Portugal está em 33º nos 100 países que mais receitas geram nos videojogos. Brasil é o 11º

O website NewZoo revelou um estudo dos paises que mais receitas geram a nível de videojogos. Portugal está no top 100, em 33º lugar! Brasil é o 11º!

Um estudo da Newzoo revela a lista dos paises que mais receitas geral nos videojogos. Eis o top 10!

China

População: 1 401 587 000
População com internet: 740 038 000
Receita: 22 227 194 000 Dólares

Estados Unidos

População: 325 128 000
População com internet: 290 534 000
Receita: 21 962 491 000

Japão

População: 126 818 000
População com internet: 115 975 000
Receita: 12 328 860 000

Coreia do Sul

População: 49 750 000
População com internet: 41 735 000
Receita: 40 22 366 000

Alemanha

População: 82 562 000
População com internet: 72 828 000
Receita: 3 654 669 000

Reino Unido

População: 63 844 000
População com Internet: 59 126 000
Receita: 3 533 493 000

França

População: 64 983 000
População com Internet: 55 723 000
Receita: 2 460 172 000

Canadá

População: 35 871 000
População com internet: 31 610 000
Receita: 1 811 271 000

Espanha

População: 47 199 000
População com Internet: 37 377 000
Receita: 1 564 223 000

Itália

População: 61 142 000
População com internet: 40 024 000
Receita: 1 505 800 000

O Brasil, esse aparece-nos em 11º, com os seguintes dados:

Brasil

População:  230 657 000
População com internet: 125 453 000
Receita: 1 458 902 000

Portugal aparece em 33º, com os seguintes números:

Portugal

População: 10 610 000
População com internet: 7 171 000
Receita: 221 188 000

Curiosamente, para um país tão pequeno, com apenas 67% da população a ter acesso à internet (e nesse campo não estamos muito mal), a nossa despesa per cápita é de 20,84 dólares em média por pessoa. Um valor que sobe aos 30,85 dólares se considerarmos apenas a população com internet! Estamos a falar de um valor quase triplo do Brasileiro, e mesmo superior ao da China que vai em 1º lugar.

Fonte: Newzoo

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (9)

  1. O mais interessante de tudo isso, é que o EUA não é o primeiro mercado, perde para a china, que a alemanhã está acima do Reino Unido e que a coreia do sul está na frente dos dois, sobre o brasil já era esperado que estive numa posição de intermediária pra cima.
    Ps. Tem pessoas que desdenham o japão mas olha a colocação dele.

    • e certo que a china esta em 1 lugar e a frente dos EUA, mas visto o numero de habitantes de um pais e do outro não e de admirar, o que e de admirar e a pouca diferença de receita entre os 2 países quando por exemplo vimos que existe mais do dobro da população com acesso a Internet na china que a população inteira dos EUA

  2. a Alemanha e o Reino Unido se não estou em erro sempre estiveram em pé de igualdade
    quanto a países como o Japão e a Coreia do Sul sempre foram países onde se vende bem a diferença e que o tipo de jogos usados nesses países não e tão populares em países como o nosso e vice versa o que leva a que empresas como a Microsoft a terem problemas a se implantarem la

  3. O incrivel é vermos o Brasil nesta posição, mesmo com altos impostos cobrados a ponto de tempos atrás, o ps4 custar 1000 e poucos euros( 4 mil reais), sendo que os 3 consoles ( Ps4, o e e wiiU) sendo os mais caros do mundo. Ah! Não sei se os senhores sabem, mas a tributação de games no Brasil é a mesma de jogos de azar, alcançando muito mais de 100 porcento, exceto os games para PC e seus componentes, pois estes possuem uma tributação menor. Abrimos o ano de 2016 no Brasil com uma notícia péssima, que a Presidente Dilma sancionou uma lei de aumento dos impostos sobre alguns produtos, dentre eles: informática, ou seja, games e componentes PCS aumentarão drasticamente no Brasil. Para vcs Portugueses entenderem, o Brasil é tão corrupto que é impossivel de descrevê-lo a vcs…. Uma pena!!!

    • Esse tipo de aumento de impostos é difícil de compreender. A informática cada vez mais deveria ser vista como um bem essencial. Ter uma população apta a lidar com computadores e serviços informatizados é cada vez mais uma necessidade. Daí que tributar os PCs com impostos parece pouco coerente.
      Os jogos… Esses são um luxo. Mas a meu ver, não sendo de sorte e azar, não são diferentes dos filmes.

      • Mario o brasil tem seus incentivos a informatica, mas jogos eletrônicos são taxados de forma diferente de outros artigos, eles entram na categoria de jogos de azar, e isso que a muito tempo tem se lutado para mudar, e nesse ultimo ano, com a instabilidade do mercado, o cambio nao tens nos favorecido, principalmente por nao termos uma industria forte, como a europa para manter o valor da moeda, entao sofremos de duas vertentes, a desvalorização do real, e valorização do dólar

      • Não tente entender o Brasil, aqui é o país onde o poste mija no cachorro e por Europeus viverem outra realidade as vezes custam a acreditar nas coisas e até pensam que estamos de sacanagem.
        Os impostos são altos, as empresas se aproveitam dos impostos para disfarçar uma margem de lucro acima da média e a população continua elegendo o mesmo grupo de políticos à uns 20 anos.
        Agora com a desestabilização da moeda e aumento de tributos, ser gamer no Brasil tem se tornado uma tarefa muito ingrata. É cada vez mais comum jogos na casa dos 250,00 reais na edição simples e ao contrário do que acontece no mundo, aqui os consoles sofrerão aumento de preço. Tirando o extraordinário caso do PS4 a 4000,00 reais, que tinha uma margem de lucro surreal dos lojistas e da própria sony, a realidade é que comprar um console (xbox one) a 2 anos atrás era mais barato do que comprar agora, em que teoricamente os custos de produção foram reduzidos.

  4. Só é estranho esse valor de 230 milhões para a população brasileira… está bem errado isso…

Os comentarios estao fechados.