Phil Spencer: Trabalho em novos jogos First Party para a Xbox começou.

Começou? A Xbox foi lançada em 2013 e em 2017 o trabalho em novos jogos First Party começou?

Aos poucos Phil Spencer começa a cair em descrédito. Apesar de ter sido uma pessoa que nos mereceu imenso crédito quando apareceu, com um discurso bem estruturado e promessas adequadas, o passar dos anos mostra que no fundo a Xbox continua como sempre esteve… à deriva. E as promessas não cumpridas foram de tal forma uma constante que cada vez mais se torna difícil acreditar seja no que for que é dito.

Phil Spencer veio recentemente anunciar que o trabalho em novos jogos First Party para a Xbox One começou. E esta frase é triste seja lá porque perspectiva a analisemos.

Na parte boa da notícia, a acreditarmos no que Phil refere, a Xbox One vai ter novos exclusivos First Party. Mas quando se sabe que um jogo demora entre 3 a quatro anos para ser desenvolvido, vir anunciar que o trabalho nesses jogos começou… é triste!

Estamos em 2017… a Xbox One foi lançada em 2013! Como é possível que se venha dizer agora que o trabalho em novos exclusivos começou apenas agora?



A realidade é que a Xbox One praticamente não tem exclusivos desde 2016. Forza é um lançamento fixo, e esse saiu em 2017. Super Lucky’s Tale tambem foi um lançamento novo. Mas tudo o resto que saiu em 2017 e o que está previsto sair em 2018 já é conhecido desde 2016, e só não saiu um 2016 e saiu em 2017 ou vai sair em 2018 porque foram adiados. Com a excepção dos dois títulos já referidos, nada saiu ou foi anunciado de novo.

E se somente agora se iniciou o trabalho em novos jogos First Party, antes de 2020 estes não estarão cá fora… E isto a acreditar que as equipas conseguirão desenvolver os jogos sem problemas.

Mas mesmo a parte boa da notícia tem o que se lhe diga. Eis algumas declarações ao longo dos anos de Phil Spencer que nos levam a não acreditar sem reticencias nas suas palavras:

29 de Maio de 2013 – Don Mattrick e Phil Spencer – Microsoft tem mil milhões de dólares para investir em jogos exclusivos Xbox

Façam as contas… onde estão os mil milhões?

29 de Maio de 2013 – Don Mattrick e Phil Spencer – Há 15 exclusivos apenas para o primeiro ano da consola, sendo que 8 são novos IPs

A Xbox One não teve 15 exclusivos no primeiro ano. E 8 novos IPs exclusivos… Muito menos!

25 de Novembro de 2013 – Phil Spencer – A Xbox terá exclusivos do Japão que serão revelados para o ano!

Exclusivos Japoneses… Scalebound? Foi cancelado!



3 de Abril de 2014 – Phil Spencer – Fala de novos estúdios First Party desconhecidos

Lift London e outros desconhecidos… O que fizeram até hoje? Jogaram às cartas? Porque não ouvi falar de mais estúdios nenhuns e mesmo esse Lift London…

20 de Agosto de 2014 – Phil Spencer – Os exclusivos podem ajudar a Xbox e a Playstation a crescer.

A Microsoft fez um desinvestimento nos exclusivos. 2017 é, estatisticamente, o pior ano de sempre da consola a nível de suporte de exclusivos. De resto os exclusivos efectivamente ajudaram a Playstation a crescer.

24 de Novembro de 2014 – Phil Spencer – A promessa que RPGs Japoneses aparecerão na consola continua.

Phil fala no plural! Mas para além de Dark Souls 3, que não é exclusivo, não estou a ver mais nada.

13 de Julho de 2015 – Phil Spencer – A minha estratégia é mais centrada nos nossos Franchisings First Party, e investir em Franchisings que possuimos, e provavelmente menos em conteúdo de terceiros.

Uma estratégia que se revelou fraca. Os exclusivos lançados pela Microsoft foram apoiados nos mesmos Franchisings de sempre (Halo, Forza, Gears), e praticamente exclusivamente nesses.

4 de Agosto de 2015 – Phil Spencer –  Quando questionado sobre a forma como a Sony criava e comprava exclusivos, e a Microsoft não, Phil responde: Estamos a tomar a decisão conscienciosa de nos focar nos nossos jogos First Party.

Pois… Todos conhecemos o atual estado dos jogos First Party da Microsoft.

14 de Agosto de 2015 – Phil Spencer – A Nintendo inspira-me quando o assunto é jogos First Party

Perante o estado actual das exclusividades Xbox, pelos vistos não inspira assim tanto!

Convenhamos que estar desde 2013 a ouvir falar em First Party, em investimento First Party, em novos Ips, em novas equipas, e não ver nada passado quatro anos, receber agora uma notícia de que o trabalho nos Exclusivos Xbox começou é deveras desmotivador. É muita treta passada para se acreditar que desta vez é que é! E mesmo que seja, a começar agora, ter estes jogos para 2020 é um bocado tarde não?



Posts Relacionados

  Subscribe  
newest oldest
Notify of
Igor
Visitante

O que me falta é espaço no HD.😉

By-mission
Visitante

Desculpe lá mas os donos de um Xbox gostam de ser enganados, são como sadomasoquistas, há um prazer nisso que simplesmente não consigo entender…

Quando em 2013, desde o início impunham um DRM de tao maneira que irias pedir permissão para emprestar um jogo, os fãs viram o futuro…

Quando transformaram o kinect em um peso de papel de 100,00 dólares, ninguém reclamou… Quem não está satisfeito em perder 100,00

Depois tens a nuvem… Meu Deus a nuvem, 2018 está aí gente, quantos consoles não foram vendidos na incrível promessa de quadruplicar a potência da One… Lembro que em 2015, vídeos e mais vídeos de Halo a rodar em um celular… Imagine o que faria na One e nada de chuva.

Direct XII, o segundo GPU etc etc etc…

Mas tudo está bem, tudo normal para os fãs…

Chegamos em 2017′ quando este senhor falava em “o maior line up da história do Xbox” e…

Aqui até os fãs mais ferrenhos abrem os olhos e críticam a situação, mas lá está, são traidores mentirosos…

E é isto que virou comunidade Xbox (sim a maioria é assim). Se te dizem a verdade com fatos, és um fanboy do outro sistema…
Mas se te empurram mentiras e mais mentiras és um herói…

nETTo
Visitante

Esqueceste do “TRUE 4K”, “4K sem compromissos”, “Feel true Power”, “4K Nativos”

Andrio
Visitante

Pior que se você for mostrar isso aos users do xbox vão falar:

-Tenho muitos jogos, me falta tempo e espaço no HD(Jogos do 360) é ruim? não! Porém se vc for uma pessoa que teve um 360 na geração passada vc jogou a maioria dos jogos da retro)

-Ah, mas jogos exclusivos não vendem console…. etc…

Daí quando sai um Halo, Gears ou Forza ficam felizes….

Carlos Zidane
Visitante

Se começarem agora talvez pro próximo Xbox tenham alguma coisa.

O One marcou uma época de fracasso que só não é admitido por alguns trolls que fingem ser fãs pra criar a ondinha deles lá e por fãs do 360, porquê compraram um One pra jogar jogos de Xbox 360.

Por mim vendia logo a marca Xbox pra alguém que saiba o que fazer, pois assim como o Windows Phone o One também se vai encaminhando pra um possivel abandono, porquê pra mim já está abandonado. É basicamente um PC limitado a alguns jogos a 30 fps ou menos.

João Magalhães
Visitante

Nunca é tarde!

Sabemos que criar estúdios e novas ips é um projeto de longo prazo.

Então é bom que realmente tenha um planejamento real,porque pelo menos já podem começar a criar as bases para a próxima geração.

Igor
Visitante

Segundo alguns analistas aqui, está claro que a Microsoft e o Xbox estão falindo.

Pois é, a Microsoft se tornou a terceira marca mais valiosa do mundo não sabendo o que faz.

Não foi à toa que descreveram o Xbox One X como sendo um monstro, ele está mexendo com o psicológico de muitos.

Brunoab
Visitante

vale muito, sentada em cima de dois monopolios, office e windows.

e agora vende office com one drive de brinde, e lança no balanço que é One drive com office de brinde para dizer “mudamos para a nuvem, e não estavamos sentados em dois monopolios a 20 anos”

pq tirando office e windows, não sobra nada lá que não tenha sido a vergonha frente a concorrência.

-bing, humilhado pelo Google
-xbox, humilhada pela Nintendo falida e sony vendendo prédios.
windows phone, so não foi humilhado pela black berry.

e por ai vai…

eduard08
Visitante

pela Nintendo falida?
para tua informação um estudo levado pela revista japonesa de finanças Tokyo Keizai, sobre as empresas mais ricas do Japão, constatou que a Nintendo esta no topo da lista das mais poderosas do país (que também conta com as gigantes Sony, Toyota, Suzuki, Honda e Subaru). Ao todo, 500 empresas foram analisadas

para comparares a Nintendo (1 classificada) acumula 946 bilhões de Ienes enquanto que a Sony acumula 824 bilhões de Ienes (4 classificada)

Vitor Calado
Visitante

meu amigo, é bom ter dinheiro em caixa, mas se for demasiado já não é assim tão bom, pois o dinheiro em circulação é que traz dividendos, ser primeira classificada no dinheiro acumulado não é um factor positivo para nenhuma empresa, é sinal que a Nitendo investe menos do que deveria, por isso no ranking das empresas mais lucrativas de 2017 aparece bastante abaixo da SONY, como dizia a minha avó: quem não arrisca não petisca

Livio
Visitante

@Eduardo08 o que o BrunoAB quis falar é que parte dos fans do Xbox tratam a Nintendo como falida e a Sony sem dinheiro, por isso o uso do “vendendo prédios” pois isso foi um acontecimento real.

Ele só quis tirar uma onda da empresa mega rica ficar atrás de uma “falida” e de outra que para não fechar “vendeu seus prédios” poucos anos atrás.

Mais atenção no sarcasmo!

nETTo
Visitante

Eu entendi isso também

Alexandre Oliveira
Visitante

A M$ tem optimos resultados porque engana e expreme a sua base de fãs, a impingir o kinectic a toda a gente 😂😂😂😂.
Faz lembrar a EA mas mais desorganizada…😂😂😂

Alexandre Oliveira
Visitante

Quando as marcas estão no topo é por 2 motivos:
Ou têm um produto muito bom ou estão a explorar alguém…
Em qual se encaixam a M$ e a EA duas marcas de topo?

Vitor Calado
Visitante

explorar alguém implica que o explorado está a ser coagido de alguma forma para dar dinheiro ao explorador…que eu saiba nem a Microsoft nem a EA obrigaram alguém a comprar os seus produtos, pelo que acredito que estejam no topo por terem produtos muito bons

bruno
Visitante

Ninguém será doido ao ponto de afirmar que a MS está a falir… agora tendo em conta estas declarações do Phil toda gente irá questionar qual o futuro da divisão Xbox se a ONE X for um elefante branco…

Fernando Molina
Visitante

Como já mencionei algumas vezes aqui, eu gosto muito da marca Xbox, a ponto de na época que a moda era ter um PS2, eu comprei um Xbox(quase apanhei do meu irmão por isso), mas nessa geração está dificil defender a Microsoft, por isso nem vou tentar, parabéns à quem consegue essa proeza

Jefferson
Visitante

Nunca entendi como algumas coisas, pq microsoft não segurou a Remedy? pq não tenta fazer um novo fable? por que não assinar acordo de exclusividade e trazer franquias que estão congeladas há muito tempo como silent hill?

bruno
Visitante

Lucro.

Fable e QB não rendem tanto como Gears, Halo ou Forza.

O que os fanáticos que aqui escrevem não vêm (melhor, não querem admitir) é que a MS poderia ter feito pela ONE, o mesmo que a Sony fez pela PS3. Sim a consola é mais fraca que a PS4 e tem limitações no Hardware. Mas isso não a impede de entregar bons jogos. Sunset Overdrive brilhou no Hardware da ONE. Gears também está impressionante e de QB nem falemos. Com optimização a consola seria capaz de entregar boas experiências. Não há nada que a impedisse disso. Mas é necessário saber investir, ou antes, querer investir.

Diz-me não achas estranho que desde 2016 o foco da Xbox é a ONE X, e agora com a consola lançada o foco passe a ser exclusivos? Que tenham ocorrido tantos cancelamentos ao longo destes dois úlitmos anos? E que as E3 sejam sobretudo indies?

Não é preciso ser um génio para perceber que a MS está a fechar os cordões à bolsa da divisão. Nos últimos anos o financiamento foi utilizado para a ONE X, e agora com a consola lançada, e se tiver sucesso (e os indicadores mostram que pelo menos no Japão e talvez na Europa esse sucesso não chegou, mas ainda é cedo para falar nisso) verás financiamento em exclusivos.

Tiveste não há muito tempo atrás a IO Interactive e Hitman à venda. A MS mexeu-se? Não. Tiveste a THQ e as suas IPs à venda no início desta geração… A MS mexeu-se? Não. Tiveste a Airtight games a fechar (Darkvoid, Quantum Canundrum, Murdered Soul Suspect) e a MS fez alguma coisa? Não.

Em vez disso comprou Minecraft, por um balúrdio? Porquê? Porque o jogo é um sucesso, é barato de produzir e dá lucro fácil.

É esta atitude, de só procurar o lucro fácil e de procurar sempre pelo meio mais fácil que condeno e que me fez não ser cliente deles.

Bredon
Visitante

Bruno passa sua Gamertag, vamos ver se você joga, ou se somente sabe pagar de filosofo na internet, será que que é mais um que fala e não joga?
Porque autor já pegaram a gamertag dele pelo grupo do Xbox, e ele não joga nada nem os exclusivos de Xbox, logo mais vai ter vídeo no youtube galera já está fazendo, fala muito e joga pouco, alias não joga, e pode deixar gamertag trancada vídeo já foi feito.
Mais um meio de comunicação que falou muito, bostejou muito mas não joga é nada, mais um com gamertag fracassada, até os fanboys de Playstation vai dar risada.

Bruno Ribeiro
Membro

Desculpa, era suposto estar assustado?

Ao fazeres ameaças e tentares intimidar talvez seja melhor leres o texto dos comentários para evitar fazer perguntas ridículas…

Chamo a atenção para esta parte:

“É esta atitude (…) que me fez não ser cliente deles.[Microsoft]”

Portanto, não te posso fornecer gamertag porque, como já aqui afirmei milhares de milhões de vezes, não tenho nem nunca tive Xbox. Muito menos conta na live (quer dizer tenho conta na live, do meu velhinho windows phone… informo-te já que o que tenho lá, são dois free to play cujo nome não me recordo e o Kinectanimals Unleashed – que posso dizer, adorei aqueles tigres!)

Dito isto, não vejo como é que a falta de Gamertag é impedimento para eu poder dizer que Sunset, Gears 4 e QB fizeram o hardware da ONE brilhar em toda a sua força. Ou até afirmar que o hardware da mesma é mais que capaz de entregar bons jogos. Ou até mesmo constatar que as conferências da MS, nestes últimos tempos, se tem diferenciado pela ausencia de AAA exlcusivos. Ou visualizar artigos pubicados pela imprensa especializada onde se dá conta do enorme desfasamento entre o ratio consolas e vendas de software, por plataforma (indicando que a fatia que compra jogos para a ONE é muito menor que a fatia que comprou a ONE).

O que tenho é um PSN ID. Mas como escolho a dedo as pessoas com as quais troco mensagens, esse não partilho contigo nem que me pagues.

Mas se estás assim tão curioso aqui vai uma lista de jogos (altamente incompleta):

Killzone 2,3, Shadowfall;

Uncharted Golden Abyss,1,2,3,4,TLL;

The Last of Us;

Infamous 1,2,Festival of Blood, Second Son;

God of War III, Ascension;

Jak I, II, III;

Ratchet & Clank;

The Last Guardian;

Resident Evil 5,6,Umbrella Chronicles, Darkside Chronicles;

Tomb Raider Underworld, Tomb Raider (2013) e Rise of the Tomb Raider;

MotorStorm Apocalypse;

Driveclub;

Destiny;

Metal Gear Solid 4;

Vanquish;

Remember Me;

LA Noire;

Hitman Blood Money, Absolution, Hitman(2016);

Entre outros que não me lembro agora que podia estar aqui a listar infinitamente (AC, Heavy Rain, etc.), mas não mereces o trabalho.

Diz-me ó grande oráculo… que tipo de jogador sou?

Jefferson
Visitante

Uma pena isso, vejo por exemplo the last guardian, a sony lançou e é uma grande jogo apesar de todos os problemas, ela poderia ter cancelado, mas arriscou, a microsoft tem que se arriscar mais em games,

Bredon
Visitante

Comentário negado: E-mail falso
E-mail registado

MX record about gmail.com exists.
Connection succeeded to alt1.gmail-smtp-in.l.google.com SMTP.
220 mx.google.com ESMTP g9si2470933ybd.122 – gsmtp

> HELO verify-email.org
250 mx.google.com at your service

> MAIL FROM:
=250 2.1.0 OK g9si2470933ybd.122 – gsmtp

> RCPT TO:
=550-5.1.1 The email account that you tried to reach does not exist. Please try
550-5.1.1 double-checking the recipient’s email address for typos or
550-5.1.1 unnecessary spaces. Learn more at
550 5.1.1 https://support.google.com/mail/?p=NoSuchUser g9si2470933ybd.122 – gsmtp

Hennan Santos Carvalho
Visitante

Está mais do que claro que a Microsoft já desistiu do Xbox one, não é a toa que gastaram muito no marketing do no novo console. Cenário bem parecido da nintendo com o WiiU. Na minha opinião, pensando no lado econômico, até demoraram para tomar essa decisão. Cometeram muitos erros no início e fica difícil e caro correr atrás da sony nesse momento. Só espero que saia algo de positivo nessa história.

Alexandre Oliveira
Visitante

Comentário sensato,
Também gosto da marca,
Tive sempre ambas as consolas sony e M$ mas esta geração só dá Ps4.
Infelizmente, porque o mercado precisa é das 3 marcas bem vivas e com boas práticas e não de marcas sugadoras de dinheiro a qualquer custo.

Livio
Visitante

Já eu acho errado uma pessoa que propaga “conteúdo” internet afora criticar os usuários Playstation por comprar o mesmo jogo x vezes (remaster/remake) sendo que comprou o 360, nesta geração foi de one base, mudou para o slim e agora tem o XOX para jogar os mesmos jogos desde a época do 360, sim porque alguns destes que dizem ter o HD lotado de jogos(não estou falando de você Igor) não estão mentindo, mas são jogos antigos concedidos(sim pq o jogo não é seu) através do EA Access e do Game Pass.

Aí o que é pior? Comprar um jogo 2 ou 3 vezes, Shadow of The Colossus por exemplo, mas que cada versão o jogo está adaptado ou refeito para aquele hardware ou comprar 4 diferentes consoles para que no momento jogá-lo por não ter um novo IP?

[OFF] @Mário, percebi que ultimamente estou recebendo erros de captcha inválido ou erro 404 assim que clico em publicar comentário

José Galvão
Membro

Gostei particularmente do timeline que fizeste, mas acho que devias ter metido muito mais.

11 de Janeiro de 2017 – Phil Spencer – Microsoft continuará a correr riscos.

Pois, vão começar agora.

16 de Junho de 2017 – Phil Spencer – Não mostramos trailers para jogos que saem daqui a 2 anos.

Crackdown 3 e Cuphead mandam cumprimentos!

12 de Outubro de 2017 – Phil Spencer – Não gosta de DLC’s exclusivos.

Deve ser da azia de ter perdido o acordo com o COD, mas comprar exclusivos como Rise of the Tomb Raider já é aceitável.

9 de Novembro de 2017 – Phil Spencer – A Xbox One X é para quem percebe de videojogos.

Sem comentários…

Este tipo é só pérolas, sempre o disse e afinal tinha razão, este tipo é um mentiroso, um aldrabão, ele sabe é aquilo que a comunidade quer ouvir, tweets politicamente correctos que não passam de pólvora seca para inglês ver, só alguém muito tapado é que acredita no que este hipócrita vomita da boca para fora mas enfim, ao menos um gajo come pipocas e joga PS4 e Switch.

bruno
Visitante

Estes sem ser do Phil:

6 de Novembro de 2017 – “Eu definitivamente escuto o que os gamers mais querem. Se adoraríamos ter mais duas dúzias de de exclusivos super-fortes? Podes apostar.” Shannon Loftis, diretora na publicação de first party, próximo do lançamento da Xbox ONE X e após a MS fazer duas conferências constituídas maioritariamente por indies e Minecraft a 4k, no quesito exclusivo.

6 de Novembro de 2017 – (sobre o facto de os exclusivos como PUBG e Forza 7 também estarem a ser lançados no PC) “Sobre o Xbox Play Anywhere e o jogos estarem a ser disponibilizados no PC, pode parecer estranho mas não vejo como disponibilizar jogos em mais plataformas, para mais gamers é uma coisa má, particularmente num cenário de multijogador.”

Não consegue ver como é que a partilha do multijogador com o PC é uma coisa má?

Livio
Visitante

“Estamos em 2017… One foi lançado em 2013… Só agora falam que começaram a trabalhar em FPs….”

Phil pensa que a vida possui o mesmo botão de rewind do Forza7!

Foi só uma piada pessoal, nada de se queimarem por tal brincadeira.

Ewertom
Visitante

@Lívio eu não sei se concordo ou não com seu primeiro parágrafo.
Vejo as coisas por este lado…..Nunca tive Xbox e gostei demais do que vi.Principalmente de Halo(jogo louco)gosto do FH,que para mim é muito melhor que o Drive Club(gosto pessoal)mas acho que falta criatividade em outros pontos que espero que sejam corrigidos numa next-gen.
Vamos esperar,mas que gostei do Xbox e não acho ele em nada inferior a qualidade de alguns jogos exclusivos ao PS,mas vem de cada um.Mas uma coisa eu te digo aonde Halo estiver ali estarei.Abraços

Livio
Visitante

O primeiro parágrafo é justamente uma frase do artigo!

Você deve estar falando do outro comentário que postei, não é? Mas se for o do outro eu critico aqueles que tiveram todos os modelos Xboxs do One e pelo menos 1 do 360

Vitor Calado
Visitante

podem dizer o que quiserem, a minha vida como jogador de videogames não depende de promessas de nenhuma empresa, nem depende das opiniões que leio nos fóruns de jogos, comprei uma xbox one e uma PS4 no dia em que cada uma saiu (uma semana de diferença) e joguei muitos jogos bons, mais na xbox do que na PS4 (a xbox é o meu sistema principal e só jogo exclusivos ma PS4), agora comprei uma X e estou a gostar bastante de jogar, simultaneamente jogo algumas coisas no PC…em todas as plataformas gostei mais de uns do que de outros, mas isso faz parte dos meus gostos pessoais, o EA access abriu-me a oportunidade de experimentar jogos que eu nunca compraria, assim como o Live gold…a maioria dos jogos que gostei nesta geração foram multiplataforma, pelo que nunca mais irei comprar mais do que uma consola por geração, é ter mais olhos que barriga, até porque jogo muitas horas no PC (wow e agora destiny 2) e é um desperdício ter mais 2 consolas,

Enquanto tiver bons jogos para jogar por um preço razoável estou satisfeito e feliz…o que a MS promete, o que a Sony promete, o que a Nitendo promete, não me afecta directamente pelo que posso viver sem ter grandes desilusões nesse aspecto…nesta geração as únicas razões de queixa que tenho foram os comandos da PS4 que estragaram muito rápido apesar de eu jogar pouco e o kinect que eu fui obrigado a comprar e nunca utilizei…comparando com as milhares de horas de entretenimento de qualidade nestes anos, posso considerar que o balanço é extremamente positivo…tudo o resto para mim é apenas ruído de fundo

Vitor Calado
Visitante

os consoles que foram vendidos por a MS ter prometido quadruplicar o poder da ONE são exactamente os mesmo que deixaram de ser vendidos com esse teu comentário de alerta ao consumidor. Assim pudemos considerar que o teu comentário á falta de melhor justificativo, serviu para elucidar os iludidos e assim prevenir que sejam enganados pela publicidade enganosa da MS…e assim o equilíbrio cósmico do universo está garantido

edit: este meu comentário é em resposta ao do BY-MISSION mas saiu bastante afastado do comentário inicial

By-mission
Visitante

…😁 😁 😁…

…Eu sei que vou levar um puxão de orelha por isso…

Mas que bom que temos aqui um advogado/representante da Microsoft a desmascarar a mídia tendênciosa querendo difamar o “líder supremo” afinal, até quando te queimam os consoles estão te fazendo um favor e pensando no seu bem. Mas desculpe estar a criticar sua fonte de renda. Estes são dias complicados as pessoas andam em muitos fóruns e sites a tentar entender o que se passa quando líder supremo diz: “…eu disse, mas quis dizer, mas dizendo não quis dizer…”, tem mais reviravoltas que a novela das nove, mas que bom que temos a atenção da Microsoft nessa questão, e um acionista a nos esclarecer.

Quanto ao equilíbrio do universo que bons que estas preocupado… Ainda lhe sobra tempo a pensar nisso?

Não foi seu o coment que fizeram um bem imenso ao lhe queimaram a Xbox 360…

Mas obrigado @Vitor, por sua atenção, mande cumprimentos ao Phill e ao departamento jurídico…

bruno
Visitante

Sim, vamos aceitar a publicidade enganosa como algo natural e não criticar Vitor, é o melhor para todos.

nETTo
Visitante

Eu como consumidor de alguns produtos Microsoft como Windows e Xbox e mmesmo gostando bastante destes produtos não me vejo na obrigação de defender tudo que esta empresa faz, em cima disso eu vou deixar meu voto de confiança, acredito mesmo que o que falta pro Xbox se reerguer são os conteudos exclusivos, a Live arrebenta, o One X é um puta console, os preços nos jogos são atrativos só está faltando o conteudo exclusivo pros consoles, se o Phill disse que vai ter mais jogos e junta a isso os rumores sobre o RPG da Playground vejo um futuro promissor pra marca.

PS: Microsoft por favor, controle com bateria e não pilha na próxima geração.

Igor
Visitante

Por favor Microsoft, não faça essa besteira de tirar a opção de pilhas do controle do Xbox, opções são sempre bem vindas, e eu como a maioria esmagadora dos proprietários de Xbox nunca vimos problema nisso.

O que não quero é ficar preso a um cabo (curtíssimo por sinal) como no PS4 e ainda correr o risco de perder o controle por um eventual problema na bateria.

E se ainda há alguém que não saiba, o controle do Xbox também tem baterias que por sinal duram muito mais e o cabo do carregador é bem comprido.

Que o melhor controle continue o mesmo, porque como está, está perfeito! Que o digam os jogadores de PC que usam controles.

Fernando Molina
Visitante

Eu também prefiro do jeito que está

Netto
Visitante

Off-topic polêmico:

Mario da uma lida nesta noticia de um blog brasileiro chamado Windowclub.

“https://www.windowsclub.com.br/playerunknowns-battlegrounds-revelada-a-taxa-de-fps-no-xbox-one-x-e-xbox-one/”

The bomba foi plantada 😂

Fernando Molina
Visitante

Essa bomba nem fez estrago kkkk voltaram atrás e o jogo correrá a 30fps no S e no X

Netto
Visitante

Mais um 180 pra conta da Microsoft?

Livio
Visitante

O que não consigo entender são os comentários em defesa da MS.

Visite alguns sítios e verá “A produtora de PUBG é preguiçosa e vagabunda, não tem competência de otimizar o jogo”.

Para estes tudo que vai contra o Xbox não é culpa da MS é da produtora, ora bolas este não é um jogo apoiado pela MS? Não é um exclusivo do Xbox? O jogo deve ter o apoio de devs da MS e se não consegue os 60fps no One Slim é culpa da produtora?

A GenDesign, produtora do The Last Guardian, não é um estúdio Sony, mas mesmo assim recebeu ajuda da Japan Studio, porque com o PUBG seria diferente?

Edson Nill
Visitante

Lívio será que ainda não percebeu que a própria Microsoft está usando o Xbox one s como propaganda para o one x, deixando o console no relaxo para assim divulgar a diferença técnica do one x, promovendo-a com a amostra da disparidade gráfica entre as duas.rs

Livio
Visitante

Não percebo dessa maneira, percebo como uma falta de respeito perante quem apoiou o modelo slim e principalmente quem apoiou o modelo fat que é o pior modelo da trilogia One.

Promover o X em relação ao slim eu percebo como um tipo de microtransação, nesse caso uma macro. “Quer se dar bem? Compre um X”