Ago 252011
 

samsung-galaxy-s-ii[1]

Um juiz holandês concedeu uma providência cautelar que proíbe a comercializado dos smartphones Samsung Galaxy S, SII e Ace em alguns países europeus a partir do dia 15 de Outubro, caso a Samsung não proceda a algumas alterações de software. Portugal está excluído. Este é mais um processo entreposto pela Apple, independente do que decorre na Alemanha e cujo juiz decretou e depois levantou uma proibição similar ao Galaxy Pad 10.1.

Na sua avaliação preliminar, o juiz holandês apenas considerou válida a patente EP 2059868 relacionada com gestão de fotografias num dispositivo móvel. Trata-se de uma patente europeia, pedida inicialmente para mais de 30 países, mas cujas formalidades administrativas e pagamento das respectivas taxas não foram cumpridas pela Apple em vários desses países. Assim a patente não se encontra válida em Portugal, assim como Áustria, Bélgica, República Checa, Estónia, Grécia, Islândia, Itália, Letónia, Lituânia, Roménia, Eslovénia, Eslováquia e Espanha.

2011-08-24-samsung[1]

O registo local foi apenas validado na Alemanha, Irlanda, Suécia, Suíça, Reino Unido e Holanda, claro. E é a estes países que se aplicará a providência cautelar contra importação e distribuição dos Galaxy. Mesmo assim pode vir a afectar toda a europa, visto que o centro de distribuição europeu da Samsung está localizado na Holanda. Para dar a volta, a Samsung terá ajustar a sua logística europeia.

Como a providência cautelar só entra em vigor a 15 de Outubro a Samsung pode igualmente alterar a galeria de fotografias destes modelos antes dessa data. Mas se tiverem de retirar a funcionalidade de navegar entre imagens arrastando um dedo, tal poderá afectar bastante a usabilidade, e será um precedente que a Apple poderá utilizar contra todos os Android!

Todas as outras acusações da Apple, relativas a outras patentes e design dos produtos, não convenceram o juiz, o que são boas notícias para a Samsung e para os consumidores europeus em geral. Por exemplo, uma patente da Apple sobre desbloquear o telemóvel arrastando o dedo no ecrã, foi considerada pelo juiz como trivial/óbvia e portanto provavelmente inválida, devido à existência de um telemóvel que o implementou antes do registo da Apple. Durante o julgamento propriamente dito a Apple terá oportunidade de o contestar, assim como a Samsung poderá contestar a patente que o juiz considerou válida.

Ainda um último destaque para o facto de que, depois de modificar as dimensões do Galaxy Pad numa imagem comparativa ao iPad, neste processo na Holanda a Apple foi novamente apanhada a modificar imagens. Desta vez foi o Galaxy S, que é ligeiramente maior e mais largo que o iPhone 3GS, mas que ninguém o diria vendo a imagem seguinte.

apple_samsung_comparison_illustration-580x292[1]

Isto é uma novela que está para durar…

Publicidade

Sorry, the comment form is closed at this time.