Nvidia mostra que o poder de um GPU pode surpreender muita gente.

Curiosamente numa altura em que a Microsoft se propõem fazer algo do género com a sua Cloud, a Nvidia mostra o que um GPU pode fazer. Os resultados são surpreendentes, mas o pouco processamento do GPGPU que é necessário, é ainda mais!

turf

Recentemente fizemos aqui um artigo sobre as aplicações possíveis da Cloud. E mostramos uma imagem de um conceito que a Microsoft está a desenvolver para eventual aplicação futura na sua Xbox One.

Foi por isso com extrema curiosidade que li o artigo que referia que a Nvidia tinha criado uma tecnologia que fazia o mesmo, mas tudo calculado pelas suas placas gráficas, usando a sua capacidade de processamento genérica.



O resultado pode ser visto na foto de topo, bem como no vídeo que se segue, e como facilmente se percebe, supera em bastante o pouco que foi visto no conceito mostrado pela Microsoft.


A tecnologia denominada de TurfEffects possui a capacidade de render ambientes com relvados com interacção física. Ou seja, não só parece real, como interage de forma realista com os objectos e entre si.

O realismo obtido deve-se à precisão usada na geometria. Cada folha é 3D e possui 3 triângulos, podendo atingir os 100 se necessário. E cada folha é única criando sombra sobre si própria e as outras. O efeito final é mega realista.

Seria assim de se pensar que este TurfEffects precisa de um poder de processamento elevado. Mas aí é que reside a surpresa! A Microsoft usa a Cloud para este processamento, mas a Nvidia refere que com uma GTX 680 com dois anos consegue render 1 milhão de folhas de relva usando apenas 1 milisegundo de processamento. IMPRESSIONANTE!

Este tipo de tecnologia está a nascer. O uso do GPGPU é o futuro, e as tecnologias que tiram partido dele estão a aparecer. E mostram que com um GPGPU um pouco mais potente se pode substituir facilmente um investimento bem maior como o que a Microsoft está a fazer com a Cloud.



Posts Relacionados