Rumor: Microsoft pode comprar produtores de Minecraft por 2 mil milhões de dólares.

A Microsoft pretende comprar a Mojang, o produtor Indie responsável por Minecraft. O estranho é o valor proposto de 2 mil milhões de dólares. Algo que dava para comprar um clube de futebol como o clube Inglês Tottenham, actualmente à venda por menos que isso (1,2 mil milhões de euros).

minecraft

Que o jogo Indie Minecraft foi um sucesso, é algo inegável. O jogo vendeu mais de 15 milhões de cópias no PC, existindo igualmente no Mac, PS3 3 Xbox 360 e previsto para 1 de Outubro na PS4 e Xbox One, bem como brevemente na PS Vita.

Dado este sucesso a Microsoft está pronta a adquirir a empresa, a Mojang, tomando controlo do IP.

O motivo pelo qual o valor de aquisição é tão elevado é uma incógnita. E dado que este jogo basicamente já existe à vários anos e já vendeu o seu grosso, tambem não será pelo jogo em si. E diga-se que para impedir que ele saia na PS4 dois mil milhões é dinheiro a mais!

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Daí que eventualmente possa haver algo mais por trás. Há quem fale de um possível sucessor que a Microsoft pretende que seja exclusivo, mas há quem vá mais longe e refira que este é o primeiro passo para a criação de uma infra-estrutura em torno da Xbox One que permita à Microsoft separar-se da consola.

Sinceramente nenhuma das duas situações nos parece minimamente coerente e credível. No primeiro caso porque um exclusivo custaria menos que 2 mil milhões e no segundo porque não estamos a ver nenhuma lógica em criar uma despesa deste género para depois vender a consola.

Publicidade

Retomando o nosso artigo

Daí que o rumor lançado por três pessoas que dizem estar por dentro do negócio e que envolve 2 mil milhões seja bastante estranho. A Mojang é no fundo apenas uma pequena empresa que teve um sucesso entre mãos.

Assim a situação mais lógica parece ser pensar que o rumor seja falso. Até porque se não é, há que se perceber o motivo de tanto dinheiro envolvido numa empresa assim. E os investidores da Microsoft vão querer perceber o mesmo, pois recuperar este investimento não vai ser pêra doce.

Mas mais incompreensível é que Minecraft é um jogo Indie. Um jogo com um grafismo que deixa muito a desejar. E um jogo que foi um sucesso inesperado. Como se compreende a possível compra da empresa por este valor astronómico quando existe uma clausula de paridade na Xbox One que está a impedir imensos outros jogos Indie que poderão eventualmente no futuro alcançar sucessos semelhantes, de serem lançados na Xbox One? Tal não parece ser minimamente lógico.

Um exemplo é Titan Souls, um jogo em risco de não sair na Xbox One porque a equipa não pode lançar a versão Xbox One ao mesmo tempo que a versão PS4, e como tal corre o risco de, devido a esta clausula, nunca sair para a consola da Microsoft.

E o jogo, apesar do seu aspecto gráfico rudimentar (que Minecraft tambem partilha), parece muito, muito bom, fazendo lembrar uma mistura de Dark Souls com Shadow of the Colossus.

Eis o seu vídeo:



Publicidade

Posts Relacionados