Rumor: Sony quer anunciar a Playstation 4K/4.5 antes do Playstation VR e novos rumores

Segundo algumas fontes a Sony quer anunciar as alterações à sua consola, antes do anuncio do Playstation VR. Entretanto há mais novidades sobre o que poderá ser a PS 4K.

Faz já algum tempo que os rumors sobre uma versão melhorada da Playstation 4 poderem aparecer no mercado. A notícia originou no Kotaku e posteriormente a Eurogamer deu-lhe continuidade, anunciando três hipóteses possíveis para a consola.

Junto dos media a nova versão da consola recebeu a alcunha de Playstation 4.5 ou Playstation 4K, e segundo os rumores seria capaz de reproduzir media a 4K, bem como permitir que os jogadores jogassem com maiores resoluções.

Agora o The Wall Street Journal vem dizer que não só a consola será real, mas que a Sony a pretende anunciar perto da altura da conferência de imprensa em que anunciará o Playstation VR. Segundo o rumor os jogos VR serão capazes de correr melhor nesta consola.

Dado que o Playstation VR possui resolução fixa, tudo leva a acreditar que não estaremos perante uma subida de resolução para estes jogos, mas sim de fotogramas, permitindo que os jogos com qualidade dos atuais possam correr assim nos 60 fotogramas necessários para o VR.



Esta situação, apesar de interessante para o VR implica necessariamente que a consola possua uma maior performance que a atual Playstation 4, o que naturalmente causará um tremendo mal estar perante os atuais utilizadores de consolas.

Se atualmente vemos os utilizadores de consolas Sony e Microsoft em discussões acessas pelas diferenças de fotogramas e resolução entre as consolas, esta situação criada pela Sony causará certamente um grande mal estar enter os possuidores da atual consola que passarão agora a ver uma nova versão da sua própria consola a obter melhores resoluções e fotogramas. Basicamente a Sony aceita que este tipo de discussão passe a existir entre os seus próprios clientes.

Segundo os últimos rumores, um utilizador do NeoGAF chamado OsirisBlack veio revelar nova suposta informação a tão falada PlayStation 4K ou PlayStation 4.5. Estas informações são supostamente provenientes de uma reunião no qual o utilizador estaria estado, e os moderadores do famoso confirmam que o utilizador foi verificado como alguém que poderia ter acesso a essas mesmas reuniões.

Segundo estes rumores,  o preço da consola será idêntico ao de lançamento da actual, 399 dólares, contendo um GPU com o dobro da potência do actual. Mas a Sony parece estar a no entanto estar a ponderar igualmente uma mudança no processador que elevaria o custo para os 499 dólares. Os supostos Kits de desenvolvimento para esta consola já estão entregues às produtoras mas com a dição que os jogos necessitam de correr igualmente na PS4 atual, apesar de sacrifícios no desempenho, e os jogos atuais não poderiam beneficiar do novo poder de processamento.



Jogos com suporte para a nova consola e em desenvolvimento seriam: EVE Valkyrie (PlayStation VR), Robinson: The Journey (PlayStation VR), Gran Turismo Sport (PS4, PlayStation VR), Deep Down (PS4) e GOW4 (supostamente God of War 4). O lançamento seria no primeiro quarto de 2017, e as especificações aproximam-se claramente daquilo que poderíamos definir de uma nova geração.

Parece assim que quem comprou a consola atual cometeu um pequeno erro que agora as penaliza. O erro de aderirem à consola inicialmente ajudando a Sony a tornar a mesma num sucesso, e a poder sair do buraco financeiro onde estava.

Este é agora o agradecimento que recebem. Injusto ao máximo, não?

Esta situação, a ser verdade, cria um precedente sem historial na história das consolas de mesa. Uma fragmentação de mercado, um mau estar numa base de utilizadores que permitiram o sucesso do produto e um histórico de upgrades nas consolas a períodos de 3 anos. Basicamente torna as consolas em tudo semelhantes aos PCs, onde conforme a potência da máquina em questão, há diferenças de resolução ou performance. Uma situação que durante mais de 40 anos não aconteceu, com todas as consolas a possuírem hardware semelhante e todos a saberem com o que poderiam contar pois todos sabiam que o que teriam seria exatamente o mesmo. E esse hardware fixo que se mantinha por períodos mínimos de 5 anos era o que definia uma consola.

Basicamente devemos à Sony o ter tornado as consolas um sucesso que tanto apreciamos. Mas provavelmente poderemos dever igualmente à Sony o destruír o equilibro do eco sistema que criou, caso se venha a confirmar uma nova consola mais potente tão cedo.

E mesmo com suporte à atual consola garantido por mais anos, caso uma nova consola mais potente venha a existir, a partir de agora sempre que o possuidor de uma das presentes consolas olhar para uma apresentação de um jogo terá uma pergunta em mente que durante mais de 40 anos não existiu nas consolas.

Será que a minha consola conseguirá aqueles gráficos e correrá o jogo decentemente?

Tal será o fim de uma era!



Posts Relacionados