Radeon R9 FuryX da AMD esgotou stocks em um único dia.

R9_Fury

Ao que tudo indica o mercado está a tomar consciencia que com a entrada do DX 12 e GPGPU a AMD será uma marca a tomar em consideração. E nesse sentido o novo topo de gama da AMD esgotou em apenas algumas horas.

A AMD lançou a sua nova topo de gama, a Radeon R9 Fury X, e em menos de 24 horas todas as placas foram vendidas.

O facto de os stocks terem esgotado mostra que a procura pelo produto é tremenda e passou as expectativas da AMD, podendo vir a mostrar-se um problema no que toca a repor e manter stocks.

No entanto a situação parece-nos que demonstra muito mais. Apesar do domínio da Nvidia no mercado PC, este parece ter tomado consciência das potencialidades das placas AMD no que toca ao uso do GPGPU, e dada a proximidade do DirectX 12 e a escolha tanto da Sony como da Microsoft em placas AMD para as suas consolas, que ao partilharem a arquitetura x86 permitirão desenvolver técnicas e metodologias que poderão ser aproveitadas no PC, especialmente nas placas do mesmo fabricante, a AMD aparenta ser uma excelente escolha para o futuro que se avizinha (são 8,6 Tflops).

 

R9_Fury

Não deixa de ser relevante voltar a salientar-se que as expectativas de venda da AMD se revelaram abaixo do real, fornecendo para o mercado um número de placas que se esgotou em um dia. E esta procura não deveria ser exatamente uma surpresa: A placa não só possui performances de topo, como um preço extremamente atraente, pelo que a procura parecia lógica. E dada a velocidade a que a placa esgotou, tudo apontava no sentido de uma procura extremamente elevada.

Agora só se espera é que a AMD se mexa no sentido de contrariar o programa Gameworks da Nvidia, pois é certo e sabido que todos os jogos que entram no mesmo apresentam performances execráveis, especialmente nas placas da AMD. E tudo graças a uns pagamentos para o suporte das rotinas mega optimizadas da Nvidia e que a empresa não permite aos outros optimizar de igual forma.

Publicidade

Posts Relacionados