Os smartphones estão cada vez mais caros? Pudera, as royalties já igualam os custos de fabrico.

Um estudo recentemente realizado revela que os custos associados ao pagamento de direitos pelo uso de patentes estão neste momento basicamente iguais ao custo de  fabrico dos mesmos.

royalties

As patentes são algo que me choca. Sinceramente acho-as justas e correctas, e uma defesa dos direitos de quem efectivamente inventa. No entanto há algo de errado com a forma como elas são implementadas que tem dado processos e mais processos em tribunal, e pagamentos de royalties a custos que com o evoluir da tecnologia, e consequente acumular de patentes, começam a ser demasiadamente elevados.

A prova-lo está um estudo realizado por dois advogados que lidam com questões de propriedade intelectual da firma WilmerHale e que dá a entender que as royalties que as pequenas empresas necessitam de pagar às grandes que possuem a grande quantidade de patentes, está a atingir custos semelhantes aos de fabrico.O que significa que o actual sistema não é sustentável.

O estudo não se focou em nenhum smartphone, mas sim em royalties e sustos de fabrico conhecidas publicamente aplicados a um smartphone hipotético vendido a 400 dólares.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

E nesse telefone, dos 400 dólares, as royalties atingiriam os 120 dólares, com os custos de fabrico a rondarem os 120 a 150 dólares.

A esta canibalização das royalties escapam os smartphones Apple e Samsung devido às patentes que estas empresas possuem.

E curiosamente não é preciso um génio para perceber que actualmente qualquer smartphonezeco é caro. Aliás a compra da Motorola pela Google foi basicamente para a aquisição das patentes, com a motorola a ser depois vendida à Lenovo, já sem as patentes, a um preço bastante baixo.

Publicidade

Posts Relacionados