Politicas de utilização responsável podem ser chatas… Mas há efectivamente quem abuse

A Verizon notificou 45 clientes por uso abusivo de pacotes de internet sem limites. E diga-se que desta vez, a Verizon tem razão.

internet-bandwidth

A Verizon possui um pacote denominado de FiOS e que é para todos os efeitos um pacote sem limites de tráfego.

É um pacote que a empresa refere ser superior, e o facto de ser sem limites é um dos argumentos para tal.

No entanto, tal como todos os pacotes sem limites, o mesmo está sujeito a uma politica de utilização aceitável/responsável, e naturalmente que há que considerar a frase “sem limites” como algo a não ser interpretado literalmente.



As queixas sobre esta política de utilização são por vezes justas, particularmente quando o ISP começa a tomar medidas quando o utilizador ultrapassou limites como 50 ou 100 GB. São valores altos é certo, mas longe de poderem ser considerados uma utilização irresponsável num serviço que se denomina sem limites. Afinal estamos na era do Youtube e alta definição, sendo que com vídeos a 1080p esses são valores que podem ser atingidos sem configurar uma situação anormal .

Mas no presente caso a situação é bem diferente. Aqui a Verizon mandou 45 cartas de aviso a utilizadores que fizeram tráfegos que são considerados abusivo. E como abusivo a Verizon considera o valor de 10 Terabytes.

E sinceramente aqui temos de concordar com a Verizon. Mas quem é que descarrega 10 terabytes por mês? Há aqui certamente um abuso inaceitável e que justifica planamente a acção enérgica da Verizon.

Mas há mesmo um caso pior: Dos 45 avisados, um deles atingiu um tráfego de 77 Terabytes no período de 30 dias.

Sem querer imaginar a quantidade de informação eventualmente ilegal que por ali circulou, há que pensar que no mínimo estas pessoas estão a usar a largura de banda de forma irresponsável e prejudicando a qualidade do serviço aos restantes clientes. E a liberdade de um acaba quando prejudica a liberdade dos outros.



Posts Relacionados