Relatório de transparência da Google revela aumento drástico de pedidos de dados de utilizadores

O número de dados privados relacionados com usuários da internet que são solicitados à Google por governos e agências, não param de aumentar. E na realidade são mais do que aquilo que a Google pode revelar.

Ahh… O PRISM… O fabuloso programa e escutas e espionagem americano e para o qual somos todos uma cambada de burlões, vigaristas e terroristas.

Mas felizmente desde que o mesmo foi revelado há algumas empresas a mostrar a realidade do que se passa, e a Google é uma delas. Mas infelizmente, mesmo revoltada com a situação, a oogle está legalmente impedida de revelar tudo.

Mas o que revela… é chocante!

Este é o oitavo relatório de transparência da Google, e mostra que houve um aumento de 100% no número de pedidos do governo para dados de utilizadores nos últimos 3 anos. Mas claro, a Google refere que aqui apenas estão incluídos os dados que pode revelar, o que indica que o valor real é superior.



A Google quer porém ir mais longe no que revela acreditando que é um direito que assiste às pessoas. Saber que tipo de dados são pedidos e que governos os pedem quer à Google, quer a outras empresas.

transpreport

Os gráficos de cima são relacionados com os pedidos de dados, e vê-se que de Julho a Dezembro de 2009 foram recebidos 1253 pedidos de dados a nível mundial, um número que subiu para 25879 entre Janeiro a Junho de 2013. Mas se globalmente o numero dobrou, no caso americano presente no mesmo gráfico em baixo, quase que triplicou.

 



Posts Relacionados