Saltando no Halo: “To boldly go where no man has gone before”

Há certos utilizadores de Halo para os quais os mapas não tem segredos, atingindo áreas que se considerariam inacessíveis. E para isso… saltam.

Halo_3-_Cave_Jump

Recorda-me quando de 2002 a 2005 jogava Unreal Tournament nos Murderer Beasts… Dada a presença constante em competições, nessa altura os mapas não tinham segredos! Eram horas de treinos em equipa para se conhecer todos os detalhes do mapa, coordenar movimentos e melhorar a colaboração. Dado que os tiros de colegas e do próprio não causavam dano, os jogadores coordenavam disparos sobre os colegas para os impulsionar, ou criavam-se explosões sob os pés do jogador, permitindo assim chegar-se a zonas mais elevadas.

E nessa altura, aprendi que com os saltos bem executados, na altura certa, contra a zona certa, era possível atingir-se partes do mapa que se consideravam inacessíveis.

Mas o que vos trazemos aqui não é Unreal, mas sim Halo 3. E a destreza de alguns jogadores, usando apenas os saltos, atingirem zonas supostamente inacessíveis, em alguns casos roçam o inacreditável. E certamente deverão ter morrido centenas de vezes a tentar.

Vejam…




Posts Relacionados