O navio mais avançado da marinha Americana usa processadores Intel e Linux

Sabias que o navio mais avançado da marinha americana usa o mesmo tipo de processadores e sistemas operativos que tu podes usar em casa.

zumwalt

Após décadas a apostar em mega navios porta aviões, a Marinha Americana decidiu agora apostar em forças de intervenção mais pequenas e flexiveis. E é nesse sentido que surge o USS Zumwalt um navio de alta tecnologia gerido por Linux.

O USS Zumwalt é o primeiro navio da sua classe de barcos destruidores de misseis guiados, sendo igualmente pioneiro em muitas mais situações.

Para começar o navio foi construído a pensar em ser furtivo e ter grande poder de fogo, sendo fácil de gerir e manter com electrónica de topo. Os servidores do navio são IBM com o Red Hat (Linux), guardadas em caixas reforçadas no interior do navio. Cada uma dessas caixas é resistente ao choque, vibração e mesmo a impulsos electromagnéticos (EMP), sendo arrefecidos a água, sendo assim  o Datacenter mais seguro e armado do mundo.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

O sistema de ecrãs do Zumwalt é constituído por workstations de 3 ecrãs cada, a correr em processadores Intel Xeon em máquinas virtuais com LynxOS.

zumwalt2

A nível de armamento o USS ZUmwalk possui um sistema denominado de Advanced Gun System  usando como projecteis rockets de 155m.

O navio custou 3.45 mil milhões… Mas ao menos o Linux é de borla.

Publicidade

Posts Relacionados