Quem teve o melhor jogo na Gamescom? A Nintendo quem mais!

Super Mário Odissey foi o melhor jogo da Gamescom 2017. Mas não trouxe só esse prémio!

Após leres o título da notícia, a questão sobre qual acharias que seria o melhor jogo da Gamescom é despropositada. Mas um outra pode ser feita:

  • Esperavas que fosse Super Mário Odissey?

Esperasses ou não… foi!

A realidade é só uma… nada, mas mesmo nada… bate um jogo de qualidade! É por eles que compramos as consolas, e quando o jogo se consegue destacar, ainda melhor. É uma forma de conseguirmos fugir à mediania comum que se instalou com a banalização da oferta de software neste mercado.

Este é o segredo do sucesso da Switch… os seus exclusivos! São eles que estão a fazer a consola arrancar, e são eles, como sempre foram ao longo de 40 anos, que destacaram consolas e as fizeram progredir e/ou morrer.

Mas este não foi o único prémio arrebatado pelo jogo que sai a 27 de Outubro para a Switch, e que veio para casa carregado de trofeus!
Eis todas as categorias onde ele venceu:

  • Melhor Jogo da Gamescom
  • Jogo Mais Desejado pelos Consumidores
  • Melhor Jogo de Ação
  • Melhor Jogo para Famílias
  • Melhor Jogo para Nintendo Switch

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (21)

  1. E no mês de agosto a Switch vendeu mais que a PS4 nos EUA. Se não fossem os estoques seriam 4 meses de liderança… Mas exclusivos não vendem

  2. O switch de fato é um sucesso! Incrível como a Nintendo acertou a mão nesse console.

    • Cara, a mim são os jogos que seduzem, esse Mario aí vai ser Goty isso sem multiplayer competitivo e coisas absurdas que escutamos por aqui.

      • Por falar em exclusivos, vcs viram que Max and the brotherhood foi anunciado pro Ps4, este jogo foi feito,financiado e lançado em 2013 como exclusivo do One, a Microsoft fechou o estúdio e abdicou das ips, assim os ex integrantes do estúdio montaram outro e estão pra lançar no PS4.

        Nesta geração exclusivo do One mesmo ficou só:
        Sunset
        Crinsom Dragon
        Halo Mcc
        Halo 5
        Games wiht golds

  3. Exclusivos, eita assunto complicado!

    Das 3 marcas atuais os seus consumidores falam:
    1- Exclusivos são importantes, é o que faz um console de destacar dos demais;
    2- Exclusivos não são importantes, pois o que faz um console vender mais são os jogos multi que criam uma “modinha”.

    E o que falar do Switch? Sem Assassins Creed, sem Cod, sem BF, sem PES, sem FIFA, sem Overwatch, o que fez este console vender mais que os seus concorrentes, logo que este é comparado como se fosse um console de geração anterior devido seus poucos Teraflops? A resposta já sabemos e é o que a galerinha do 2° item não gosta de assumir.

    Ontem saiu a declaração do vice presidente da EA na qual o futuro dos jogos será ao estilo da Netflix, pois bem se nesse futuro os jogos não necessitarem de um hardware específico(console, PC) aqueles que possuírem bons exclusivos terão chances de se dar bem nesse novo modelo de negócio. Por exemplo se um dia a EA Access estiver disponível em TVs e smartphones, qual sentido dela disponibilizar o serviço para consoles? De pagar royalties para estas empresas disponibilizarem seus jogos? Sendo assim Sony, Nintendo e MS deixariam de oferecer consoles para oferecer serviços de games e dessas 3 quais poderiam ter sucesso em seu serviço “Netfilx de games” com o catálogo que possui? É algo a se pensar.

    • Seria ótimo termos um plataforma em comum, sem a necessidade de hardware específico. Não sei se isto é do interesse das Empresas (Sony MS ou Nintendo). Por outro lado acho que o modelo da STEAM
      pode prevalecer no futuro se os consoles como conhecemos deixarem de ser significativos. O avanço das tecnologia irá com certeza viabilizar novas formas de interação entretenimento para o futuro.

      • Atualmente não vejo vantagens nenhumas nisso.
        A ausência de hardware especifico levaria a que não houvesse a necessidade de performance do lado local. Logo nunca poderias ter a possibilidade de possuir um jogo!
        Eles teriam de ser distribuidos digitalmente e dado que não poderiam ser executados do lado do cliente, uma vez que seriam agnosticos de plataformas, teriam de ser distribuidos sob a forma de streaming.
        Isso significa maior lag, e a necessidade de uma internet com qualidade.
        Como criador de uma página web que defende o cliente não posso apoiar isso sabendo da realidade da internet em Portugal e no mundo.
        Se o modelo onde compras o hardware te permite jogar de qualquer forma, com patch a mais ou patch a menos, um modelo como este afastaria muitas pessoas de poderem usufruir dele. E isto não por sua vontade, mas porque a infraestrutura internet no local onde habitam não ser capaz.
        A infra estrutura fibra não é económicamente viável em zonas de menor densidade habitacional. E isto quer dizer que saindo das grandes cidades ela pode falhar. Mesmo a poucos KM podes estar já limitado a um ADSL que dependendo da distância à central poderá ser uma valente porcaria.
        Sim, um dia isto será o futuro. Mas estas empresas na ansia de serem as primeiras querem meter a carroça à frente dos bois, e espero que as pessoas tenham o bom senso de travar isso. Porque se não o fizerem, um dia que mudem de casa podem-se lixar forte e feio.

        • Jogos por streaming? Isso é um pesadelo. Só de pensar nisso já penso que seria o fim dos jogos pra mim. Sempre gostei de ter o hardware.
          Essa dependência de internet com a internet horrível que a gente tem aqui no Brasil?
          Melhor ir fazendo uma lista de novos hobby’s aqui se eles vierem com esse papo ordinário.

  4. Bom dia, cada um pensa de uma forma e eu respeito isso.
    Essa é minha opinião e não vai mudar, Nintendo sempre foi muito forte em exclusivos quem compra Nintendo, vai jogar Mário, Star Fox, DK entre outros, é um console que está enraizado em seus exclusivos.
    Diferente de Playstation e xbox, esses consoles vende muito mais multiplataforma, tirando Uncharted que é um sucesso, em vendas porém mais da metade foi vendido em bundle, nenhum outro jogo bate de frente em vendas com GTA, Fifa, Cod, Destiny etc.
    Exclusivos agregam valor, agrega o poder máximo que a máquina tira do console, até hoje ninguém foi melhor do que Uncharted em especificações técnicas.
    Já em vendas eu sou um dos que concorda e tenho a absoluta certeza no que eu vejo que exclusivos não é os 3 principais fatores para vender tanto no Xbox Como no Playstation.
    Em 2015 no meu ponto de vista Xbox teve melhores exclusivos, e vendeu menos em 2016 foi pareado vendeu menos em 2017 não teve quase nada e continua vendendo menos.
    Sinceramente o que eu vejo são pessoas que tem Playstation como console principal, sempre no mesmo papo que o Xbox não tem exclusivos, etc.
    Esse foi um ano péssimo de exclusivos para Xbox mais jogos é o que não falta, e 85% chutando os jogos mais jogado no Play são os multi
    È incrível como as pessoas querem a Microsoft seja igual a Sony, é incrível como as pessoas que tem outra plataforma favorita, quer que a outra seja exatamente igual.
    Esse ano sim foi fraco em exclusivos, mas eu tenho xbox desde lançamento e não vou esquecer todos os outros anos que foi bom.
    O console vende menos porque o Play tem uma raiz muito forte na Europa na Àsia então nem se fala, até n America do Norte.
    Nintendo como eu disse vende exclusivos porque está enraizado as pessoas compram para jogar os exclusivos principalmente.
    Claro existe uma parcela que compra o play 4 para jogar seus excelentes exclusivos, mas a esmagadora maioria preferem os multi é só ver as vendas
    https://www.meups4.com.br/noticias/sony-revela-os-jogos-mais-vendidos-de-agosto-na-psn-do-brasil-veja/
    Entre os 10 apenas um e sendo Uncharted que é a maior franquia atualmente, então desculpa o desabafo mas toda vez sempre a mesma conversa, pessoas que preferem play falando que Xbox não vende porque não tem jogos, e sempre as vendas mostram que os multi vendem muito mais.
    Exclusivos agrega valor sem dúvida nenhuma, mas em hipótese alguma acredito que é o diferencial para o Play 4 ser um fenômeno de vendas, se exclusivos vendesse, o número teria que ser muito maior.
    Um jogo vender 2 milhões já é um sucesso é rentável etc, claro dependendo o jogo, mas é muito diferente dizer que esse mesmo jogo fez vender console em larga escala.
    E por último não estou chamando ninguém de ista pelo amor de Deus, mas todos que falam que Xbox não tem jogo tem o Play como console principal.
    Estou jogando Destiny 2 estou em um grupo no Zap com mais de 30 pessoas que jogam todos os dias, e ainda existe pessoas que acha que Xbox está morto porque vende menos, então eu deveria jogar fora meu LG G6 porque ele vendeu menos do que S8, deveria jogar fora meu fone JBL, Deveria vendeu carro Punto, porque dentro da categoria de cada um desse produtos não são os mais vendidos, no próximo LG G7 a LG deveria fazer igualzinho o celular S9 idêntico, porque só presta o que vende mais.
    Mais uma vez desculpa Desabafo, tudo o que eu falei é minha opinião, o que eu penso, da mesma forma que vocês pensam diferente, em hipótese alguma esse pequeno texto é direcionado para alguém, é no geral.
    Abraços

    • Não compararia a realidade nossa com do quadro geral (EUA,Eu,Jp) tenho a PS4 desde janeiro de 2014 e sim tenho a maioria dos exclusivos (Uncharted, Infamous, tlou, Killzone, untildown, The order e etc) então meu amigo jogo muitos exclusivos e só não comprei mais porque dinheiro não dá em árvore.. já fiz um cofrinho, e Gran Turismo é o próximo, joguei todos e esse não vai ser diferente, ainda me falta o Bloodborn, Rachet e o Crash Colection.. Só não os comprei pois como muitos brasileiros estou desempregado, mas voltando a trabalhar estes também vem para o meu PS, claro junto com God of War e Spyderman…

      • Duca By-mission, 50% dos meus jogos do Ps4 são exclusivos Sony, além disso não tenho e nem curto jogos como Fifa, Cods e nem GTA, ou seja, meu gosto é muito peculiar e bem diferente do da grande massa.
        No fim este discurso de que exclusivo não importa é pura balela, hj One e PS4 são quase que gêmeos, e o que diferencia os dois, o conteúdo né, um investe em exclusivos e o outro em serviços. Como tenho os dois aproveito o melhor de cada um.paz

      • Vai comprar gran turismo? Se prepara que foi confirmado que vai ser “always online”

        • Quando compras um jogo online… normalmente ele é online. Battlefield, call of Duty, etc.
          Este jogo é do género. Mesmo tendo componentes offline, a sua maior componente, e onde os jogadores vão estar mais tempo é no online.
          Não percebi a admiração!
          Para além do mais este é o primeiro jogo online com aprovação da FIA, e com essa bandeira de batalha o online teria de ser mais predominante que nunca.
          Mas o jogo não é always online. Terá componentes offline!

    • Gustavo, os donos de Xbox costumam dizer isso, tudo bem, não é problema terem sua opinião (conveniente já que os exclusivos não são o forte da plataforma), mas com a Sony e a Nintendo com seus exclusivos que são tão comentados vendem tanto, fica difícil pensar realmente que os exclusivos não importam.
      Eu por exemplo, vou repetir pela milionésima vez, se não fossem os exclusivos da Sony, eu estaria jogando no PC com a Steam vendendo alguns jogos a preço de banana e com 1080p 60fps. Me irrita as vezes a qualidade dos multi nos consoles.
      A melhor coisa a se fazer pra mim é comprar uma GPU pro meu PC pra multiplataforma e manter o PS4 pros exclusivos. Não fiz isso ainda porquê ou se foca em um ou outro, porquê o dinheiro tá difícil.
      O hardware tanto de PS4 quanto Xbox são uma porcaria.
      Mesmo o Scorpio não compensa tanto por aquele CPU horroroso, que vai fazer ele ficar pra trás em pouco tempo.

      Se não fossem os tais exclusivos eu jamais compraria console algum.

      • Oi Carlos.
        Entendi sua resposta, para jogar no PC precisa gastar muito mais dinheiro pelo menos no Brasil, e quem é acostumado com console desde pequeno dificilmente vai mudar para o PC, mas isso não é um regra.
        A parte que exclusivos vendem muito eu discordo, para não dizer que sou ista, vou usar os exclusivos do próprio Xbox Tomb Raider, vendeu pouco, Quantum Break vendeu pouco, Forza está saturado vende pouco, Gears vendeu pouco, a maioria foi com Bundle, Dead rising , Halo vendeu com bundle também.
        Muitos desses jogos tem qualidade acima da média, eles podem ser rentável de alguma forma mas não vendeu muito.
        Então porque a MS vai ficar jogando dinheiro no lixo, porque os donos de Playstation querem jogos exclusivos…
        Você, o Neto pelo o que eu vejo são pessoas que realmente jogam exclusivos, então realmente vale a pena, e por isso vocês gostam mais do Play.
        Mas no Geral as pessoas preferem multi, e a única parte que eu discordo é falar que exclusivos vendem muito, não faz nem cocegas perto dos multi.
        Claro que tem alguns exclusivos que se destacam como Uncharted, The Last OF Us, Horizon Zero esses foram acima da média em venda em qualidade então estão em outro patamar, mas tem vários exclusivos com boa qualidade que não vende quase nada…
        Em vendas exclusivos está muito atrás de multi, e na minha opinião, o único console que vende exclusivos de fato é a Nintendo.
        E uma outra coisa que eu discordo não sou o dono da verdade, é falar que o gráfico do Xbox e do Play são uma porcaria, Play 4 pro eu acho que está 350 dólares, não existe uma máquina que faça algo perto do que ele faz por esse preço.

        • Viva Gustavo.
          Os teus argumentos são válidos, excepto por um pequeno senão.
          Se retirares aqueles franchisings de sucesso como GTA ou COD, que batem recordes em qualquer formato, os jogos que venderam melhor na Xbox foram efectivamente esses que dizes que venderam pouco.
          Mas tocas igualmente num outro ponto: Venderam em bundles, ou por outras palavras, venderam consolas.
          Por esses motivos a postura da Microsoft não é a que referes. É basicamente economicista. Ou seja a consola terá de vender pelos multi.

        • Gustavo, eu agradeço pela resposta educada em vista que tive que reler o meu comentário e o achei um pouco agressivo analisado a frio.
          Quando disse vendem tanto, houve um erro meu, eu não quis dizer que os exclusivos vendem muito, quis dizer que os consoles vendem muito por terem esses atrativos, essa parte ficou confusa.
          Mas eu entendo o que diz, e discordo. Mas eu respeito.
          Acredite em mim, eu não desejo que o Xbox se dê mal, quem pensa isso é um estúpido.
          Se eu reclamo, é justamente porquê quero que ouçam a gente e melhorem.
          Na era do 360, eu não reclamava do Xbox, pelo contrário, sempre o elogiei, só que tive foi o PS3 pelos tais exclusivos, mas a concorrência era ótima, e é algo que quero ver na próxima geração, no próximo Xbox e PS; mais equilibrio e menos briga.
          Abraço.

  5. Esse Mário tem tudo para bater o Mario Galaxy,que na minha opniao foi o melhor Mário já feito,nesse odissey vc pode comprar quinquilharias para enfeitar sua nave e com seu chapéu fantasma pode também possuir praticamente tudo,estou considerando o switch só por este jogo

  6. Não é nem questão de guerras enfim cada um sabe o que gosta.. Quem pode ter os dois melhor ainda.. Como já disse muitas vezes Forza está uns três degraus acima e a Poliphone vai ter que fazer muita coisa pra acontecer algo.. Há coisas muito boas na Xbox… Mas também tem muitas ruins e que acabam afastando dela.. Ex já vi uma promoção de Xbox One por 999,99.. Tava mais barato que a PS3, ai lembrei que este já não se faz mais agora só Xbox One S, que por acaso não foi lançada por aqui então..

Deixe um comentario

O seu e-mail nao sera publicado.


*