Quem não tem cão… caça com gato. Quem não pode publicitar um jogo… publicita um perfume.

A guerra das exclusividades entre os dois grandes nomes das consolas leva por vezes a situações ridículas. A Sony tem os direitos exclusivos de promover Destiny, pelo que a Microsoft não pode falar sequer sobre o jogo. Daí que a Microsoft resolveu lançar um perfume… com o mesmo nome do jogo!

destiny_fragrance

A guerra das exclusividades está cada vez mais idiota. Primeiro foi a Microsoft com o exclusivo que não é um exclusivo efectivo, e que provavelmente o será de forma temporária por pouco tempo, o Ryse of the Tomb Raider.

Mas se até aí ainda havia alguma normalidade, o que se passa com Destiny é a total idiotice. A Sony garantiu os direitos exclusivos de promover o jogo pelo mundo, o que quer dizer que a Microsoft está impedida de falar dele.

Pois bem, alguem na Microsoft resolveu dar a volta à situação… e fez-nos a todos rir.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

O que fez a Microsoft? Pois bem, não podendo falar do Destiny, o jogo, a Microsoft resolveu falar do Destiny, o perfume. E para o efeito lançou um perfume Xbox com a marca Destiny.

Apesar de muito certamente isto poder vir a dar problemas em tribunal à Microsoft, uma vez que a atitude possui um intuito claro, a situação não deixa de ser engraçada e original.

E diga-se que é de aplaudir. Afinal com exclusividades tão idiotas, só mesmo uma resposta ao mesmo nível :).

Nota: Actualmente a Microsoft removeu a referência ao perfume. Os motivos terão sido certamente ligados a questões legais e pressões externas.

Publicidade

Posts Relacionados