Radição emitida pelos telefones. Quais os telefones que emitem mais e os que emitem menos.

Doenças diversas são atribuídas cada vez mais a excesso de exposição a radiações. Quais os telefones do mercado que emitem mais e os que emitem menos radiações?

Ainda há alguns anos discutia-se sem dados científicos sobre se a exposição à radiação emitida pelos telelemóveis podia ou não ser maléfica para a nossa saúde, uma situação que os estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS) vierem responder de uma vez por todas. Efectivamente a radiação electromagnética pode causar danos no nosso corpo, e nesse sentido surgiram entidades reguladoras que verificam que os limites de absorção do nosso corpo não são atingidos. No caso da União Europeia, essa entidade é a CENELEC e ela especifica limites para a absorção (specific absorption rate), mais conhecida como SAR ou em Português, Taxa de Absorção Específica, seguindo as normas da International Electrotechnical Commission ou IEC.

Assim, para telemóveis e outros dispositivos móveis, estas entidades indicam como limite do valor do SAR/TAE os 2W/kg, e isto considerando uma massa de tecido de 10g, que absorve a maior parte do sinal. É a norma IEC 62209-1. No entanto, em alguns países esses valores foram considerados exagerados, e esse valor desce para 1,6W/Kg considerando uma massa de tecido de 1g.

Quais são então os smartphones do mercado que emitem menos radiação? Será que os smartphones Premium da Apple a Samsung estão nessa lista? Bem os resultados poderão ser uma surpresa.

Eis então o top 10 dos smartphones que emitem menos radiações, isto é, são os que potencialmente fazem menos mal à saúde. Note-se que a lista apenas refere os smartphones lançados em 2016:



TOP 10 –  Melhores Smartphones a nível de emissões de radiação (SAR por 2,0 W/kg (>10 g))

  1. Samsung Galaxy S7 Edge – SAR 0.264 W / Kg.
  2. ASUS ZenFone 3 – SAR 0.278 W / Kg
  3. Samsung Galaxy A5 (2016) – SAR 0.290 W / Kg
  4. Lenovo Moto Z – SAR 0.304 W / Kg
  5. OnePlus 3 – SAR 0.394 W / Kg
  6. Samsung Galaxy S7 – SAR 0.406 W / Kg
  7. HTC 10 – SAR 0.417 W / Kg
  8. Sony Xperia XA – SAR 0.473 W / Kg
  9. Huawei Honor 5X – SAR 0.560 W / Kg
  10. Samsung Galaxy A3 (2016) – SAR 0.621 W / Kg

Sim, os topo de gama da Samsung estão todos nesta lista. Mas a mesma não inclui um único smartphone da Apple, neste caso os iPhone 7.



E onde estão eles?

Bem… há uma outra lista! A dos piores smartphones a nível de emissões de radiação. Vamos vê-la:

Piores Smartphones a nível de emissão de radiação (SAR por 2,0 W/kg (>10 g))

  1. Huawei Honor 8 – SAR de 1,5 W / Kg
  2. Huawei P9 – SAR 1,43 W / Kg
  3. iPhone 7 – SAR 1,38 W / Kg
  4. iPhone 7 Plus – SAR 1,24 W / Kg
  5. Huawei Honor 5C – SAR 1.14 W / Kg
  6. Sony Xperia X Compact – SAR 1.08 W / Kg
  7. Sony Xperia XZ – SAR 0.870 W / Kg
  8. LG G5 – SAR 0.737 W / Kg
  9. Sony Xperia X – SAR 0.720 W / Kg

Esta lista só apresenta 9 telefones, mas os da Apple estão no 3º e 4º lugar. Com valores de emissões de radiação até 5,23 vezes superiores aos do melhor Smartphone do mercado nesse campo, o Galaxy S7 Edge da Samsung!

Não é por isso de estranhar este aviso no website oficial da Apple em que, devido aos seus valores, a Apple aconselha os utilizadores dos seus iPhone 7 a manter os mesmos longe da cabeça! Eis os valores obtidos nestes telefones em cada uma das duas medidas de média para 10g e 1g:

iPhone 7 – Modelo A1778

Limite de SAR por 1,6 W/kg (>1 g):

  • Cabeça: 1.19
  • Corpo: 1.19

Limite de SAR por 2,0 W/kg (>10 g):

  • Cabeça: 1.38
  • Corpo: 1.34

iPhone 7 Plus – Modelo A1784

Limite de SAR por 1,6 W/kg (>1g):

  • Cabeça: 1.19
  • Corpo: 1.19

Limite de SAR por 2,0 W/kg (>10g):

  • Cabeça: 1,24
  • Corpo: 1,00

 



Posts Relacionados