Pathtracing rendering… O futuro dos videojogos que não é ainda acessível hoje.

Se já ouviste falar de ray tracing, o pathtracing é uma alternativa ao mesmo, sendo que os dois métodos só serão relativamente comuns daqui a cerca de uma década ou duas, e garantem uma iluminação global com uma qualidade foto realista.

Se já viste aquilo que de melhor se faz a nível de imagens produzidas em computador saberás que tudo é calculado usando metodologias de ray tracing. Estas metodologias calculam os raios de luz, a sua refração nos materiais de acordo com as suas propriedades, e criam assim efeitos de iluminação global o mais semelhante à realidade possível.

Estas metodologias de rendering são o futuro, mas no entanto são demasiadamente exigentes a nível de processamento para se pode usar as mesmas nos dias que correm.

Isso não impede que atualmente, usando um dos melhores GPUs do mercado, a Nvidia Titan XP, se consiga já fazer algo com ele. Infelizmente pelas exigências da metodologia o método não pode ser usado em jogos atuais, tendo de se ficar por um jogo de 1997 (com 20 anos), neste caso o Quake 2.

Infelizmente, mesmo o Quake 2 é demasiadamente puxado para esta metodologia (pura e simplesmente não há atualmente GPUs capazes), e isso quer dizer que as amostras de luz calculadas por pixel são reduzidas, e não contam com todos os efeitos de luz que poderiam ter. Consequentemente, há que se trabalhar com menos qualidade, e o resultado é algum grão na imagem que não haveria normalmente.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

A metodologia de Path Tracing foi criada por Edd Biddulph, e apesar de todas estas cedências, mostra já alguns resultados muito bons, com o jogo a demonstrar uns visuais que nunca teve (não se iludam, continua a ser um jogo de 1997).

Seja como for, como prova de conceito e uma amostra muito simples do que os jogos poderão um dia melhorar com esta metodologia, fica o video de Quake 2 no qual chamamos a atenção para os brilhos e reflexos dos materais.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (4)

  1. Achei realmente muito impressionante para um jogo de 20 anos.😱

    • O que lá está a nível de reflexos não difere e até é pior do que os melhores jogos atuais fazem.
      A diferença é que é feito usando reflexos reais e não aldrabices e simplificações.
      O hardware atual não permite ainda metodologia, mas um dia, quando isso puder ser feito, será certamente usado pois o realismo virá ao de cima!

      • Mario, este com ctz é o futuro, será que demoraremos realmente 20 anos para ter um salto deste?

        • Demoramos… atualmente o que os computadores fazem é uma simplificação da realidade. Esta metodologia calcula a luz de forma realista, com todos os raios a serem calculados e refletidos conforme na vida real. Neste momento não é possível fazer-se isso, mas quando for, o foto realismo será uma banalidade.

Os comentarios estao fechados.