Porque motivos achamos que a notícia da Playstation 4.5 é completamente falsa

ps45

Há vários motivos que nos levam a pensar essa situação. E vamos expor todos de seguida.

Recentemente o website Kotaku anunciou que teria recebido informações obtidas a partir de vários criadores de software, de que a Sony estaria a preparar aquilo que seria uma PS4 4.5.

Muito resumidamente, e reduzindo um largo texto a algumas palavras, esta consola, possuiria um GPU melhorado e seria capaz de executar todo o tipo de operações a 4K, incluindo jogos!

A notícia foi, naturalmente, muito badalada em todos os media, bem como em diversos foruns, tornando-se no tópico do momento. Verdade? Ou mentira? Não sabemos dizer, mas no entanto temos uma opinião, e vamos explicar de seguida o porquê da mesma:

Facto 1 – Sony e Microsoft sempre planearam uma versão da consola com suporte 4K

Desde o lançamento da PS4 e da Xbox One que Sony e Microsoft nunca esconderam que teriam em estudo, mais cedo ou mais tarde, lançar uma revisão da consola com suporte 4K.  No entanto há que não confundir este suporte com suporte a jogos em 4K, pois na realidade o que estamos a falar é do suporte da leitura e reprodução do novo formato video 4K. – Fonte

Em novembro de 2013, altura em que as consolas foram lançadas, as especificações para o hardware capaz de reproduzir conteúdo com bitrates ao nível da qualidade blu-ray, em 4K, não estavam ainda definidos. Esta situação arrastou-se por 2014 e mesmo algumas TVs vendidas em inícios de 2015 e anunciadas como 4K, por esse motivo sofrerão enormes restrições na reprodução de conteúdo Ultra HD. – Fonte

O problema desses televisores, tal como o da Xbox One e PS4 é estarem equipadas com saidas HDMI 1.4c, um formato com uma largura de banda que limita em filmes a reprodução 4K, a 24 fotogramas por segundo (ver), e sem capacidade do uso do novo modelo HDR de cores. Há igualmente mais limitações nas consolas, mas para o caso, esta é suficiente para o que pretendemos.

Para uma reprodução a 4K 60 fps com a palete de cores alargada, algo previsto na norma, torna-se necessária uma saida HDMI 2.0, mas no entanto, para garantir compatibilidade com o futuro dadas as protecções que serão inseridas neste formato, e que requerem largura de banda extra, torna-se necessário um HDMI 2.2.

Apesar de tanto Xbox One como PS4 possuirem capacidade mais do que suficiente para descodificar e reproduzir o novo formato 4K, estão limitadas pela sua porta HDMI.

Resumindo, apesar de as consolas atuais poderem reproduzir conteúdo video 4K, tal será sempre com limitações, e daí que tenha sempre sido ponderada uma revisão ao hardware das consolas que permitisse suprimir esta restrição.

É nossa crença clara que a notícia do Kotaku se baseia nesta realidade, criando uma confusão tremenda e lançando boatos onde eles não existem.

Facto 2 – O Kotaku não é especializado em hardware ou especificações técnicas

Mesmo reconhecendo a qualidade do website Kotaku, há que referir uma realidade: o mesmo é gerido por entusiastas de videojogos que pouco ou nada percebem de especificações técnicas, e são poucos ou nenhuns os artigos deste website que façam qualquer referência às mesmas.

Apesar de atualmente o artigo presente no website, e que dá conta da notícia, ter sofrido alterações, o mesmo ainda agora contêm imprecisões inexplicáveis e que revelam total desconhecimento das especificações técnicas das atuais consolas ou dos formatos referidos.

O artigo original referia o seguinte (note-se as partes a negrito)

In layman’s terms, 4K resolution is around twice the pixel size of 1080p, which is the current standard for games on PlayStation 4 and competing consoles. The current PS4 can output 4K photos and videos, but cannot support 4K resolutions for games.

Vamos traduzir:

Em termos leigos, a resolução 4K é cerca de duas vezes o tamanho de pixels do 1080p, o que é o standard corrente para jogos na Playstation 4 e consolas concorrentes. A presente PS4 pode fazer o output de fotos e videos a 4K, mas não pode suportar a resolução de 4K para jogos.

Uma leitura da versão atual do texto do Kotaku verifica que o termo duas vezes foi agora trocado por quatro vezes, o que se aproxima mais da verdade e que aconteceu porque tal foi alertado nos comentários. No entanto mesmo com a correção há imprecisões.

O formato Ultra HD não corresponde a 4K reais, ou  4096 x 2160 pixels. Isso quer dizer que as TVs Ultra HD que se anunciam a 4K usam uma contagem de pixels ligeiramente inferior de 3840 x 2160 pixels.

Ou seja, para o contexto em causa, até porque o formato UHD é o suportado pelas TVs 4K, a resolução 4K não é cerca de duas, nem cerca de quatro vezes o tamanho dos pixels do 1080p.

Corrigindo as frases de cima, o UHD é exactamente (e não cerca) 4x a densidade (e não o tamanho), de pixels do 1080p.


Mas mais ainda, a PS4 pode fazer o output de fotos e videos a 4K, e pode inclusive correr jogos a 30 fps a 4K. Não há qualquer limitação, excepto a performance global do sistema, ou regras internas da Sony, que impeçam isso.

Resumidamente, como acreditar numa notícia sobre hardware vinda de um website que não tem verdadeiros conhecimentos sobre o assunto?

Facto 3 – Uma nova consola 4K seria o matar da galinha dos ovos de ouro da Sony

Um dos motivos do grande sucesso da PS4 está relacionado com os sucessivos tiros nos pés da Microsoft! quer se queira quer não, a Sony tem passado uma imagem muito mais segura daquilo que pretende para a sua consola, definindo objectivos no início da geração que tem vindo a cumprir. Já do lado da Microsoft são já incontáveis as mudanças de políticas que a empresa aplica, agindo de uma forma que aparenta estar a ir ao rumo da maré, a ver onde a mesma a leva.

Caso a Sony lançasse nesta fase, e antes de 5 anos de vida da PS4, uma nova consola, a empresa não seria vista como melhor do que a Microsoft, e certamente seria bastante penalizada por muitos. Fragmentaria o mercado, desagradaria a grande parte da sua base de fans e perderia aquilo que mais necessita nesta fase de recuperação financeira. A confiança do cliente!

Nesse sentido, a notícia parece igualmente não ter fundamento!

Facto 4 – Não há hardware acessível capaz de correr jogos 4K de forma regular.

Convenhamos que para garantirmos uma consola capaz de executar os seus jogos a 4K, teriamos de apostar em processadores topo de gama e configurações Sli. Mesmo uma Titan, com o seu preço exorbitante, não é capaz de garantir 4K de forma fluida em todos os jogos.

Recorde-se ainda que mesmo que tal fosse possível, não temos placas e processadores com essas capacidades disponibilizadas sob a forma de APU, o que significaria que a PS 4.5 tivesse de usar um formato diferente. Tal mataria muitas das vantagens da PS4 como a memória unificada, e o HSA/hUMA!

Parece por isso, sob a vertente financeira, dificil de acreditar-se que uma consola deste género pudesse sair tão cedo.

Facto 5 – Há uma aparente incongruência/mentira na notícia do Kotaku

Lendo a notícia do Kotaku, deparamos-nos com este parágrafo:


As we were chasing down this story, coincidentally, Kotaku UK EIC Keza MacDonald overheard some developers casually talking about the machine while on line at GDC.

Traduzindo:

Conforme íamos averiguando esta história, por coincidência, Keza MacDonald, EIC da Kotaku UK ouviu alguns criadores a falar casualmente sobre a máquina enquanto estava na fila na GDC

Este parágrafo soa-nos a total e completa… aldrabice! E porque?

Porque por coincidência, alguem ligado ao Kotaku, ouviu alguem a falar casualmente do assunto, em público, e em clara violação dos Non Disclosure Agreements (NDA) associados a estas revelações. Mais ainda, em plena Game Developers Conference, onde as pessoas que por lá andam são ligadas à indústria e as podiam ouvir, mas… numa outra curiosidade… mais ninguém as ouviu. Apesar de a senhora reconhecer estar numa fila com mais pessoas da industria e de estes criadores não terem sequer tido o cuidado de não violarem o NDA nas proximidades da mesma.

QUE SORTE!

Mas naturalmente surge a pergunta: Se é mentira… Porque?

Facto 6 – A Gawker Media, detentora da Kotaku, foi condenada a pagar 115 milhões de dólares a Hulk Hogan

Coincidência ou não, no mesmo dia em que sai a notícia, a Gawker Media teve conhecimento de que teria perdido um processo contra Hulk Hogan, e no qual lhe terá de pagar uma indemnização de 115 milhões de dólares.

Daí que as más línguas dizem que a Gawker terá sentido a necessidade de gerar algum tráfego adicional para receitas extras no Kotaku!

Verdade?

Não vamos ligar a más linguas, ou vamos? Mas que é curioso que o artigo surja no mesmo dia e que a senhora em questão tenha ouvido o que diz ter ouvido, nas condições que ouviu, e sem que mais ninguém tivesse ouvido. Isso é!

Conclusão

Não queremos com todas estas situações estar aqui a negar uma situação que não estamos em condições de negar. A mesma até pode ser verdade, ou ter um fundo de verdade, como por exemplo, a Sony pode ter revelado estar a trabalhar com um hardware do género do descrito para a criação de uma consola de proxima geração.

Mas que há uma série de questões que ficam no ar… isso ficam! E nestas situações, pelo menos da nossa parte, só temos tendência a acreditar em rumores quando eles são credíveis. Neste caso tudo parece apontar no sentido de não o ser!

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (20)

  1. A verdade é que não sabemos exatamente do que é que os CPUs zen e os GPUs Polaris serão capazes, por isso na questão do Hardware até dou o braço a torçer. Sobretudo porque em termos de GPU, e falando estritamente do Hardware a AMD tem entregue umas placas com uns valores impressionantes.

    Somando a isso a HBM 2.0 que já pode chegar a ultrapassar a RAM das consolas atuais em tamanho, sinceramente não sei!

    No resto já não!

    Se a Sony não percebe que tem ganho precisamente porque se manteve como sempre tem sido, apostando no formato tradicional e numa plataforma de qualidade (e uma entrevista ao responsável da Sony UK pouco após o lançamento apontou para que a Sony considerasse um ciclo mais curto), então estamos mal. Eu espero que eles compreendam que foi mais o preço da consola, a falta de jogos e a rejeição dos programadores que quase condenava a PS3 e não tanto o lançamento tardio face à 360!

    Eu quero acreditar que o modelo atual mantém as pessoas contentes. E acho que as vendas dizem isso mesmo.

    Além disso, espero que a Sony perceba que muita gente passou a geração anterior à frente. E que muitos vieram da geração PS2! (o que significa que o mercado PS2 canabalizou também a PS3 e não o contrário), o que demonstra que gerações duradouras são uma prática recomendada.

    Mas há efectivamente um risco! A Microsoft. Muita gente aqui veio elogiar as inovações da 360, mas a verdade é que esta introduziu muita coisa no mercado que muita gente subscreveu, e que só tornou as coisas piores. Online privado e pago, por exemplo.

    Se a Microsoft amanhã lança a Xbox 2? E se tem performances espetaculares a 1080p 60 fps, ou 4k 30 fps? E os carneirinhos vão outra vez atrás?

    Só digo isto, porque ainda há quem afirme (como muitos afirmavam aqui até há bem pouco tempo), que quem está contra isto é retrógado, que isto é o futuro!

    A grande questão é: se for lucrativo, se construirem uma consola por 500€ e a venderem por 700€ e os carneirinhos forem atrás (afinal as pessoas fazem fila pelo próximo Galaxy ou Iphone), estamos perante uma panorama possível e que me dá arrepios pela espinha acima, porque jogar tornar-se-á um inferno!

    • Brrrr
      E não discordo da tecnologia polaris. Mas um APU com performances 4K… Nem sequer está ainda previsto. Só mesmo um GPU discreto. Mas a que preço?
      Repara que a tecnologia Polaris oferece melhor performance por watt. Mas não necessáriamente melhores performances ao ponto de bater as atuais topo de gama com a gama média.

      • Ainda se sabe muito pouco sobre isso, pelo menos no que me tenho informado. Mas com o processo 14 nm se conseguirem enfiar um polaris correspondente à 390x ou algo do género, num Zen a 3 ghz, e com HBM a apoiar…

        Não sei não…

    • Podemos te chamar de carneirinho também por ter comprado o PS3 e não ter ido ao Xbox 360 que foi um console melhor?
      Eu gosto de debater com você mas não quando você aparenta tomar atitudes como a do José Galvão que posta de forma desrespeitosa chamando indiretamente pessoas de opinião contraria pra briga.
      Eu duvido que alguém pulou do PS2 para o PS4. Esses que saíram do PS2 e passaram batidos pelo PS3 provavelmente são os 60 milhões de clientes que o Xbox 360 tirou da Sony.
      O que a Microsoft fez de ruim em ter um online pago de qualidade?
      Essa ideia chega a beirar conversas comunistas. Já ouviu dizer que não existe almoço grátis? De alguma forma PS servidores precisam ser mantidos, deve haver manutenção e deve gerar receita para investir em melhorias. Por idéias estúpidas de agradar o cliente sem fechar a conta que hoje em dia uma ação da Sony vale US$0,03 e as da Microsoft mais de US$50,00. É por isso que ações da Apple valem mais de US$100,00, por isso que a Samsung que tirou um grande mercado da Sony vale infinitamente mais.
      A Sony é muito boa em fazer propaganda e media com os clientes, mas ela é péssima de negócios, tão ruim que vendendo quase o dobro do concorrente está com praticamente o mesmo faturamento.
      Veja o exemplo de como eles não tem visão de mercado, o PS2 já permitia a jogatina online muito antes da Microsoft ter o primeiro Xbox, e quem foi que popularizou e trouxe qualidade ao formato?

      • Acho que não entendeste o que eu queria dizer… porque nem toda a gente que comprou a 360 teve necessáriamente que apoiar o live.

        Mas também não vou fechar os olhos e ignorar que aquilo que tinha grátis deixei de ter. Porque há quem goste de subcrever, e há quem consiga fazer análise crítica sobretudo tendo em conta o futuro que a Microsoft parece pretender, e realmente chega ao fim e não perceba o porquê de ser pago.

        Foi isto que a Microsoft fez de ruim. Não deu, apenas tirou, mas tirou com uma elegância tal que as pessoas chegam ao fim e ainda dizem que o que ela fez foi um favor.

        Eu já dou 60€ pelos jogos… agora ainda tenho que pagar para aceder a uma característica, certas vezes fulcral dos jogos? E ainda vens dizer que não há nada de errado nisso? Que devo é agradecer o facto de pagar ainda mais para ter acesso ao que comprei? Enquanto no PC, não faltam alternativas grátis? E mesmo hoje em smartphones?

        Sobre multijogador de qualidade, eu jogo online na minha ps3 e posso assegurar-te que ela se consegue aguentar melhor no local onde está que o smartphone que comprei à dias, que nem apanha rede. Isto enquanto eu estou a jogar no MP do RE5.

        Não que eu jogue constantemente online, mas realmente é de questionar como é que no PC o modelo se aguenta e nas consolas não.

        Mas deixando isso de lado…

        Quem popularizou o jogo online? O PC. E a Microsoft trouxe a coisa para as consolas, fechou o acesso, e cobrou por isso.

        A Sony não soube aproveitar o multijogador? Estaría muito melhor hoje se o modelo original continuasse. Estaríamos todos. Não havia rede fechada, não havia cobrança extra e a coisa nem ficava a cargo da Sony, mas das próprias companhias que produziam os jogos. Como acontece no PC.

        Não sei se por limitações técnicas, se por outra razão, nomeadamente o facto de muitos produtores não conseguirem dar resposta, a verdade é que hoje viemos parar onde estamos e a MS teve um importante papel, inegável nisso.

        Mas para ti isto é justificável? É normal?

        Para mim não.

        A mim que me importa quanto valem as acções da Sony face às outras? A mim o que me importa é o que as companhias me oferecem. E continuarei a ser cliente dela pois isso que referes, (embora não esteja 100% correto dado que há muitos mais fatores), apenas demonstra aquilo que sempre defendi – a Sony tem uma maneira de fazer negócios pouco centrada nos lucros, e mais na qualidade do que oferece.

      • Exatamente este tipo de coment que mostra a quantas andas Fernando. Quando se trata de 1080p contra 900p “é algo irrelevante pois ninguém joga de binóculos” agora quando são as tão bem valorizadas ações e lucros da MS.. “mesmo vendendo o dobro do concorrente os lucros são praticamente os mesmos” e agora és acionistas? E te importa que com 20 milhões de consoles a MS está a fazer mais dinheiro que a Sony. ROYLLES, isto quer dizer unicamente que para quem possui um Xbox está a perde o dobro do dinheiro de quem possui uma PS4… E ainda encaras como algo positivo?? Não sao todos os jogos aquivos e afins nos servidores?? Não jogas online no Iphone paga o online, jogas no Android pagas o online, jogas no PC BF e CoD exatamente como na PS4 e X One? Pagas online no PC?? Por que achas normal algo que poderia ser grátis, mas agora e pago unico e exclusivamente porque a companhia e que VC não tem uma unica ação, impõe este modelo de negócio. E ainda vê como uma qualidade… Sinceramente Fernando a Microsoft está a perder um extraordinário funcionário se não te contratar rapidamente.. És de uma paixão maior que a do próprio Tio Phill..

        • Se voce gosta da Sony cara vai trabalhar la tambem,se o cara gosta da M qual mal tem nisso.Cresce cara,cresce.Analisa os pontos em questao que o Fernando deixou nao ha fanboysmo ali,ao inves de dizer abobrinhas.E deixando bem claro amigo a Live bate a Psn.So nao enxerga quem nao quer.

          • Unica e exclusivamente nao.a Sony comecou a cobrar tambem a PSN ou voce nao mora na terra.Conpanhias sao feitas de receitas amigo,a sua nao e diferente.Opnioes sao opnioes,agora falar coisas sem nexo e o cumulo.

        • tu pareces aquela mãe galinha que dizia: entre milhares de soldados a desfilar o meu filho é o único que vai com o passo certo.
          Meu caro amigo, a xbox360 tinha milhões de jogadores a pagar o LIVE entre os quais eu, não tenho pretensões de ser mais esperto nem melhor que os outros, mas também não gosto de ser dos mais burros, eu paguei e continuo a pagar por esse serviço e até te posso dizer que sempre que a MS fazia uma promoção e punha o LIVE GOLD de borla, nesses dias nem me chegava perto da consola, eu trabalho muito e isso permite-me ter alguma folga para pagar os meus vícios e hobbies, eu jogo apenas jogos no PC online que tenham uma subscrição paga como o WOW, se o amigo gosta de confusão e todos ao monte e fé em Deus, têm que aceitar que haja quem goste de pagar para evitar a balbúrdia que eu já constatei em certos jogos free2play em que á meninos que têm mais de 100 contas diferentes e quando nós damos bane por não estarmos para aturar malucos eles voltam sempre a aparecer com outro nome…são opções

  2. Um console pra jogos em 4k e específico para VR em alta qualidade seria um fracasso agora, pois não teria foco em público nenhum… Quem é mais entusiasta,e com dinheiro sobrando, vai de PC pra conseguir jogar assim… Jogadores de console não vão querer pagar mais de mil dólares em um PS4K, sem contar que TVs 4k em salas(habitat natural de consoles) ainda são raridade…

    Acredito mais em uma nova versão do PS4 com suporte para filmes em 4k, não para jogos…

    • Se a Sony conseguir uma consola 4K por 500 euros… o PC por 1500 consegue resoluções de 8k.
      Actualmente não há qualquer placa verdadeiramente acessível que consiga 4K garantidos em todos os jogos.

  3. Eu queria entender porque as pessoas são tão apaixonadas por gráfico, e leva isso de uma forma tão a serio!
    Eu jogo no Xone que tem hardware inferior ao PS4 e bons PCS e estou super satisfeito, não trocaria o Xone, e também não quero um novo Xbox, esse por mim pode durar mais 4 anos ou mais!

    Eu penso que console apesar de não ser um produto barato no Brasil, ele é feito para agradar todos os público e não somente os hardcore…
    Não entendo porque dizem que os consoles dessa geração já saio defasado, poxa, Quantum Break, Uncharted …
    Olha o gráfico desses jogos como podem chamar isso de defasado, querem mais que isso pra que?

    Quem é extremamente apaixonado por gráficos não monta um PC-Gamer porque é caro? Mas ai chamam um console de 300 dólar defasado, gastar muitos dólares em um PC ninguém quer….

    ——————– —– ———-

    Quando um produto é bom vale a pena pagar, quando um produto é bom e é de graça é melhor ainda.
    A live do Xbox 360 muitos diziam que era melhor do que PSN do PS3, eu nunca reclamei em pagar a live pra mim um serviço excelente que vale o investimento.
    A PSN do PS3 mesmo sendo inferior a live, por ser de graça é um excelente serviço.
    Se eu não tivesse Xbox 360 e PS3, provavelmente escolheria PS3 por ser de graça…
    Quando fui para a live, quase peguei PS3, mas queria muito jogar Gears 3 então fiquei no Xbox 360, sendo que eu já tinha o console.
    Tive que assinar a live e acho um excelente serviço…

    No meu ponto de vista a Sony foi muito sacana, no lugar das pessoas só colocaram culpa na MS, porque não critica a Sony de mudar um serviço que era de graça e passou a ser pago.
    Porque o concorrente é pago então o meu também vai ser?
    Antes era de graça agora é pago e a culpa é do concorrente?
    Opa a MS não é boa Samaritana nunca foi, mas se hoje em dia a PSN é paga, passou por cima de seus clientes antigos que antes não precisavam pagar nada, e agora só podem jogar se tiver assinatura.
    Fica bem claro que não estou defendendo a MS, apenas não acho legal culpar os outros pelo seus próprios erros, não falaram ai que o PC é de graça, no PS3 não era de graça, e porque não continuou assim?

    Eu não tenho PS4 gostaria muito de ter, além do console ser muito caro no Brasil, ter que fazer assinatura para jogar online fica ainda mais difícil comprar um, sendo que teria, que pagar assinatura de dois consoles muito complicado.
    Por isso tenho somente um console é o que posso manter, e espero que não saia consoles novos, pra mim essa geração tem muita lenha para queimar, assim espero.
    Como eu já disse quem paga 300 dólar em um console, quer que façam milagre, talvez porque no Brasil, o console custa 4 vezes mais caro do que restante do mundo!

    Consoles mais potente acho que precisa de TV top de linha, etc..
    Deixa como está por mais bons anos…

  4. Sobre as notícias mais recentes da Eurogamer / Digital Foundry sobre a PS4.5 / PS4K

    Em lado nenhum do artigo de cima se refere que a PS4K não será real. Muito pelo contrário, acredita-se que a mesma será real, e explica-se em cima as condições em que se acha que é real.

    A Digital Foundry tambem não sabe o que é a PS4K ou PS 4.5, e especula sobre ela:
    Neste artigo:
    http://www.eurogamer.pt/articles/digitalfoundry-2016-teoria-playstation-4k-real
    A Eurogamer coloca três hipoteses, e levanta as mesmas questões que nós levantamos!

    A única hipótese que nos parece viável é a terceira, que aliás é a que referimos aqui no nosso artigo!

    Quanto à entrevista do senhor, não sei o que dizer. Há efectivamente para lá umas referências a mais performances, e à questão dos 30/60 fps que a Eurogamer refere, mas a tradução é absolutamente nojenta e não consigo perceber nada do contexto da conversa.

    Agora o que sei dizer é que caso saia uma PS4 ou Xbox One mais potente antes de 5 anos… podem contar comigo para saltar fora do navio. Nunca mais ninguem verá aqui mais uma notícia que seja sobre consolas porque para gastar dinheiro… eu fico-me pelo PC!

    O meu melhor PC custou-me 1200 euros (por opção pois podia ter mantido muitos dos componentes do anterior, mas optei antes por uma máquina nova). Tem agora 3 anos e dá uma coça valente na PS4. Se em 3 anos tiver gasto 800 euros na PS4, a diferença face ao PC não se revela minimamente compensadora pois a gastar 400 euros a cada dois anos consigo manter o meu PC sempre no topo e sempre superior às consolas. E agora imaginem gastar o dobro ou o triplo a cada três anos para me manter atualizado na Sony, Microsoft e Nintendo. Tal implicaria escolhas que eu não quero fazer, pelo que o PC seria mesmo a solução.

    De qualquer maneira continuo a acreditar na hipotese que referi, pois tal como eu, caso haja uma nova consola antes de 5 anos, a Sony vai ter muitos, mas mesmo muitos apoiantes revoltados. E com a Microsoft a apoiar e suportar o PC… Goodbye Sony que vais ao charco!

    Note-se que não sou contra hardware revisto, ligeiramente mais potente. Isso aconteceu com a PS3 onde por exemplo Beyond: Two Souls, corre um pouco melhor nas ultimas versões slim da PS3, do que na Fat original. Essas revisões são normais, mas não criam disparidades dignas desse nome.

    • O que VC acha melhor, aguardar a definição sobre isso que provavelmente virá após a e3 antes de comprar o PS4?
      Se comprar agora é lá pro final do ano chegar o PS4K melhorado, teria um belo abacaxi nas mãos…
      O Xbox One, pelo menos já tenho a dois anos, mas quem comprar agora é seba MS lançar uma versão melhor em pouco tempo também terá outro abacaxi.
      Essa geração está caminhando para ser decepcionante em todos os sentidos, desde a potência das máquinas iniciais e se agora se confirmar essa suposta tendência.
      Será difícil defender agora, era melhor terem lançado máquinas com tecnologia e potência mais avançadas por 600 dólares do que fazer gastar 400 dólares a cada 3 anos.

      • Naturalmente que sim… Acho que será mesmo melhor escrever um artigo a recomendar às pessoas que aguardem. Pessoalmente acho que a imprensa está a fazer um belo serviço de desinformação, mas tambem acho que não vale a pena correr o risco de tal.
        Se a Sony não esclarece a questão, então que sofra com isso… mas antes eles que o cliente…

        Artigo a começar a ser escrito… agora!

      • Fernando se confirmar isso, só me recordo quando você comentou que esta é uma geração de transição, mas parece que é muito pior, que o buraco é mais embaixo.

        Se confirmar estou curioso para saber qual o rumo que os “carneirinhos” tomarão.

        • Ennio, minhas suspeitas sempre foram baseadas no hardware lançado e não exatentenem rumores.
          Desde a geração passada que acompanho mais de perto as questões relacionadas à especificações tecnicas e fiquei decepcionado quando descobri que os rumores do Xbox 720 e PS4 com potência na casa dos 4tflops eram falsos e na verdade os consoles teriam potência de GPUs de topo do ano de 2010.
          Particularmente achei um retrocesso e sempre acreditei que essa geração não duraria muito pois é simplesmente impossível. Numa época em que especificações melhoram tanto em pouco tempo, esses consoles precisavam ser muito mais poderosos para durar pelo menos 5 anos em nível competitivo.
          Quando vi o movimento para jogos 1080p acima de tudo, aí que tive mais certeza que essa geração acabaria rápido. Esses consoles tem potencial para rodar jogos em 720p, 900p com resultados incríveis, mas em 1080p, raros casos de jogos muito otimizados e escritos bit a bit como provavelmente Uncharted 4 é.
          Se os rumores estão tão avançados e com fontes como diz a Eurogamer, acertei a previsão.

  5. Poxa,comprei meu Ps4 faz poucos meses, e já falam em lançar um modelo mais forte? A Microsoft foi fuzilada quando apresentou somente um conceito…No caso da Sony, já é a segunda vez que comentam sobre a existência de um hardware melhorado…Essa geração de consoles está bem estranha, em relação a jogos e a hardware…Vamos aguardar pra ver se é real…

    • Como te digo Markos… não acredito. Não é pura e simplesmente lógico que a Sony, necessitando da Playstation para sobreviver, e tendo visto a reacção do mercado ao nuncio das atualizações de hardware da Microsoft, dê um passo maior que as pernas e avance tão cedo para isto.

      Se o faz… aniquila-se. Não te esqueças que os maiores fans são os que compram as consolas no lançamento… e se há muitos malucos ao ponto de comprarem a nova, há muitos outros que não o farão. E como eu já disse num outro artigo, a questão não é os que se mantem satisfeitos, são os que o deixam de estar.

      Eu pessoalmente não sei ainda se atualizaria ou pura e simplesmente arrumava a consola dedicando-me ao PC.

Os comentarios estao fechados.