OUCH: PES 2014 será 1080p 60 fps na PS4. Xbox One corre a 720p 60 fps… tal como a Playstation 3 e Xbox 360.

As limitações da Xbox One vem de novo à baila. Desta vez com mais uns 720p. O pior é que neste jogo 720p 60 fps é o mesmo que é conseguido… na geração anterior, com qualidade semelhante.

Independentemente de razões, não há como negar. A Xbox One tem problemas com a dimensão da sua ESRAM, e seja por culpa de A ou de B, quem sofre é quem a compra. E essa é a realidade das coisas! E agora o pior confirma-se: PES 2015 correrá a 720p 60 fps na Xbox One. Exactamente a mesma resolução e fotogramas da anterior geração.

A confirmação é dada oficialmente pela Konami Japão, que indica no seu website a seguinte tabela:

PES

PES 2015 promete ser o melhor PES de sempre, e poderá mesmo ser o renascer da série que foi durante anos e anos considerada o melhor simulador de futebol. No entanto, tal não o será certamente para os jogadores Xbox One, pois esses possuem bastante do que se queixar uma vez que o jogo para eles correrá à mesma resolução e com o mesmo número de fotogramas que na versão Playstation 3 (e apesar de não indicado, na Xbox 360).

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Naturalmente a versão Xbox One possui texturas melhoradas, ao nível da Playstation 4. Mas convenhamos que este não é o jogo onde essa situação seja verdadeiramente uma diferença notória face à geração anterior, uma vez que 90% do tempo a câmara encontra-se a longa distância dos jogadores e sem captar pormenores de maior, sendo que nesses casos a resolução acaba por fazer maior diferença do que as texturas. Mas mais ainda, sendo PES um jogo de mundo fechado, com a maior parte das texturas repetidas (relvado, equipamentos, etc), as diferenças entre 512 Mb e 8 GB não são assim tão notórias como em outros casos.

O video que se segue mostra as diferenças entre a versão PS4 e a versão PS3 do jogo, sendo que o que chama mais à atenção é uma suposta diferença na qualidade da textura do relvado onde as diferentes tonalidades da relva são mais visíveis na nova geração devido a uma menor compressão.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Tudo o resto será basicamente igual, sendo que não haverá verdadeira grande distinção entre a versão Xbox One e as consolas de anterior geração. Pelo menos não o ponto de justificar adquirir a nova consola.

O jogo usa o Fox Engine, um motor que já revelou adaptar-se mal à realidade da Xbox One em Metal Gear Solid, ao ser bastante intensivo no uso de “defered rendering”, requerendo assim bastante memória video. Mas independentemente de tal, sempre que esperou que, um ano volvido sobre o lançamento da consola, e sendo PES um jogo pouco exigente, a equipa tivesse contornado o problema. Não o fez!

E agora, independentemente de quem se possa atribuir culpas, PES 2015 sofre na Xbox One. E PES vende consolas… há fanáticos pelo jogo e mesmo quem tenha consolas só para jogar PES! Daí que há que questionar se em vez de a Microsoft gastar milhões em Minecraft não teria feito melhor em gastar alguns milhares e mandar uma equipa para o Japão para ajudar a trabalhar no motor deste jogo.

Vejamos o jogo nos diversos sistemas (de notar que as versões PS3 e Xbox 360 estão a correr a 720p nativos, ao passo que a Xbox One está a 1080p re-escalados dos 720p. A PS4 está a 1080p nativos):

Versão comparativa PS4, PS3


 

Versão PS4


 

Versão PS3


 

Versão Xbox One


Versão Xbox 360


Publicidade

Posts Relacionados