Projectos Kickstarter estão a passar das medidas.

Eis mais um projecto Kickstarter que deverá ser banido e proibido de ser vendido. A ideia é tornar o carro real numa máquina de jogos virtual onde se perseguem carros inimigos.

Baen

Até hoje os projectos Kickstarter que vi sempre foram interessantes. Mas o que relatei ontem e o que vou relatar de seguida são deveras insanos e perigosos, sendo que deveriam ser travados antes de verem a luz do dia.

O nome do projecto é Baen e a ideia do mesmo é combinar dados de carros em tempo real com dados GPS que são ligados a um jogo no smartphone.

Os criadores referem que a ideia é tornar a vida diária em algo mais interessante.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Com o fornecido pelo projecto o carro será ligado a nível de dados ao smartphone por bluetooth, passando a ser inserido num mundo virtual onde o carro passa a ser um soldado mecânico cujo destino está relacionado com as acções do mundo real. Com os dados do carro ligados ao smartphone, a movimentação, consumo  e distância percorrida afectam o jogo. E pode-se mesmo recolher armas e equipamento para armar o carro virtual de batalha.

Enquanto se conduz veremos outros jogadores humanos e não humanos com os quais podemos lutar, aliar ou efectuar trocas. Há também checkpoins e localizações estratégicas baseadas em pontos de interesse reais.

Caros senhores. Conduzir pode ser um prazer ou uma necessidade. Isso depende da perspectiva de cada um! Mas a estrada é um local perigoso, onde milhares de pessoas morrem todos os dias.

O uso de smartphones durante a condução é proibido por lei. A visualização de filmes durante a viagem nos lugares frontais é proibida por lei, e os ecrãs fornecidos de fábrica bloqueiam esses conteúdos com o carro em movimento. Aqui não falamos de proibições por proibir. Falamos de situações destinadas a aumentar a segurança nas estradas quer dos ocupantes do veiculo, quer dos restantes utentes da estrada e ocupantes de outros veículos e que impedem a existência de factores de distracção ao condutor.

Não é aceitável de forma alguma que se pense sequer em transformar um automóvel numa máquina de jogos onde há objectivos a cumprir. A condução deve ser responsável e segura. Não se compreende que alguém acelere, curve repentinamente ou tome uma rota diferente da planeada porque esta no carro a jogar um jogo. Acima de tudo, uma viatura não é um jogo e nem pode nunca ser encarada como fazendo parte dele.

Certamente o produto será proibido na maior parte dos países, mas esta situação mostra bem a necessidade de haver um controlo ao que aparece no Kickstarter. Cada um pode colocar a sua vida em risco, se bem entender, mas colocar as dos outros, isso não é admissível.

O projecto até ao momento juntos 750 dólares em 40 mil dólares que pede, e só faltam 23 dias. Será certamente e merecidamente um fiasco. A questão é que nem sequer devia ter sido autorizado a aparecer.

Publicidade

Posts Relacionados