Phil Spencer: Jogos Windows 10 irão para a Xbox

xboxone-kinectic

Phil Spencer acima de tudo é capaz de reconhecer o que acha ser bom e interessante de se trazer para o produto que representa. E nesse sentido apresenta novidades e revelações.

Phil Spencer mudou a face da Xbox One graças a uma realidade. É uma pessoa que acima de tudo é gamer e ao contrário de muitos outros que se auto intitulam de gamers mas que só conseguem ver qualidades em um dos produto, ele sabe reconhecer o valor e qualidade dos jogos, mesmo que sejam da concorrência. É nesse sentido que tudo o que fez até hoje pela Xbox foi positivo! Agora traz-nos mais revelações nos seus planos de tornar a Xbox One em algo melhor.

Acima de tudo, ninguém duvide que a política por detrás da criação de uma plataforma Xbox que envolve o PC foi criada com o intuito de tornar a Xbox One melhor do que aquilo que é, independentemente de tal se revelar um sucesso ou não. E somente a Microsoft possui total conhecimento das medidas que pretende implementar pelo que só ela terá total consciência das probabilidades de sucesso das suas medidas.

Aliás, como já referimos anteriormente, há factores positivos claros nesse tipo de atuação, e um deles é a possível vinda de jogos do PC para a consola. Algo que Phil Spencer acaba de confirmar como uma das pretensões da Microsoft.

Quando questionado sobre qual o jogo pelo qual Phil Spencer mais anseia para 2015, a resposta foi não só a mais honesta, como tambem a mais correta.

A resposta à questão foi o novo Gears, um jogo pelo qual Phil Spencer já tinha mostrado admiração. Há ainda referência a The Division, e à qualidade da história de Quantum Break.

O que se calhar ninguém esperava ver ali no meio era uma referência a Uncharted 4. Curiosamente Phil refere mesmo que acredita que muitas pessoas o vão bloquear pela sua referência, mostrando que conhece o mercado e o seu fanatismo exacerbado!

O que há que perceber-se aqui é que a honestidade é o que torna Phil Spencer na pessoa ideal para este tipo de posição. Acima de tudo, não há que só ver defeitos nos produtos dos outros, mas sim ver e reconhecer as suas qualidades. Só dessa forma se pode esperar conseguir fazer igual ou melhor.

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (51)

  1. Eu sabia!!!rsrs

    • A minha ideia é a de sempre e não é o texto que escrevi em cima que a muda.
      A diferença entre um gato e um leão é que o gato deixa colocar a mão, e o leão não! Quando o leão deixa colocar a mão… já não é um leão, mas apenas um gato grande!
      Daí para a frente, cada qual pense o que quiser.
      Pessoalmente gostaria mais que a Microsoft viesse dizer que lançaria uma consola mais potente que manteria a retro-compatibilidade em períodos mais curtos do que esta situação de upgrades de hardware opcionais e que só vejo como fragmentadora do mercado. Algo comum nos PCs… não nas consolas!

      • Consola com upgrade de hardware = PC.

        Não há outra forma, nem há outro nome.

        Isto não é reinventar a roda, é transformá-la noutra coisa.

        Se isso for verdade (pensei que o prazo terminaria dia 4?), confirma as minhas suspeitas quanto aos planos da Microsoft para a consola. A geração para a ONE acaba mais cedo.

        E para a PS4, vai depender da vontade do mercado.

      • Interessante essa metáfora do gato e do leão, não conhecia, mas coube como uma luva.

        Agora ficou tudo mais nebuloso ainda, se os rumores se confirmarem e final do ano sair uma X-Box Two, as coisas vão ficar muitos esquisitas, a questão gráfica com relação ao PS 4 cai por terra. Mas ai a X-box também deixa de ser um console como os conhecemos, ou vai dar muito certo, ou o leão vai arrancar o braço inteiro.

        • Ah o final do ano é data hipotética que eu coloquei, tudo hipotético, vai que não sai nada.

          • Saberemos antes do final do ano, mais precisamente na E3. Lembram dias atrás de uma notícia de um Xbox One mais potente? Pois é agora é quase como certo.

            Sobre essa situação da MS só há 2 respostas: Ou ela se dá muito bem com as MS machines(visto que ainda não vi o sucesso das Steam machines) ou ela se &%$@# de vez e volta para o padrão antigo.

            O engraçado é ver alguns escreverem que pode sair para PC, sou consolista, e agora com a notícia de um possível Xbox configurável( que vai ser um PC baixo custo) ficam fazendo festa.

      • Já vi isso mais longe de acontecer!
        Agora a coisa é seria!!!!
        Quando dizem que os jogos que iram ser lançados na xbone seram lançados no Windows 10 e vice-versa, o passo seguinte é fazer o que o Phill disse!
        E sinceramente, para “eles” não há preocupacoes em definir gerações de consolas!
        Lançam uma nova de 2 em 2 anos, e ponto final!
        Devem tentar fazer algo como steam machines, mas no contexto xbone…
        Mas mais restritivo!
        E não tem problemas com a base de utilizadores…
        Como a plataforma Windows 10 estará incluída(e supostamente a versão da xbone mais antiga, deverá dar para jogar durante uns bons tempos os jogos da nova versão, podendo haver diferenciação na resolução e Fps)
        A questão é se cada versão já irá ter a versão “melhorada”, ou se irá ter a versão xbone mais antiga predefinida e teremos que alterar….

        Agora o pessoal diz…
        A e tal, se eu tiver um bom Pc não vou comprar a xbone!
        Certo….
        Mas imaginamos que há pessoal que tenha um pc mediano, e sai uma xbone por 500€ com uma gtx 780(exemplo)
        Passa a ser uma boa escolha, e deverá dar para jogar jogos durante um bom tempo!
        Mas estou curioso para ver!

        • Alexandre. Se sair uma consola ou tiveres de trocar o CPU ou a gráfica a cada dois anos terás de investir como num PC. E não é para isso que as pessoas compram uma consola. Todos sabem que daqui a uns anos a consola está obsoleta. Todos sabem que o PC é superior. Mas as consolas vendem. E vendem porque garantem um suporte sem necessidade de investimento ao contrário do PC.
          Vamos convir, não gosto de falar disso, mas torna-se necessário.
          Um PC pode ser bem mais barato que a One. Basta piratear tudo. E podes faze-lo no PC.
          Mas mesmo com essa realidade e uma simplicidade de obter um jogo com um clique de borla as consolas vendem. Porque?
          A meu ver a resposta é simples. Porque mesmo com pirataria o hardware PC fica obsoleto rapidamente e nas consolas não. Associa a isso os exclusivos e elevado suporte e tens ali um produto no qual vale a pena investir.
          Uma consola evolutiva e sem exclusivos… isso é exactamente o oposto de quem aposta nas consolas quer.
          Não é que ser um PC seja algo de mau… um PC é algo de bom. Mas não é uma consola e tem conceitos bem diferentes que a meu ver são algo incompativeis com as consolas.
          Cabe à Microsoft fazer-me mudar de ideias. Agora terá primeiro é de se decidir face ao que quer pois em 2 anos já apresentou 3 conceitos diferentes para um mesmo produto. E isso soa-me a andar um pouco à deriva.

          • E não só. Porque devido a esse facto de ser tudo à borla, muitos títulos acabam por chegar tarde e mal ao PC.

            Fora o conforto que é ter uma consola.

          • Eu percebo!
            E não concordo com a decisão deles…
            É claro que depois de uma versão lançada, a outra terá menos suporte…
            Mas como dizes, a MS tem que nos convencer!
            Como fez na mudança das políticas da xbone, e até agora um “excelente suporte ” a nível de jogos para a consola!

    • Eu assim como outros afirmamos que a transferência de exclusivos do One para o PC não vai ser ruim para a MS, ela não vai perder $$ com isso.

      Com essa notícia do link vim lembrar que se ocorrerem vários modelos do Xbox, vulgo MS Machines, a MS também irá economizar na fabricação de hardware, se antes ela gastava com engenheiros eletrônicos e fábricas de hardware para desenvolver placas específicas, agora ela ganha com o licenciamento da marca para que outras empresas montem a MS Machine. Isso foi só um pensamento…

      Como dizem, empresas pensam em ganhar.

      • Concordo. A Microsoft poderá ganhar. Assim como ganharia se definisse um hardware mínimo no pc, adaptasse o interface da One para correr no PC e criasse jogos para PC. Escusava era de destruir a consola no seu conceito tradicional no processo.

  2. Pessaol queria entender o espanto ? vejo comentários como se fosse algo tao horrível isso é o futuro vamos esperar para ver o que a MS ira falar sobre isso, so o tempo dira.
    Acho D+ o fato de PC e X box estarem juntos. Lucro vem de games isso a MS ja provou ano passado quando mostrando o quanto lucrou. Cai por terra que base instalada de console ditara a regra pois steam etntre outros ja possuem um numero alto de jogadores.

  3. Penso que a boa vontade do Phill Spencer não passa disso mesmo, ele até pode achar que este novo rumo é péssimo mas tem que fazer o papel dele porque de facto quem manda não é ele, isto é uma decisão que vem de cima, isto é uma decisão do Satya Nadella, o CEO da Microsoft, o Spencer é gamer, o Nadella não.

    A visão da Microsoft é a de dominar o mercado com o auxilio do Windows 10, e estão a fazer tudo ao seu alcance para o conseguir, utilizando todas as ferramentas ao seu dispor, e a Xbox é somente isso, uma ferramenta, um meio para atingir um fim, e esse fim é o de dominar o mercado de PC e o das consolas, querem abraçar tudo e não dominam nada, e que vai sofrer com isso é a Xbox One.

    Ainda hoje foi anunciado o Forza 6 para o PC, mas em versão free-2-play, que para mim foi o pior que podiam ter feito, em primeiro lugar têm os já insatisfeitos (e com razão) detentores da XO a reclamar porque raio é que gastaram 60$ num jogo que agora tem uma versão ”free’ no PC, e porque raio é que essa versão não estará igualmente disponível na XO.
    Em segundo lugar temos o pessoal do PC a reclamar porque é que não têm a experiência completa da XO em vez deste engodo de microtransações, ou seja, querem agradar a gregos e a troianos mas não agradam a nenhum.

    Basicamente a Microsoft está a tentar fazer de outra forma aquilo que tentou fazer inicialmente na XO, fazer dos videojogos não um produto acabado mas antes um serviço onde podem lucrar além do pagamento inicial, um pouco como a Apple fez com os telemoveis, e a Microsoft já tentou no line-up inicial da XO e deu-se mal, porque a comunidade gamer quando quer é extremamente unida, fizeram o Forza 5 apinhado de microtransações e os fãs revoltaram-se obrigando a Turn 10 a reajustar a economia do jogo, com o Forza 6 prometeram que tal não se iria repetir mas de forma astuta estão a fazê-lo novamente, só que nessa coisa a que chamam de plataforma Xbox.

    Se a Microsoft acha que a malta do PC vai abraçar um futuro de microtransações (a começar pelo próprio Windows 10 que está feito de raiz para isso) mais a malta da Xbox a ver os seus jogos mais baratos no PC onde não se paga para jogar online, então está redondamente enganada.

    Acho que dia 4 vão ser revelados todos os planos da sua nova estratégia que já mudou N vezes, vai ser um fartote de rir, especialmente quando vierem os numeros do NPD.

    • A questão é: será que está MSmachine vai poder rodar alguns jogos do PC disponíveis no mercado, mesmo que nos requisitos mínimos?
      Se isto for possível, pode criar um novo nicho (PC/XBOX) e a chance de sucesso pode ser maior (apesar de desagradar muitos
      outros).

      • Yzec. O que distingue a One do PC?
        Preço, formato, funções do OS, uso exclusivo de controlador, suporte, hardware fixo, exclusivos.
        Vês mais? Posso estar a esquecer-me de algo!
        O preço é uma vantagem que deverá manter-se, mas não ao mesmo nível. Dentro de 1 ano a One poderá estar ainda mais barata que um PC , mas nessa altura, dadas as mexidas constantes de preço do mercado PC, uma máquina bem mais potente está a preços acessíveis. Ou seja, continuará mais barata mas aparecerão alternativas.
        As funções do OS podem ser colocadas no PC. A One corre Windows 10, pelo que é possível colocar, nem que seja sobre a forma de um programa, o interface e funções no PC. Tudo está apenas dependente da vontade da Microsoft pois eles já garantiram as fundações necessárias para que isto possa, caso queiram, acontecer.
        O formato é uma formalidade. Qualquer PC, mesmo que mais potente pode ser montado numa caixa com o formato da consola. Aliás a sua caixa atual nem foge muito ao conceito tradicional dos desktop pcs.
        O controlador pode ser usado no PC, e o rato e teclado estão a caminho da One.
        O suporte a nível de third partys nesta geração não falta ao PC. Poucos jogos não possuem versão PC, exceptuando os exclusivos. As first é quem sempre fez a diferença. Mas agora os jogos exclusivos da consola vão para PC. Logo o PC passa a ter igual suporte e este deixa de ser fator de distinção.
        O hardware fixo desaparece também. Um dos factores de optimização adicional desaparece com a possibilidade de upgrades que a Microsoft tem falado.
        Basicamente a XBox é um PC. Os factores que distinguem está consola de um PC nunca foram tão poucos. A única diferença está no preço! Mas sendo a One o elemento mais fraco de todo o grupo, será que justifica estarmos a falar de preço ignorando a performance?
        Sinceramente eu não vejo nicho nenhum. Porque isso seria ver nichos entre máquinas PC.
        Gosto de esclarecer que isto até pode ser muito bom. Pode até ser o futuro. Mas vai mexer com o mercado, e a reacção não me parece que vá ser agradável. Eventualmente pode atrair outras pessoas mas as que estão no mercado consola não sei se ficarão agradadas.
        É uma questão de esperados pelos números de vendas de consolas nos próximos meses a ver o impacto que isto tem, pois a minha opinião não é lei e posso estar enganado. Vamos ver como o mercado reage, mas avaliando pelo que já foi feito no passado neste sentido, e os resultados que teve, não me parece que resulte. Nem do lado da consola que não quer ser PC, nem do lado do PC que não quer ser consola.

    • Exatamente. Penso que é nisso que estão a pensar, o modelo da Apple com o iphone e os macbooks.

      Pegar na Xbox ONE e criar um centro de entretenimento que actualiza de 2 ou 3 em 3 anos.

      Pior, a Sony também pareceu inclinada para o mesmo, segundo palavras do Diretor da divisão UK, quando afirmou que este ciclo poderia ser mais curto e que as pessoas estavam mais àvidas por novas tecnologias.

      Mas não me parece que o façam, a não ser que a estratégia da MS seja bem sucedida (e eu espero bem que não seja)

      • Tudo leva a crer que esse ciclo é mais curto evidências são muitas. Desde a escolha da arquitetura x86, que tornará a retrocompatibilidade permanente, até a possibilidade de ter seus jogos em qualquer lugar com auxílio da nuvem.
        As steam machines não decolaram ainda mas em pouco tempo serão muito interessantes no custo benefício. Quando a Valve criou a Steam, também acharam que ela estava dando um tiro no pé. Apesar de tudo, o Gabe é visionário. Ele sabia exatamente o que seria o mercado digital no PC, e eu acho que ele sabe exatamente o que será o mercado de consoles em alguns anos. Se a Valve apostasse mais em conteúdos exclusivos do Steam OS, o aparelho seria ainda mais interessante, e isso é algo que a Microsoft tem capacidade de oferecer.
        Pessoas muito apegadas e conservadoras serão aversos à mudança, mas é inevitável. Quanto mais os anos passarem, mais fracos serão os consoles perante o hardware flexivel e cada geração será mais fraca que a anterior comparando a tecnologia da época.
        Já disse, ignorando os numeros diretos e fazendo uma conversão de realidades de cada epoca, Xbox 360 e PS3 foram 3x mais poderosos que Xbox One e PS4.
        Mesmo que a Sony não queira seguir a tendência e se mantenha fiel às raízes, haverá um momento em que ela estará muito para tras em tecnologia e ao consumidor haverá opções de ter o hardware mais básico, ou o mais avançado.
        Eu só penso que para a iniciativa ser válida, não deveria haver uma quantidade de modelos de Xbox como haverá de steam machines. Se eles desejam facilitar a vida do consumidor, apenas 3 versoes, a básica que roda o game em configurações aceitáveis e preço acessivel, a padrão com uma boa configuração, que seria as especificações recomendadas e a top para o nível ultra. Pelo menos padroniza o hardware para o consumidor comum e não faz como a Valve que ta mandando uma salada de especificações pro mercado. Isso faz com que haja diferenciação em demasia das máquinas.

        • A questão não é se a Valve estaria ou não a dar um tiro no pé…

          A questão é que as Steam Machines não são solução nenhuma nem meio termo para ninguém, são PCs e com todas as desvantagens inerentes que um PC tem, ou mais ainda porque devido às caixas, nem sei se alguns modelos podem levar upgrades.

          Mas à Valve não lhe faltam exclusivos que justifiquem a plataforma, como o tão aguardado Half-life 3 ou Portal 3. Porque é que nada foi entregue até agora? Porque a companhia mudou o foco de produtora para loja online.

          Eu já achei o produto bastante atrativo com os videos promocionais divulgados (sobretudo, ó meu deus, aquele comando) mas o problema está precisamente na caixa, e por isso não descolou.

          Fernando, nunca nenhuma geração foi vencida pela consola mais poderosa. Isso está a ocorrer agora, e ainda é preciso ver se o poder da PS4 é a principal razão para explicar esse sucesso, ou a avalanche que a MS provocou na direcção da Sony no inico, sem falar do bom nome que esta última granjeou para si própria na geração passada com os seus exclusivos variados.

          Esse será o teste para os próximos tempos.

          Mas repara, se realmente é a PS4 que leva a vantagem somente pelo poder, basta ver que as Steam Machines que oferecem uma excelente performance, são uma excelente alternativa e englobam tudo o que é necessário com a vantagem de ser em PC e com o suporte da maior loja de produtos online, falharam em descolar.

          É também por isso que eu acho que essa necessidade que referes de este ciclo ser mais curto não é verdadeira.

          Talvez o seja para a Microsoft, sobretudo para não ficar bloqueada nas asneiras que fez no planeamento da consola (embora acredite que ainda lhe falte muito tempo para ficar bloqueada).

          Mas quem decidirá isso no fim serão as pessoas. Direi mesmo mais: no que concerne a consolas, a duração de geração até deveria ser mais que 8 anos.
          E passo a explicar porquê:

          1 . As consolas não são smartphones: penso que o que está por trás do raciocínio da Microsoft e do presidente da Sony Uk (embora este estivesse a falar de um ciclo de 5/6 anos), são os smartphones. Mas os smartphones possuem um publico muito mais abrangente e são aparelhos de desgaste mais rápido. As consolas possuem um publico mais específico e fora os jogos, não há grandes razões para as comprar.

          2. O mercado funciona bem com gerações mais duradouras: O público também prefere gerações mais duradouras, e parte do sucesso desta geração é explicado por isso mesmo: repara que a PS2 esteve ativa por mais de uma década e o último jogo para ela lançado foi precisamente no inicio do mesmo ano em que a PS4 foi lançada. Repara também que nem Sony, nem Microsoft conseguiram chegar ao sucesso da PS2 (não conto com a Wii, cujo o sucesso não pode ser explicado nos termos normais, e o insussesso da Wii-U o demonstra bem), na geração passada. E repara também que nunca nenhuma geração foi tão bem recebida quanto esta. O que me leva à inevitável conclusão: é preciso criar necessidade nas pessoas e não acho que já esteja na altura.

          3. A maioria dos produtores agradecem gerações mais duradouras: Tens notado que, a não ser que se vomitem cópias de títulos todos os jogos, novos IPs e sequelas de qualidade demoram mais tempo a chegar? Não se prende só com o domínio da tecnologia – construir um jogo também se tornou um processo mais moroso, dado que é necessário criar todo um conjunto de assets com a qualidade necessária para o futuro. E a não ser que andes a desenvolver motores para cobrar por eles depois, o que te interessa é rentabilizar o que construiste e ganhar dinheiro. Depois de um período bastante mau na industria, em que muitos produtores fecharam portas, pareceu-me que agora finalmente, se iria conseguir um equilibrio – por isso sempre afirmei que esta seria a melhor geração de sempre, porque se iriam produzir excelentes jogos, com um nível visual fantástico, e sobretudo com espaço para inovar.

          4. Esta estratégia da Microsoft não vai manter a vantagem do DX12 por muito tempo: o DX12 trouxe vantagens ao PC, mas esta estrategia acabará por levar mais uma vez a que essas vantagens se percam. Porquê? Porque todas as novidades que o DX12 trouxe foram sendo desenvolvidas a geração passada… e foram precisos 8 anos para se desenvolverem estas técnicas. Se a inciativa da Microsoft for para a frente, e for um sucesso, deixa de se assistir ao desenvolvimento de novas técnicas de programação. Depois andas com GPGPUs ou nucleo de CPU por usar! E volta tudo à estaca zero (quase).

          • A Sony não ganhou nome por causa da geração passada, na verdade ela perdeu um pouco por causa da geração passada.
            Qualquer um que era um garoto nos anos 90 e adolescente no começo dos anos 2000 quando quer um console vai procurar o playstation e depois ver as alternativas.
            Vou lhe contar uma história real sobre a BGS 2015. Eu estava na fila para testar um simulador montado para correr o Forza 6. A toda hora no evento era anunciado uma promoção de consoles, jogos ou componentes de PC. A Nvidia por exemplo vendeu igual água no deserto naquele dia.
            Atrás de mim na fila, havia um rapaz com o filho. O rapaz provavelmente tendo entre 30-35 anos e o filho aproximadamente 10-11. O garoto jogou o Forza 6, ouviu sobre a promoção e pediu para o pai comprar um Xbox. A resposta do pai foi de que não compraria e se ele quisesse um video game o unico que ele compraria era o Playstation 4. O garoto, que pela idade não viveu quase nada da geração passada, perguntou ao pai por que, e a resposta foi a mais simplória e ignorante que eu poderia ouvir. “Por que playstation é melhor”.
            Quantas pessoas no mundo que pensam assim existem?
            O nome playstation é muito forte pelo que eles fizeram no passado, tanto é que isso evitou o PS3 de ser um fracasso comercial pois mesmo tendo 3 anos seguidos de conteúdo muito abaixo da concorrência, o console ainda teve vendas aceitáveis.
            O que essa geração me mostrou é que o que conta são duas coisas, a tradição da marca e depois o custo benefício. O Xbox não é tradicional, e a Microsoft errou por que achou que já estava enraizado nos consumidores como o nome Playstation quando na verdade as vendas do Xbox 360 foram parelhas por ele ter um ótimo custo benefício mas a força da marca Playstation apareceu quando a Sony baixou a bola e reduziu o preço.
            Porém pessoas insistem em dizer que os exclusivos que vendem 1 ou 2 milhões de cópias são o motivo de 60 milhões de vendas de console.

          • Sim, a Playstation é uma marca de tradição – mas essa característica não veio por acaso, foi construida.

            É preciso relembrar que a Playstation um dia, também já foi uma novidade contra marcas muito mais estabelecidas.

            Estás certo, a Sony desde a PS1, criou um nome para si própria. Mérito completamente seu.

            A PS3 devido ao preço começou mal, embora já contasse com alguma pérolas no seu catálogo nesses 3 anos que referes vazios: Heavenly Sword, Uncharted (que estabeleceu a série sendo seguido por uma sequela ainda mais estronodosa que a imortalizou), Killzone 2 (o primeiro a mostrar o potencial da consola), entre outros.

            O que quero dizer, é que nessa geração a Sony, em vez de apenas continuar o que já tinha criado desde a geração passada, estendeu as suas franquias, criando produtos inovadores, e jogos que apesar de não serem para o gosto mais comum atraem nichos – e a verdade é que não conheço consola nenhuma com tamanha variedade de estilos e tamanha obras no seus catálogo.

            E é inegável que isso influenciou em parte o sucesso da consola esta geração – é um dos 3 principais motivos de compra.

            E se dúvidas há, baste ter em consideração, que um dos bundles mais vendidos foi precisamente aquele com a trilogia Uncharted remastirizada.

        • @ Fernando

          A Sony não fica para trás… como a Microsoft não ficaria para trás.
          As pessoas sabem as desvantagens das consolas… sabem que elas ficam desatualizadas.
          Mas tambem sabem com o que podem contar. Sabem que a sua qualidade é aquela e que se manterá inalterada por muitos anos.
          É a ideia de um suporte a um hardware que garantirá suporte por longos anos apenas com a aquisição de jogos e uma garantia de suporte de terceiros e de exclusivos que levam as pessoas a comprar as consolas.
          Eu digo isto porque é isso que me leva a mim a comprar as mesmas. Seria incomportável ter uma consola Sony, uma consola Microsoft, uma consola Nintendo, um PC, um smartphone e um Tablet e andar a alimentar isto tudo com upgrades constantes.
          A compra das consolas é em parte para me ajudar a fugir a isso mesmo.
          A Microsoft acabou com isso tudo. Acaba com os exclusivos e até vem agora referir upgrades à consola. Pfff…

          O que a Microsoft quer é uma fatia do mercado de upgrades que a Apple tem com os smartphones. E nesse sentido até começou por aproximar o PC dos dispositivos moveis e deu-se mal (o metro foi um barrete, e o windows 8 vendeu mal), e o Windows nos smartphones não pegou. Agora em vez de tentar a aproximação do PC para os outros aparelhos, quer unificar tudo em sentido contrário, ou seja os aparelhos com o PC para ver se consegue pegar por aí.
          Certamente ninguém pode culpar a empresa por tentar, mas a ideia que dá é que andam às aranhas a apalpar terreno e que só se tem vindo a dar bem porque tem vindo a retroceder a tempo.
          As pessoas não se tem queixado muito pois os jogos continuam na sua consola e não vão faltar. A consola continua com o mesmo suporte de sempre e até lhes prometem mais.
          Haverá certamente quem irá adorar este mercado alargado e os upgrades. Mas tambem haverá quem não gostará. E o que está em causa não é o que existe, é a incerteza do que para aí vem!
          Eu pessoalmente não estou interessado nesse mercado. Para ele mantenho só o PC que faz o mesmo, mas melhor! E não quero pagar qualquer tipo de mensalidade para jogar nele!
          Como diz o velho ditado… em equipa que ganha não se mexe! O que existia estava muito bem, pelo menos na perspectiva de cliente. E como nunca defendo aqui as das empresas…

      • A Sony só avança se isso se reflectir nas vendas da PS4. Repara que a coisa pode ser um sucesso. Ninguém pode prever. Eu acho que não avaliando pelo passado e pelas vendas das consolas que são um sucesso acima do que se previa, mas sabendo das limitações, mas quem sou eu? O mercado é que vai ditar.

      • Só uma nota… essa atualização teria de ser na consola toda!
        Não podes mudar um CPU mantendo a largura de banda gerida pelo mesmo Northbridge. O novo CPU tem outros requisitos de memória e a memória teria de mudar tambem. Mudar a gráfica mantendo o bus definido pelo SouthBridge não é igualmente lógico. Para isso terias de ter uma motherboard mais genérica como as dos PCs, e uma fonte com margem de sobra para upgrades, e um sistema onde a possibilidade de desiquilíbrio entre os componentes são contantes, ou seja casos onde O CPU não maximiza ao mesmo tempo que o GPU e vice versa.
        As trocas aqui incluem a consola toda! Ou isso ou criar-se-ia um caos de configurações que impedem as optimizações.

  4. Acredito que MS esta antecipando algo que a Nitendo ira mostrar sobre o NX, nada me tira da cabeca que ela ja tenha informacoes sobre o segmento que a NT estara apostando neste novo console.
    Enfim tem a E3 e muitas novidades vamos saber lá

  5. Uma dúvida sobre os jogos XBOX/PC, a proposta é comprar uma única vez o jogo e usá-lo em qualquer sistema Windows 10, então o preço deve ser o mesmo independente da plataforma. Pensando nisso quem sofrerá com a alteração de preço? O preço ficará na média de jogos para PC (resultando em preço menor p/ quem tem o One) ou os preços serão a tabela do One (aumento de preço para os PC gamers)?

    • Será cross buy. Comprando para uma plataforma tens acesso à outra. Como acontece com os jogos cross buy da playstation onde comprando a versão ps 4 tens acesso à ps3 ou vita.
      No fundo, dado que os jogos PC são mais baratos, quem sofre é o PC.
      No entanto atualmente tens de comprar a versão digital da One para teres acesso á versão PC. Não compras a versão PC directamente.

      • Sim, foi o que eu disse que comprando o jogo você o jogará em qualquer plataforma W10. A minha dúvida é quem sofrerá ou será beneficiado com o preço.

        Quando começarem a vender o jogo para ser utilizado na plataforma, o preço continuará a ser uma média dos jogos para PC(beneficiando quem tem o One) ou será mais caro acompanhando a faixa de preço dos jogos do One(aumentando o preço dos jogos para quem já jogava no PC)?

        • Os jogos PC por norma são 10€ mais baratos que os Xbox. Neste caso tens de comprar a versão Xbox, ou seja os utilizadores PC terão de pagar mais.

          • Pois no Brasil a diferença é maior em alguns casos o jogo de console chega a ser o dobro do preço do PC.

            Se for acontecer isso os gamers brasileiro (PC) não irão gostar.

          • Não vão gostar disso, e nem de pagar o Live. 🙂
            Quantum Break só se vende para a Xbox One, sendo a versão PC oferecida por isso mesmo. Recomendo que se só tiveres um PC e não tiveres a consola, nem sonhes em comprar o jogo pois certamente sem Live Gold não deves poder jogar (se podes é injusto por beneficiar tremendamente o PC, e isso até pode dar azo a um jogador PC e um Xbox One dividirem o custo a meias ficando um com uma versão e outro com a outra).
            Somente quando o Live estiver disponível para o PC é que poderás comprar o jogo não para a One, mas para a plataforma!
            Se a coisa não é assim, a Microsoft anda mesmo a Nhonhar!

  6. Agora off topic:

    Sugestão de artigo!
    Mario poderia fazer um artigo sobre processadores, i3,i5, i7, acho que só existe esses 3!

    O que gostaria saber um pc ou notbook para uso pessoal, para fazer coisas, como navegar na internet, fazer trabalho de faculdade, facebook, baixar musicas e vídeo, jogar jogos bem simples tipo esses de android como fazendinha, detetive, hearthstone, magic..

    Vai ser a mesma coisa os 3 processadores, claro que um i7 é o melhor porque eu vi que é mais caro.
    Mas o que eu quero saber para fazer essas tarefas que eu citei é a mesma coisa?

    Porque o preço muda muito aqui no Brasil de um notebook que tem i3 para um que tem i7.

    Vou fazer uma comparação besta, se por uma Ferrari nas ruas de São Paulo, ela vai correr a 30 km por hora, um carro popular também porque não tem espaço para correr mais que isso.

    O que eu quero saber para fazer essas coisas que eu falei o i3 faz do mesmo jeito que um i7 faz? claro essas coisas simples

    obg

  7. Eu fui um tremendo burro Mario desculpa o Acer só pode ser retirado em uma determinada loja física que fica em outro estado!

    Não consegui ver o Notebook que você disse da Samsung não tem o link!

    E claro está ajudando demais, eu não entendo nada, sei que é chato ficar respondendo isso, mas realmente esta ajudando muito, nunca que eu iria saber que essas plaquinhas vagabunda iria suporta o Directx 12!

    Tenho medo de comprar e fazer cagada!!
    Me passa o link desse que você disse da Samsung!

    Eles complicam demais demais também, g 40, g 50, g70, g 80,faz um negocio padronizado muito complicado desse jeito!!

    Prometo que vai ser o ultimo link, posso gastar até uns 2.300 mais que isso já fica bem pesado pra mim!!

    http://www.magazineluiza.com.br/notebook-lenovo-g50-intel-core-i3-4gb-1tb-windows-10-led-15-6-hdmi-bluetooth-4.0/p/2155291/in/inom/

    http://www.magazineluiza.com.br/notebook-lenovo-g40-intel-core-i5-4gb-1tb-windows-10-led-14-hdmi/p/2155295/in/inom/google/4651/?parceiro=8937&utm_source=newtraffic%2Blomadee&utm_medium=afiliados&utm_campaign=lomadee

    http://www.magazineluiza.com.br/notebook-lenovo-g40-intel-core-i5-4gb-1tb-windows-10-placa-de-video-2gb-hdmi/p/2152186/in/note/

    http://www.magazineluiza.com.br/notebook-lenovo-g40-intel-core-i5-4gb-1tb-windows-10-placa-de-video-2gb-hdmi/p/2152186/in/note/
    Bom qual desses você compraria, ou esse da samsung que você está falando pode ser também!!

    Se nenhum desses prestar pode ser sincero também e falar ai eu espero passar essa crise que esta no Brasil para tentar pegar um melhor!!

    È que eu tenho muito medo de comprar uma coisa que seja uma bosta por inteiro..

    muito obrigado!

  8. Mario vou ter que ficar com o mais barato mesmo, estava pensando nas coisas que preciso pagar etc, pra mim o mais barato agora é o melhor negocio infelizmente, depois coloco mais 4 gb de memoria ram, fica um not razoável para coisas diárias e jogos leves como magic, fazendinha, hearthstone!!

    Eu achei ele ainda mais barato, mas estou com medo que não seja a placa intel 5.500 como eu faço para saber quando o site não especifica, pode ser que não seja, você sabe me informar isso?

    http://www.pontofrio.com.br/Informatica/Notebook/Notebook-Lenovo-G40-80-com-Intel-Core-i3-5005U-4GB-1TB-Gravador-de-DVD-Leitor-de-Cartoes-HDMI-Wireless-Bluetooth-LED-14-e-Windows-10-6487594.html

    Esse é o qual posso comprar, e achei esse que deve ser o mesmo, e mais barato, portem não esta especificando, fico no aguardo da sua resposta, se for igual eu compro, assim, economizo, 200 reais, e posso comprar mais 4 gb de memoria!

    http://www.fnac.com.br/lenovo-g40-80-i3-5005u-4gb-1tb-w10-14/p/701124

    PS: eu preciso ter a certeza que ele vem com o intel grafica de 5.500

    obg

  9. Que droga, todo site que vejo esse modelo Notebook Lenovo G40-80 com Intel® Core™ i3-5005U, mostra que a placa é a intel 5.500 menos na Fnac onde é o lugar mais barato, lá so mostra que é Placa de Vídeo: Compartilhada que droga!

  10. Peguei esse i3 mesmo na Fnac por 1.699 espero que venha a placa 5.500 nele.
    Claro que eu queria um i5 mas ficaria muito apertado no eu orçamento.

    Aqui é um site de tecnologia, e fica situado em Portugal, a base de preço acredito que seja muito diferente, no Brasil, sem ser em shopping, se for nos grandes varejo (loja do povão) a maioria dos notebook que vai encontrar, nem i3 é, são celeron , pentium e afins, acho que nem deve mais existir isso em Portugal, já que você disse que a maioria já vem com 8gb de memoria, um celeron ai deve ser preço de pinga se existir, aqui no Brasil é notbook mais vendido.

    Aqui como já disse site de tecnologia, os Brasileiros que aqui estão a grande maioria parece ter dinheiro para gastar com isso mas não condiz com a realidade do povão…

    E não tinha mais como esperar eu tenho um acer, i5 da terceira geração, placa intel 3000, 4 gb de ram, mas ele esta antigo mais de 3 anos, a bateria esta piscando, já tem meses, só fica ligado no cabo, e mesmo assim as vezes desliga, a tela dele, preciso dar uns tapas quase sempre pq fica tudo listrado, não tinha como esperar mais para pegar um notbook melhor…

    Mas mesmo assim, esse que comprei, fazendinha, magica, hearthstone deve funcionar, e mais pra frente coloco mais 4 gb de memoria, acho que coisas do dia a dia ele vai fazer sem muita dificuldade!!

    • Por esse preço arranjei aqui a um amigo um i5 com uma 5500 e 8 GB de Ram.
      Receio que o i3 vá revelar-se curto. Um i3 de secretária acompanhado de um disco de 7200 rpms é bem melhor que um i3 de baixo consumo com um disco de 5400 rpms. E nenhum deles é verdadeiramente uma máquina, especialmente porque com 4GB rapidamente vais criar swap file para o disco que é lento e as performances vão sofrer.
      Evita por isso ao máximo instalar programas residentes. Um anti virus ligeirinho… E mais nada.

  11. Infelizmente um com essas configurações que você conseguiu para seu amigo, aqui é muito mais caro!
    Mario desculpa minha ignorancia mas todo cpu G40-80 5005U acompanha a placa de video 5.500?
    Isso é universal, sempre vai ser assim, se mudarem alguma coisa precisam mudar o nome?

    Vou dizer o que eu faço com notebook, vejo muito youtube, baixo filmes, mas coloco no pen drive e assisto na televisão, e jogo esses 3 jogos que eu disse, fazendinha, magic, hearthstone, acho que deve continuar funcionando, http://requisitosdesistema.com/juego/hearthstone-heroes-of-warcraft esta pedindo ali uma coisa até inferior!!

    Mas coo você disse é um notebook de secretaria não da para exigir nada, eu queria muito poder jogar h1z1 mas infelizmente esse já não vou poder jogar http://h1z1hu3br.blogspot.com.br/2014/06/requisitos-do-sistema.html

    Se eu por mais 4 gb de memoria, vai ajudar eu ter u desempenho melhor para as coisas simples do dia a dia?

    E os programas que eu uso são poucos, anti vírus Avira launcher gratuito, skype, firefox de navegador, vlc media player, o pacote office acho que já deve vir instalado!

  12. Mario chegou hoje meu notebook, ainda estou bastante confuso com windows 10, talvez 4 gb de memória seja bem pouco para windows 10, mais pra frente eu coloco mais!!

    Bom o que queria saber qual anti virus acha bom eu por, ele veio já instalado o McAFee por um mês, acho que depois de um mês vai pedir pra comprar..
    Deixar somente com Windows defender esta de bom tamanho?
    Bom como eu disse tem um mês com esse McAFee mas e depois?

    Tem alguns programas que é bom ter instalado, mas claro que não seja pesado, afinal é um i3 com 4 gb de memória somente!!

    Não sei que diabos que eu fiz instalei o navegador do google, agora ele não abre, quando coloco para desinstalar, que preciso terminar de desinstalar outros programas, bom firefox que é o que eu gosto esta funcionando normal..

    Um adendo agora, esse Notebook é de segunda linha, em 2014, essa mesma configuração custava 1.200 reais, hoje custa 1.800 o mesmo, ai em Portugal deve custa o que, uns 150 euros ou nem isso…

    Mas o material dele bem porcaria, o teclado parece aqueles botões de calculadora de 1,99 bem porcaria mesmo, acabamento bem fraquinho, o Acer i5 que tenho aqui, o acabamento dele é muito melhor nem se compara.
    Meu Acer já esta com 3 anos de uso, e sempre quebra, já foi a tela, cooler, bateria, agora a bateria já ta piscando pra trocar de novo, fora que ele desliga sozinho a vida útil dele já era…

    A Lenovo me decepcionou pelo acabamento mesmo em um notebook de segunda linha, usaram coisas de brinquedo…

    obg

    • Anti virus… sinceramente nem sei o que recomendar. Isso porque todos eles são pesados e não fazem verdadeiramente nada. Tenho uma maquiba sem anti virus e nunca apanhou um virus. Basta ter algum cuidado. Seja como for recomendo um anti virus, só não sei bem qual recomendar.

      • Mario já estou com um tremendo problema não sei como resolver, provavelmente vou ter que levar para assistência já!!

        Minha internet é de 10 mega, o notebook novo esta pegando menos de um mega, 0.40, não esta abrindo quase nenhuma pagina, mto menos carregando um video no youtube..

        Tenho um PC de mesa muito antigo mais de 7 anos, fiz o teste de conexão nele e deu 9 megas isso porque está longe do roteador..

        Esse notebook esta dando menos que um mega, e não tem força para abrir nada, tentei umas 10 vezes ate conseguir entrar aqui no PC Manias…

        Que droga acontecer isso, não sei se é problema no windows 10, se é no notebook em si, não sei..

        O problema que esta uma carroça, não tem como usar ele assim nem que eu queria que droga…

        • Wi-fi?
          Se sim, a qualidade do wi-fi depende do chipset usado. Leva-o para perto do router e testa. Pode haver incompatibilidade com o router, mas isso não é considerado um problema da computador.
          Pá, portateis para mim só Asus e Samsung. Eu recomendei-te um samsung do qual estarias certamente satisfeiro.
          Eu sei que há limitações financeiras, mas por vezes o barato sai caro!

Os comentarios estao fechados.