Quem tem de convencer quem? PS4 Pro vs Xbox One X

A pergunta que fica no ar é: Será que é a Microsoft que tem de convencer o mercado do porquê que justifica pagar mais 100 euros pela sua consola, ou a Sony que necessita de convencer o mercado que a sua PS4 Pro, mesmo mais barata, é adequada para 4K?

A pergunta de cima é complexa… e apesar de a internet estar a dar uma resposta à mesma, confesso que não estou inteiramente convencido de que a coisa será assim.

A realidade é que lendo o que tem sido postado em diversos artigos na Internet, o que vemos são artigos com títulos do género: “A Microsoft tem de convencer o mercado que os seus 4K valem mais 100 euros que os da Sony”.

Naturalmente percebe-se daqui que para estes websites a resposta à pergunta de cima está dada. A Microsoft, ao ter a consola mais cara, necessita de mostrar ao mercado que a sua oferta vale a diferença de preço para a consola da Sony.

E sinceramente, estaria tentado a acreditar nisso! Basta ver este artigo, onde mostramos imagens oficiais da EA que comparam 4K nativos com outros calculados 1800p e re-escalados para 4K, e percebemos que as diferenças são aparentemente irrisórias, ou pelo menos não dignas de uma diferença de 100 euros.



No entanto, isso seria cristalino se as coisas se ficassem por aí, mas pelo pouco que nos é dado a perceber, a coisa não será bem assim!

A PS4 Pro foi criada com o intuito de levar os jogos PS4 para 4K. Assim, para além das questões do GPU que passou para 4,2 Tflops, ela foi no dotada de 1 GB de RAM adicional de memória DDR 3, para conter texturas adicionais ou de maior qualidade, e o seu CPU foi melhorado a nível de velocidade para permitir melhores FPS e o aumento de resolução.

Ora acontece que a Xbox One X não tem como única diferença da PS4 Pro um aumento dos Tflops do GPU para 6 Tflops. Ela foi igualmente dotada de um CPU melhorado que bate o da PS4 Pro, mas recebeu 4 GB de RAM GDDR 5 adicionais.

Ora por aqui vemos que as condições para as melhorias dos jogos na Xbox One X vão muito além da mera subida de resolução. E isso quer dizer que a comparação gráfica do nosso artigo e que se limitava a comparar diferenças visuais entre as resoluções referidas, não será exactamente sempre válida para estas duas consolas. (Alguns leitores mais precipitados e demasiados agarrados às cores das camisolas não compreenderam que esse artigo se tratava apenas de uma comparação do resultado final das resoluções obtidas nativamente e por checkerboard, o que a ser a única diferença, como acontece por vezes na PS4 e Xbox One, levaria à questão do valor face à diferença de preço. Era uma análise de uma possível realidade que poderemos vir a ter em alguns caso, mas apesar dos avisos repetidos no interior do artigo, não uma comparação da realidade das consolas, algo que teria de ser feito caso a caso, uma vez que normalmente há mais do que isso envolvido, e até porque nenhuma das imagens do artigo era sequer de consolas).



Melhorias nos fotogramas por segundo serão outra realidade na qual a Xbox One X poderá ir mais longe devido ao melhor CPU. Não deverá ser nada de flagrante face ao que o CPU da Pro pode apresentar, mas tal como a Xbox One mostra melhorias face à PS4 nos jogos dependentes do CPU, aqui o mesmo acontecerá com a Xbox One X. E dado que o GPU também é melhor, as melhorias serão então, globais, incluindo melhores resoluções e/ou efeitos gráficos, e melhores fps.



E isto é algo que na comparação Xbox/PS4 em jogos onde o CPU é o gargalo, não acontece, ficando os melhores fps na Xbox, e a melhor resolução na PS4.

Mas a grande, grande diferença, será na possível qualidade das texturas a 4K!

O 1 GB adicional da PS4 Pro não é verdadeiramente uma memória que, para texturas 4K, possa fazer grandes diferenças (é DDR3, mas ela é usada pelo OS e não pelo jogo, libertando assim 1 GB da GDDR5). Mas 4 GB GDDR5 sim… e a Microsoft já anunciou que os seus exclusivos passarão a carregar na Xbox One X texturas 4K que melhorarão a qualidade da imagem.

Daí que a resposta à pergunta de cima é complexa, e não pode ser dada ainda. Na prática pode acontecer que a PS4 Pro não consiga verdadeiramente competir com a Xbox One X a nível de qualidade de imagem!

Daí que, pela parte que me toca, e sem saber ao certo como o mercado vai usar os recursos disponíveis, questiono seriamente se será mesmo a Microsoft que terá de convencer o mercado que os seus 4K valem os 100 euros a mais, ou se será a Sony que terá de convencer o mercado que, com uma diferença de apenas menos 100 euros, a sua consola vale a pena.

Mas isso só no futuro será possível de se ver! Até lá fica a dúvida no ar, sendo que como este artigo e o anteriormente linkado dão a perceber, a coisa pode dar ainda para os dois lados. Mas uma coisa é certa, pelo menos nos exclusivos Microsoft e jogos patrocinados Microsoft, a qualidade da Xbox One X deverá arrasar com tudo o resto que há no mercado.

NOTA (Acréscimo pós colocação online): Tal como o artigo anterior abordava apenas a temática da resolução questionando o valor do custo, este aborda a situação na perspectiva global, analisando igualmente o custo. Mas convêm não esquecer que há ainda mais variáveis em jogo que podem influenciar aquilo que é a realidade da consola, como a dimensão dos jogos com texturas 4K, os downloads adicionais necessários para tal, a capacidade de armazenamento disponível e o custo de capacidade adicional, o facto de uma Tv 4K ser necessária e representar um custo adicional, a qualidade e quantidade de jogos que suportem a situação, o número de jogos exclusivos, etc, etc. E recorde-se que o custo em si é um factor mais preponderante do que qualquer outro.
Dado o mau entendimento do outro artigo, acha-se por bem, esclarecer igualmente esta situação aqui. Porque haverão mais artigos que podem abordar outras perspectivas, e convém perceber-se o real enquadramento das coisas.

 

 



Posts Relacionados