Radição emitida pelos telefones. Quais os telefones que emitem mais e os que emitem menos.

Doenças diversas são atribuídas cada vez mais a excesso de exposição a radiações. Quais os telefones do mercado que emitem mais e os que emitem menos radiações?

Ainda há alguns anos discutia-se sem dados científicos sobre se a exposição à radiação emitida pelos telelemóveis podia ou não ser maléfica para a nossa saúde, uma situação que os estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS) vierem responder de uma vez por todas. Efectivamente a radiação electromagnética pode causar danos no nosso corpo, e nesse sentido surgiram entidades reguladoras que verificam que os limites de absorção do nosso corpo não são atingidos. No caso da União Europeia, essa entidade é a CENELEC e ela especifica limites para a absorção (specific absorption rate), mais conhecida como SAR ou em Português, Taxa de Absorção Específica, seguindo as normas da International Electrotechnical Commission ou IEC.

Assim, para telemóveis e outros dispositivos móveis, estas entidades indicam como limite do valor do SAR/TAE os 2W/kg, e isto considerando uma massa de tecido de 10g, que absorve a maior parte do sinal. É a norma IEC 62209-1. No entanto, em alguns países esses valores foram considerados exagerados, e esse valor desce para 1,6W/Kg considerando uma massa de tecido de 1g.

Quais são então os smartphones do mercado que emitem menos radiação? Será que os smartphones Premium da Apple a Samsung estão nessa lista? Bem os resultados poderão ser uma surpresa.

Eis então o top 10 dos smartphones que emitem menos radiações, isto é, são os que potencialmente fazem menos mal à saúde. Note-se que a lista apenas refere os smartphones lançados em 2016:

Publicidade

Retomando o nosso artigo

TOP 10 –  Melhores Smartphones a nível de emissões de radiação (SAR por 2,0 W/kg (>10 g))

  1. Samsung Galaxy S7 Edge – SAR 0.264 W / Kg.
  2. ASUS ZenFone 3 – SAR 0.278 W / Kg
  3. Samsung Galaxy A5 (2016) – SAR 0.290 W / Kg
  4. Lenovo Moto Z – SAR 0.304 W / Kg
  5. OnePlus 3 – SAR 0.394 W / Kg
  6. Samsung Galaxy S7 – SAR 0.406 W / Kg
  7. HTC 10 – SAR 0.417 W / Kg
  8. Sony Xperia XA – SAR 0.473 W / Kg
  9. Huawei Honor 5X – SAR 0.560 W / Kg
  10. Samsung Galaxy A3 (2016) – SAR 0.621 W / Kg

Sim, os topo de gama da Samsung estão todos nesta lista. Mas a mesma não inclui um único smartphone da Apple, neste caso os iPhone 7.

Publicidade
Aproveite o código de descontos PCManias
Casetips

Retomando o nosso artigo

E onde estão eles?

Bem… há uma outra lista! A dos piores smartphones a nível de emissões de radiação. Vamos vê-la:

Piores Smartphones a nível de emissão de radiação (SAR por 2,0 W/kg (>10 g))

  1. Huawei Honor 8 – SAR de 1,5 W / Kg
  2. Huawei P9 – SAR 1,43 W / Kg
  3. iPhone 7 – SAR 1,38 W / Kg
  4. iPhone 7 Plus – SAR 1,24 W / Kg
  5. Huawei Honor 5C – SAR 1.14 W / Kg
  6. Sony Xperia X Compact – SAR 1.08 W / Kg
  7. Sony Xperia XZ – SAR 0.870 W / Kg
  8. LG G5 – SAR 0.737 W / Kg
  9. Sony Xperia X – SAR 0.720 W / Kg

Esta lista só apresenta 9 telefones, mas os da Apple estão no 3º e 4º lugar. Com valores de emissões de radiação até 5,23 vezes superiores aos do melhor Smartphone do mercado nesse campo, o Galaxy S7 Edge da Samsung!

Não é por isso de estranhar este aviso no website oficial da Apple em que, devido aos seus valores, a Apple aconselha os utilizadores dos seus iPhone 7 a manter os mesmos longe da cabeça! Eis os valores obtidos nestes telefones em cada uma das duas medidas de média para 10g e 1g:

iPhone 7 – Modelo A1778

Limite de SAR por 1,6 W/kg (>1 g):

  • Cabeça: 1.19
  • Corpo: 1.19

Limite de SAR por 2,0 W/kg (>10 g):

  • Cabeça: 1.38
  • Corpo: 1.34

iPhone 7 Plus – Modelo A1784

Limite de SAR por 1,6 W/kg (>1g):

  • Cabeça: 1.19
  • Corpo: 1.19

Limite de SAR por 2,0 W/kg (>10g):

  • Cabeça: 1,24
  • Corpo: 1,00

 

Publicidade

Posts Relacionados

Readers Comments (3)

  1. 100% OFF-TOPIC

    Comentário removido pela moderação. O utilizador tem, de ter o cuidado de procurar notícias activas que se ajustem minimamente ao assunto que quer abordar!

  2. Parabéns Mário, excelente texto sobre um tema tão importante.

  3. É curioso ver que o Iphone, muito utilizado como um símbolo de qualidade, status, ostentação, é um dos telefones mais prejudiciais nessa questão da emissão de radiação. Isso mostra que as vezes algo que conhecemos pode nos pegar uma certa surpresa quando se faz algo diferente ou prejudicial do que estamos acostumados.

Os comentarios estao fechados.