Processador A7 da Apple esmaga concorrência.

Se o A6 do iPhone 5 era já um prodígio ao ser um Dual Core que combatia a concorrência com processadores de quatro núcleos a 2 Ghz, o A7 do iPhone 5S arrasa com a competição.

5sbench1

Se é certo que smartphones como o Galaxy S4 são publicitados como possuído performances extraordinárias que batem mesmo o iPhone 5, convém não esquecer que esse telefone possui um processador a 2 Ghz com 4+4 núcleos, sendo quatro de alta performance e quatro de baixo consumo, concebidos para trabalhar em alturas diferentes.

Ou seja, seria algo injusto dizer que o dual-core A6 da Apple combatia contra processadores de 8 núcleos, mas se isso é uma realidade, tambem é certo é que a Samsung nunca classificou o seu chip como um “dual processor”, mas sim como “Octa-core”. E o motivo é simples, é que efectivamente os 8 núcleos podem trabalhar em conjunto, apesar de essa não ter sido a ideia inicial.

A verdade é que mesmo com apenas quatro núcleos a sua velocidade de relógio é de 2 Ghz, contra 1,3 Ghz do Apple A6. Falamos assim de mais 8 Mhz e 2 núcleos adicionais que batem o A6 da Apple. Mas mesmo assim, não por muito.



No entanto o novo A7, igualmente dual-core a 1,3 Ghz, arrasa com os processadores da concorrência, sendo que a Samsung pretende já colocar os 8 núcleos do seu Exynos 5 a trabalhar em simultâneo como forma de o combater.

O certo é que este A7 é não só o processador mais potente alguma vez lançado para um smartphone, mas possui menores consumos, é 64 bits, e possui performances que, pela primeira vez se batem lado a lado com os processadores entrada de gama para desktops.

O website Anandtech fez uma análise ao iPhone 5S e testou as performances do seu processador contra vários outros telefones e processadores do mercado. E o que vemos é esmagador.

Desta forma, recomendamos que verifiquem esta análise onde vários testes como o de cima foram executados. E para tal sigam este link.

Nota: A imagem ilustrativa é propriedade do website Anandtech, tendo sido usada para promoção ao seu artigo.

 



Posts Relacionados