinheiro a quem comprou a placa, é apenas o que a legislação da maior parte dos países obriga a que seja feito em caso de publicidade enganosa. Daí que não se pense que a Nvidia está a fazer um favor a alguém! E caso algum utilizador leva a Nvidia a tribunal por publicidade enganosa, e a empresa venha a ser condenada, estas placas podem mesmo sair do mercado.

R9-4GB

Numa nota paralela, alguem fez um sketch de humor com esta situação. E nele diz-se tantas verdades que achei que não o devia deixar de colocar aqui:


NOTA: Como curiosidade, no seu website, a Nvidia não fornece estes dados para estas placas, escondendo assim esta realidade.

Publicidade

Posts Relacionados