One Plus 5 foi montado… ao contrário?

São já dois problemas com o telefone que demonstram que as coisas para o lado da OnePlus andam todas de pernas para o ar.

A One Plus tem andado nas bocas do mundo, mas não necessariamente pelos melhores motivos. E quando se pretende fazer um telefone que concorre com os de topo, alcançando os exigentes utilizadores de topo, é bom que muitas destas situações não aconteçam.

A primeira situação polémica com o smartphone foi o seu design, que explicações e desculpas à parte, é uma cópia do design do iPhone 7.

Depois foi a polémica com os benchmarks aldrabados com o smartphone a revelar possuir linhas de código que faziam overclocks nos benchmarks para se conseguir colocar acima dos topos de gama mais caros da concorrência.

E agora são duas novas polémicas… que parecem mostrar que na OnePlus “anda tudo de pernas para o ar”.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

O efeito gelatina no ecrã

O efeito gelatina é algo difícil de explicar, mas algo que facilmente se percebe visualizando.

Basicamente, como poderão ver no vídeo que se segue, ao se fazer scroll o conteúdo nas suas extremidades sofre um efeito ondulado. E é este efeito que se compara à gelatina. Eis um video!

O que causa este efeito?

Bem, após alguma análise surgiu uma teoria que agora se comprovou após análise ao código do smartphone e que encontrou uma rotina que inverte o ecrã 180 graus, que não está presente em mais nenhum smartphone da marca. Este código quando inserido num OnePlus 3T resultou num ecrã invertido.

Basicamente o que se passa é que a o ecrã do One Plus foi… montado ao contrário. Invertido! Com a parte de baixo para cima e a de cima para baixo, obrigando assim a inverter-se a imagem.

Porque se montou então o ecrã ao contrário? Algo que se percebe vendo a imagem de baixo!

oneplus 5 - ecra - pplware

Publicidade

Retomando o nosso artigo

A câmara dupla, que ocupa mais espaço que a simples, foi colocada no topo, juntamente com antenas. Assim a motherboard terá sido movida para baixo, e de forma a tornar mais simples e directa a ligação do cabo ao ecrã, o mesmo inverteu-se!

O efeito gelatina é assim uma consequência dessa inversão.

A Oneplus refere que a situação pode ser resolvida por software, algo que teremos de esperar para ver.

Audio nos canais errados

Um novo problema com o OnePlus 5 é a reprodução do audio nos canais errados

Acontece que na gravação video em modo “landscape” com o jack para o lado direito, o telefone capta o som nos canais errados, o que faz com que o que seja captado na esquerda reproduza na direita e vice versa.

O video mostra o problema a acontecer, e aconselhamos o uso de colunas stereo ou preferencialmente, headphones.

Basicamente o problema é que a OnePlus não invertiu o output dos microfones stereo, o que o torna dependente da orientação do smartphones. Um problema que, aparentemente, e segundo relatos, o OnePlus 3T tambem tem.

A solução, para já, é a gravação video com o jack de 3,5mm colocado à esquerda.

Conclusões:

Problemas de hardware são situações a que ninguém pode ficar alheio. Situações de problemas de software que não sejam constantes, tambem podem passar. Mas neste caso estamos perante duas situações que nos parecem que deveriam ter sido detetadas numa fase de controlo de qualidade.

No entanto convêm não esquecer que este é um smartphone vendido com baixas margens de lucro, e de fabrico chinês. E quando mais a marca pretender colocar, mantendo preços baixos, mais terá de cortar em algum sitio.

Mas no global, mesmo com estes problemas, o OnePlus 5 é um smartphone muito compensador na relação qualidade preço, e caso estes problemas possam ser resolvidos por software… serão apenas uma nota de rodapé dentro de algum tempo.

 

Publicidade

Posts Relacionados