Programas para criar ficheiros multimédia compatíveis com a PS Vita.

Para alguém que olhe de forma despreocupada para uma Playstation Vita poderá parecer que não há muitas diferenças entre esse sistema e uma Playstation Portable. Mas a verdade é que há, começando pela performance extraordinária oferecida pela portátil, bem como pelas capacidades fantásticas de interacção oferecidas.

Mas há mais diferenças nomeadamente no tocante ao seu cartão de armazenamento dedicado e criado exclusivamente para esta consola. E se a PS Vita se pode revelar um sistema multimédia portátil extremamente interessante, os seus DRM’s, limitações de formatos suportados e a exclusividade deste cartão tornam-se num entrave à livre circulação de conteúdos entre a consola e o PC. Assim, para se transferir conteúdo do PC para a consola há que criar ficheiros compatíveis com os codecs suportados.

CRIAR FICHEIROS COMPATÍVEIS COM A PS VITA.

Se já transferiram ficheiros de e para a consola, sabem que necessitam de uma PS3 ou, no caso de usarem um PC, do Content Manager Assistant, um software da Sony que permite a transferência entre os dois sistemas e que é necessário para todas as operações de cópia, back up ou restauro do conteúdo da PS Vita para o PC e vice versa. Apesar de parecer um software pouco interessante este oferece a possibilidade de se fazer cópias de segurança do conteúdo da consola para o PC, um pouco ao estilo do iTunes, revelando-se assim uma excelente ferramenta de apoio.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

A questão é que se a transferência da consola para o PC é pacífica, já do PC para a consola há que se obedecer a certas regras sob pena de a consola rejeitar a reprodução dos ficheiros.

No tocante a imagens, os formatos suportados pela Vita são JPEG (Exif 2.2.1), TIFF, BMP, GIF, PNG. Se possuis imagens com formatos diferentes então necessitas de os converter primeiro. Aqui a conversão é simples e qualquer sistema Windows o pode fazer sem a necessidade de instalar qualquer software adicional. Basta então que a imagem existente num formato que não estes seja carregada no Paint, o utilitário de imagem existente em todas as versões do windows, e regravado num dos formatos suportados.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Já no que toca ao audio, os formatos suportados são o MP3 MPEG-1/2 Audio Layer 3, MP4 (MPEG-4 AAC), WAVE (Linear PCM). A nível de multimédia são os formatos mais comuns usados e normalmente os obtidos em musicas adquiridas legalmente no formato digital.

A questão é que muito certamente as musicas que vocês possuem nestes formatos foram adquiridas pelo iTunes ou outros serviços equivalentes como a Amazon Unbox, Zune Pass, Pandora, Rhapsody, Bearsharee, etc como tal deverão estão protegidas por DRM que impedem a sua audição em outros aparelhos, não funcionando na PS Vita.

Pelo facto que a remoção dos DRM’s é algo ilegal face à legislação Portuguesa, não nos alongaremos na adaptação deste conteúdo áudio, remetendo as conversões de outros ficheiros não protegidos para as linhas que se seguem.

Já no que toca ao vídeo o suporte da PS Vita é extremamente reduzido, apenas suportando o MPEG-4 Simple Profile (AAC, Maximo 320 x 240 pixels) e H.264/MPEG-4 AVC Hi/Main/Baseline Profile (AAC, Maximo 720p).

Quer isto dizer que os restantes formatos tão comuns no PC como o FLV, MKV, AVI, WMV, VOB, MOV, TiVo, MOD, irão requerer uma conversão antes de serem transferidos.

Para isso podem usar o PS Vita Video converter (um software pago) que converte todos os formatos audio e video em existência para outros compatíveis com a PS Vita e que é compatível com a tecnologia CUDA da Nvidia.

A alternativa é o uso do SUPER ©, um conversor fantástico e gratuito, mas que não possui qualquer aceleração por hardware, que pode igualmente converter entre diversos formatos audio.

Já quanto ao uso destes programas cada um terá de se desenrascar por si, mas aqui ficam as dicas para que possam efectuar as vossas conversões.

Publicidade

Posts Relacionados