O que muda da 7970 para a R9 280X?

Como já tinha sido referido anteriormente, a R9 280X é na realidade uma Radeon 7970 com ligeiras alterações. Sabe o que muda exactamente.

A Radeon R9 280X possui mais em comum com a Radeon 7970 do que se possa crer, sendo que a maioria da gama R9 é um repescar destas placas da série 7xxx.

A XFX foi das primeiras marcas a fazer a passagem e eis o que mudou:

– O sistema de arrefecimento é aparentememte novo, mas o mesmo tapa completamente a placa não deixando ver se há alterações na board.
– O sistema de voltagens da placa está desbloqueado.
– A memória passa de 6 Ghz para 6,4 Ghz
– O GPU deverá passar o 1 Ghz (mas ainda não é possível confirmar-se isso).



De resto tudo se mantêm: 2048 Shader Pipelines, 128 TMU’s e 32 ROPS e 32 CU num interface de 384 bits.

Comparativamente as placas gráficas da PS4 e Xbox One, derivadas da mesma família, possuem respectivamente: 1152 e 768 shader pipelines, 72 e 48 TMUs, 32 e 16 ROPS. O interface da PS4 é 256 Bits, e o da Xbox one é um misto entre um de 256 Bits e um de 1024 bits para acesso à ESRAM.

Sendo estas placas da mesma família será que as optimizações feitas nas consolas não lhes permitirão igualmente ser classificadas como da série R9 2xx?

 



Posts Relacionados