Porque motivo os planetas são redondos?

Redondos, quadrados ou irregulares, tudo são formas. Então porque são os planetas redondos?

planetorder

Em tempos remotos eram comum referir-se que a terra era plana. E mais do que isso que era quadrada. Daí surgindo a expressão “conhecer os quatro cantos da terra”.

Mas vários filósofos, talvez desde os tempos de e Eratosthenes, vinham a referir que tal não era verdade e houve mesmo cálculos da circunferência do planeta, realizados no segundo século depois de Cristo, que não andavam muito longe da realidade.

Conta o mito que a ideia teria surgido da visualização de uma mosca a andar sobre um melão, e da forma como ela desaparecia do campo visual, tal como os barcos desapareciam no horizonte.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Apesar de várias teorias e mesmo provas científicas de que o planeta era redondo e que foram surgindo ao longo dos tempos,  a evidência mais directa surgiu apenas em 1967 quando o satélite TIROS-1 enviou para a terra uma foto de fraca qualidade do planeta, obtida do espaço. Desta forma, mesmo os mais sépticos não tiveram forma de duvidar: A terra é redonda.

Surge então a próxima etapa da questão: Porque motivo é redonda? E porque motivo todos os planetas são redondos?

Afinal nem todos os corpos celestes são redondos e basta vermos os asteroides para percebermos que poucos são os que são redondos. E alguns asteroides são mais antigos que muitos planetas, sendo que no espaço não há erosão. Então porque motivo são os planetas redondos?

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Bem, o que distingue os planetas dos asteroides é apenas uma coisa. A sua massa! E com uma grande massa surge algo que começa a ser notório, a gravidade!

Essa é a razão pela qual os planetas são redondos. A sua grande massa cria uma grande força de gravidade situada no centro do corpo. Assim, um corpo irregular não possui o seu centro de massa necessariamente no centro do objecto. Mas quando a massa é grande ao nível de um planeta, a força de gravidade que ali se cria vai atrair todos os pontos na sua direcção, acabando por arredondar o planeta.

Saturno, por exemplo, é talvez o planeta do sistema solar menos redondo. E apesar de ser redondo e este facto só ser visível mediante chamada de atenção, ele é efectivamente o menos redondo de todos.

Mas biliões de anos de força gravitica acabam por tornar um planeta redondo, fazendo com que o centro físico coincida com o centro da sua massa, e criando assim… uma esfera.

Esse é igualmente o motivo pelo qual cometas e asteroides não são redondos. A sua massa é pequena, e a força gravítica tambem. E assim sendo esta não consegue comprimir o comenta. E normalmente os cometas/asteroides mais redondos são os gelados, onde a pequena força gravítica mais facilmente molda o mesmo na zona mais fácil de moldar: No gelo.

Mas se é certo que a terra é redonda, a terra é uma esfera? Não! E porque? Porque há outras forças igualmente a se terem em consideração.

No caso a terra possui movimento de rotação em torno de um eixo, e esse movimento cria uma força centrifuga. Por esse motivo a distância do centro da terra à superfície do mar é maior 20 KM no equador do que é nos polos.

Esse é o motivo pelo qual Saturno e igualmente Jupiter são menos redondos. Eles giram mais depressa e como tal a diferença no seu equador é mais pronunciada.

Publicidade

Posts Relacionados