Quanto custa em electricidade jogar nas consolas?

A British Gas fez um estudo do custo anual de manter uma consola, e traz-nos esse comparativo que engloba consolas de várias gerações.

Naturalmente, na altura da compra de uma consola, poucos pensam na conta da electricidade. Mas curiosamente esse é um dos factores tomados em conta pelos construtores das mesmas que se preocupam sempre e trazer performances, mas com baixos consumos.

Actualmente, ter uma consola revela-se 4 vezes mais dispendioso do que em gerações anteriores já com alguma idade. Por exemplo, uma Xbox One, a consola que mais energia consome, gasta neste estudo, e de acordo com as tarifas de electricidade britânicas, 43 libras (quase 59 euros), anuais. A PS4 fica-se pelas 35 libras (47.5 euros). E isto considerando um uso moderado e de acordo com a média de mercado.
Em outros tempos, uma Mega Drive ou uma Super Nintendos, com o mesmo uso, consumiam apenas cerca de 11 libras (15 euros) por ano.

Curiosamente, um frigorífico recente gasta cerca de £18 (25 euros) por ano.

No que toca ao que se pode obter por 1 libra, a Xbox One pode com esse valor ser executada por 22 horas, a PS4 por 35 horas. Já na Mega Drive isso seriam 49 horas e na Nintendo 64, 48 horas.

Custoelectrividade

 

Se te preocupas com a conta da luz, as consolas possuem modos de funcionamento económicos que as desligam mesmo. No caso da PS4 deixarás de poder fazer downloads com a consola desligada. No entanto, mal esta se ativa, tudo o que necessita de actualização inicial imediatamente o download, podendo ou não, dependendo se o que está a ser actualizado é o que queremos jogar, ter de aguardar ou jogar na mesma, mas perdendo acesso às funcionalidades de rede! A situação é um pouco pior com a One onde as actualizações não são feitas de forma automática no modo de baixo consumo, apenas iniciando quando arrancamos o jogo. E isso implica forçosamente esperar que ela acabe antes de podermos jogar.

Publicidade

Posts Relacionados